Psoríase - Unidade de Farmacovigilâncida do Norte

Propaganda
G UIA DE R EACÇÕES A DVERSAS A M EDICAMENTOS
Ú LTIMA A CTUALIZAÇÃO : 28/01/2011
R EACÇÕES A DVERSAS C UTÂNEAS
ERUPÇÕES PSORIASIFORMES
D ESCRIÇÃO
Os fármacos podem induzir psoríase, ou agravar a psoríase pré-existente.
Tipicamente, a psoríase induzida por
fármacos é semelhante à psoríase idiopática,
apresentando placas eritematodescamativas.
Figura1. Erupção psoriasiforme induzida por fármaco.
Retirado de Danderm, disponível em http://www.danderm
-pdv.is.kkh.dk/atlas/3-22.html
M ECANISMO F ISIOPATOLÓGICO
Diversos estudos
indicam que diferentes fármacos envolvem diferentes
tipos de mecanismos.
G UIA DE R EACÇÕES A DVERSAS A M EDICAMENTOS
C ONTEÚDO
D ESCRIÇÃO
31
M ECANISMO
F ISIOPATOLÓGICO
31
T EMPO DE L ATÊNCIA
32
T RATAMENTO
32
R EGRESSÃO
32
O BSERVAÇÕES
32
B IBLIOGRAFIA
33
P ÁGINA 31
ERUPÇÕES PSORIASIFORMES
T EMPO DE L ATÊNCIA
E XEMPLOS DE F ÁRMACOS
E NVOLVIDOS
O tempo de latência
depende do fármaco envolvido, variando entre 1 a 3
meses.
• ΒETA - BLOQUEADORES
• I NTERFERÃO ALFA
T RATAMENTO
• L ÍTIO
◊
• T ERBINAFINA
• A NTI - PALÚDICOS
• A NTI - INFLAMATÓRIOS
NÃO ESTERÓIDES
• I NIBIDORES DA ENZIMA
◊
Evitar fármacos potencialmente exacerbantes
da psoríase em doentes
com esta condição;
Suspensão do medicamento;
DE CONVERSÃO DA
ANGIOTENSINA
◊
Regra geral, é resistente
à terapêutica indicada
para a psoríase idiopática;
◊
Agentes tópicos como o
calcipotriol e corticosteróides podem acelerar a
resolução.
R EGRESSÃO
“Os fármacos
podem induzir
psoríase ou
agravar a
psoríase préexistente”
Após a suspensão do
fármaco, as lesões tendem a
regredir em poucas semanas
ou vários meses sem neces-
sidade de tratamento.
O BSERVAÇÕES
Pode haver precipitação de psoríase após a suspensão de corticosteróides
(efeito rebound).
P ÁGINA 32
ERUPÇÕES PSORIASIFORMES
Autores
Maria Augusta Soares, Professora na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa e
Coordenadora da Unidade de Farmacovigilância do Sul
Dúnia Santos, Técnica de Farmacovigilância da Unidade de Farmacovigilância do Sul
Agradecimentos
Manuel Caneira, Professor Convidado na Faculdade de Farmácia da Universidade de
Lisboa
Paulo Manuel Leal Filipe, Professor na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
Unidade de Farmacovigilância do Norte
D ISPONÍVEL ONLINE ATRAVÉS DOS SITES:
ufs.ff.ul.pt
ufn.med.up.pt
B IBLIOGRAFIA C ONSULTADA
1. Lee, A. Adverse drug reactions. London: Pharmaceutical Press; 2001.
2. Bolognia JL, Jorizzo JL, Rapini R P. Dermatology. London: Mosby; 2003; Disponível em: URL:
http://books.google.pt/books?
id=f2IwYiyh3YUC&printsec=frontcover&dq=dermatology+Bolognia&ei=7lXpS4DmH4z4lQT33NBh&cd=1#v=on
epage&q&f=false .
3. O'Brien M, Koo J. The mechanism of lithium and beta-blocking agents in inducing and exacerbating psoriasis. J Drugs Dermatol. 2006 May;5(5):426-32.
4. Bénichou, C. Adverse Drug Reactions: A Practical Guide to Diagnosis and Management. Chrichelester:
Wiley; 1994.
5. Brunton,L. Lazo, J. Parker,K. Goodman & Gilman's The Pharmacological Basis of Therapeutics
(Goodman and Gilman's the Pharmacological Basis of Therapeutics). 11th ed. New York:Mcgraw Hill;2006.
P ÁGINA 33
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards