TRATAMENTO ODONTOLÓGICO DO PACIENTE PORTADOR DE

Propaganda
TRATAMENTO ODONTOLÓGICO DO PACIENTE PORTADOR DE ANESTESIA
GERAL SOBRE ANESTESIA GERAL- UMA REVISÃO DE LITERATURA
Júlia Belasco de SOUZA1
Max Douglas FARIA2
RESUMO
Os indivíduos com necessidades especiais apresentam desvios no padrão de normalidade de
sua condição física, mental, orgânica e/ou de socialização. Esses desvios podem ser de caráter
transitório, como no período de gravidez, ou permanente, como nos indivíduos com
deficiência mental. A falta de cuidados profiláticos e terapêuticos pode desencadear graves
problemas bucais em qualquer pessoa, seja ela portadora ou não de alguma deficiência tanto
mental quanto física. O organismo do paciente especial é afetado pelo desequilíbrio
metabólico geral, onde o descuido pode gerar lesões no organismo, sendo a boca a mais
diretamente atingida. Para os profissionais de Odontologia, os portadores de deficiência física
e mental podem apresentar algumas dificuldades no seu manejo e no próprio tratamento
odontológico. No entanto, antes de serem classificados por alguns como “pacientes difíceis”,
eles são na realidade, “diferentes”, sob alguns aspectos. Grande número desses pacientes pode
ser tratado em ambiente ambulatorial, desde que o profissional possua conhecimentos
técnicos e científicos sobre os problemas mais comuns que afetam esses pacientes. Contudo,
alguns distúrbios e certas deficiências profundas podem exigir equipamentos especiais
indicando um tratamento sob anestesia geral. Quando necessário esta intervenção permite a
reabilitação bucal total em única sessão, incluindo profilaxia de toda a cavidade oral,
restaurações dentárias, terapias pulpares, extrações, reconstruções coronárias além das
atividades preventivas. Este trabalho apresenta um caso clínico mostrando a sequência de
atendimento em ambiente hospitalar e sob anestesia geral de um paciente portador de
necessidades especiais com deficiência mental. Após a revisão literatura consultada podemos
concluir que: Qualquer ato que envolva a administração de drogas por via endovenosa ou
inalatória requer a monitorização do paciente; a busca da qualidade em qualquer circunstância
implica na conjugação do trabalho do cirurgião-dentista, anestesista e enfermeiro.
Palavras-chave: Pessoas com Necessidades Especiais. Saúde Bucal. Cirurgia em ambiente
Hospitalar.
1
Graduanda do curso de Odontologia das Faculdades Integradas de Santa Fé do Sul, SP – FUNEC,
[email protected]
2
Docente das Faculdades Integradas de Santa Fé do Sul, SP – FUNEC, [email protected]
Anais da 17ª Jornada Odontológica da Funec: Resilience / 26 a 30 de setembro de 2016,
Santa Fé do Sul (SP), v.3, n.3, 2016.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards