LUANA_CARDOSO_DE_OLIVEIRA - FCFAR

Propaganda
LUANA CARDOSO DE OLIVEIRA
TÍTULO:
CIPROFLOXACINO ENCAPSULADO EM LIPOSSOMAS REVESTIDOS COM
ÁCIDO POLI LÁCTICO CO-GLICÓLICO OU VEICULADOS EM GEL DE
COPOLÍMERO DE BLOCO ‘PLURONIC® F-127’.2006. 102p.
Data da defesa: 04/08/2006
RESUMO:
Administração subconjuntival tem sido utilizada para tratamento de
patologias que acometem os segmentos anterior e posterior dos olhos.
Entretanto, há dificuldade de se manter níveis terapêuticos adequados de
fármacos devido aos mecanismos fisiológicos que os removem. Este tipo
de administração possui algumas desvantagens, entre as quais o
desconforto e o risco de lesões causadas pela freqüência das injeções. A
administração sistêmica requer doses elevadas para proporcionar efeito
terapêutico, evidenciando a toxicidade e provocando graves efeitos
colaterais. A encapsulação de fármacos em sistemas de liberação
modificada, como os lipossomas, pode reduzir a toxicidade do fármaco,
através do prolongamento da liberação, proporcionando maior tempo de
contato entre o fármaco e os tecidos locais. Os lipossomas apresentam
elevado grau de biocompatibilidade e conseguem carrear e direcionar
diferentes tipos de fármacos devido as suas características estruturais.
Neste trabalho estudou-se a encapsulação do cloridrato de ciprofloxacino
(CIPRO) em lipossomas revestidos de ácido poli-láctico-co-glicólico
(PLGA) ou o copolímero termosensível Pluronic® F127 (PLU).
Lipossomas unilamelares contendo 40 ou 50 mM de fosfatidilcolina de
soja hidrogenada (FSH) foram preparados por Evaporação em Fase
Reversa (REV) seguida de sonicação. A eficiência de encapsulação foi
obtida a partir das frações contendo lipossomas carregados de CIPRO
separadas por cromatografia de exclusão em gel de Sephadex G-50, e
mostrou-se melhor para as amostras contendo PLGA e maior
concentração de CIPRO (5 mg/mL). A determinação do diâmetro médio
dos lipossomas foi realizada por espalhamento dinâmico de luz (Light
Scattering) e demonstrou redução no tamanho das estruturas quando
PLGA ou PLU estavam presentes nas preparações. A incorporação de
CIPRO aos lipossomas provocou aumento do tamanho das estruturas
quando comparadas com as preparações isentas de fármaco. Verificouse que o aumento na concentração de fármaco provocou a diminuição do
diâmetro médio dos lipossomas. Experimentos de liberação in vitro
mostraram que a liberação do CIPRO a partir dos lipossomas foi mais
lenta em relação ao CIPRO não encapsulado. A liberação do CIPRO a
partir de lipossomas revestidos com PLGA mostrou que a liberação foi
mais lenta em relação aos lipossomas não revestidos. Os resultados
demonstram que as preparações de CIPRO em lipossomas revestidos
com PLGA ou PLU podem representar sistemas de liberação de
fármacos antibióticos com grande potencial de utilização. O estudo de
biodisponibilidade ocular demonstrou que lipossomas revestidos com
PLGA e PLU mantiveram a MIC90 de CIPRO para os principais
patógenos oculares por mais tempo que o CIPRO em solução no humor
aquoso, quando administrados por via subconjuntival. Estes resultados
demonstram que a associação de PLGA e PLU com lipossomas pode ser
utilizada como um eficiente sistema de liberação ocular de fármacos.
Download
Random flashcards
A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards