The present tenses

Propaganda
EXERCÍCIOS EXTRAS
Professor:
ALEX
ALUNO(A):______________________________________________________________________
Físico-Química
e)
Termoquímica
(Energia de Ligação)
01 - (UEG GO/2014)
A formação e a quebra das ligações químicas é de grande
importância para prever a estabilidade dos produtos que
serão formados no curso de uma reação química.
Portanto, a partir do conhecimento das energias de
ligação presentes nos reagentes e produtos, pode-se
estimar a variação de energia total envolvida na reação
química. Um exemplo é a reação de hidrogenação do
eteno, cuja equação química e cujas energias de ligação
são apresentadas a seguir.
H
H
H
H
C
C
+ H
H
Metal
H
H
C
C
H
Calcule a energia média em módulo da ligação C = C
presente na molécula do etileno e assinale a alternativa
correta.
Dados: Para resolução dessa questão considere as
seguintes energias de ligação (valores médios): Cl – Cl:
243 kJ/mol, C – C: 347 kJ/mol, C – Cl: 331 kJ/mol.
a) 766 kJ/mol
b) 265 kJ/mol
c) 694 kJ/mol
d) 612 kJ/mol
H
C
C = +146.0 kcal.mol-1
C
H = +100.0 kcal.mol-1
C
C = +82.9 kcal.mol-1
H
H = +104.2 kcal.mol-1
04 - (UFG GO/2013)
A tabela a seguir apresenta os valores de energia de
ligação para determinadas ligações químicas.
Considerando-se as informações apresentadas, pode-se
concluir que a variação da energia envolvida na reação
em kcal.mol–1 é, aproximadamente:
a) 60
b) 33
c) 433
d) 167
02 - (UEFS BA/2014)
Ligação química
HI
Cl  Cl
Para as moléculas de etanol e butanol, os valores totais
da energia de ligação (em kcal/mol) destas moléculas são
respectivamente, iguais a:
a) 861 e 1454.
b) 668 e 1344.
c) 668 e 1134.
d) 778 e 1344.
e) 778 e 1134.
Energia de ligação
1
(kJmol )
300
243
H  Cl
433
II
152
Os produtos da reação química precisam absorver
1018kJ para que ela ocorra.
03 - (ACAFE SC/2013)
Considere que a reação química abaixo possui um H = 154 kJ/mol.
H
H
DATA: 15/03/2015
2HI(g) + Cl2(g)  2HCl(g) + I2(g)
A formação de uma ligação covalente é um processo em
que há liberação de energia. Entretanto, ao se clivar ou
“quebrar” uma ligação química, é preciso consumi-la.
Quanto maior a energia de uma ligação química, mais
forte é a ligação, e mais difícil de “quebrá-la”. Assim,
como as entalpias padrão de formação das substâncias
químicas podem ser usadas para calcular as variações de
entalpia das reações químicas, as energias de ligações
químicas também permitem calculá-las com boas
aproximações.
A partir das informações do texto, dos dados da tabela e
da equação química, é correto afirmar:
a) A ruptura da molécula de HI(g) é mais fácil que a
da molécula de I2(g).
b) A variação de entalpia, aproximada, da reação
química representada é 443kJ.
c) A entalpia padrão de formação do iodo, de acordo
com a equação química é, aproximadamente,
339kJmol–1.
d) A reação química representada libera 175kJ.
05 - (UDESC SC/2013)
Explosivos são usados de forma pacífica na abertura de
estradas, túneis e minas ou na implosão de edifícios. O
princípio teórico do processo químico envolvido está
relacionado ao conceito de energia de ligação. A
decomposição da nitroglicerina, C3H5N3O9(l), é rápida e
gera grande quantidade de gases como N2(g), CO2(g),
H2O(g) e pequena quantidade de O2(g). Analise as
proposições em relação ao processo de combustão.
I.
A energia das ligações na nitroglicerina é fraca.
II. A reação tem H > 0.
III. A energia das ligações nos produtos formados é
muito fraca.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente a afirmativa I é verdadeira.
b) Somente a afirmativa II é verdadeira.
c) Somente a afirmativa III é verdadeira.
d) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras.
e) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.
1
06 - (FGV SP/2012)
O Teflon é um polímero sintético amplamente
empregado. Ele é formado a partir de um monômero que
se obtém por pirólise do trifluormetano. O
trifluormetano, CHF3, é produzido pela fluoração do gás
metano, de acordo com a reação
CH4(g) + 3F2(g)  CHF3(g) + 3 HF(g).
e)
d > 0,154 nm e E > 348 kJ/mol.
09 - (FCM MG/2012)
Considerando os seguintes dados:
Ligação química
H O
O O
Energia de ligação
(kcal. Mol1 )
q1
q2
O O
2H – O – O – H (g)  2H – O – H(g) + O = O (g) + 16 kcal
(H = –16 kcal )
Conclui-se que:
a) q3 > q2 + q1.
b) q3 > q2 >q1.
c) q3 = 2q2.
d) q3 > 2q2.
Dados:
H 0f (kJ  mol 1 )
CHF3 (g)
 1437
CH 4 (g)
 75
HF(g)
 271
A entalpia-padrão da reação de fluoração do gás metano,
em kJ.mol–1, é igual a
a) –1 633.
b) –2 175.
c) –2 325.
d) +1 633.
e) +2 175.
07 - (ESCS DF/2012)
A reação do 4-bromo-but-1-eno com o bromo molecular
produz a substância 1,2,4-tribromo-butano:
H
C
H
C
H
Br
C
C
H + Br
10 - (MACK SP/2011)
O gás propano é um dos integrantes do GLP (gás
liquefeito de petróleo) e, desta forma, é um gás altamente
inflamável.
Abaixo está representada a equação química NÃO
BALANCEADA de combustão completa do gás
propano.
C3H8(g) + O2(g)  CO2(g) + H2O(v)
Na tabela, são fornecidos os valores das energias de
ligação, todos nas mesmas condições de pressão e
temperatura da combustão.
Br
Ligação
H
H
H
H
Br
Br
H
Br
C
C
C
C
H
H
H
H
CH
OO
CO
CC
OH
H
A tabela a seguir apresenta valores médios de algumas
energias de ligação em kJ.mol–1.
CH
413
281
CC
347
CC
614
Br  Br
193
A variação de entalpia envolvida na produção de um mol
de 1,2,4-tribromo-butano, em kJ, calculada com os dados
da tabela é igual a:
a) + 295;
b) + 179;
c) + 36;
d) – 102;
e) – 245.
08 - (FUVEST SP/2012)
Em cadeias carbônicas, dois átomos de carbono podem
formar ligação simples (C–C), dupla (C=C) ou tripla
(CC). Considere que, para uma ligação simples, a
distância média de ligação entre os dois átomos de
carbono é de 0,154 nm, e a energia média de ligação é de
348 kJ/mol. Assim sendo, a distância média de ligação
(d) e a energia média de ligação (E), associadas à ligação
dupla (C=C), devem ser, respectivamente,
a) d < 0,154 nm e E > 348 kJ/mol.
b) d < 0,154 nm e E < 348 kJ/mol.
c) d = 0,154 nm e E = 348 kJ/mol.
d) d > 0,154 nm e E < 348 kJ/mol.
Energia de Ligação
(kJ  mol 1 )
413
498
744
348
462
Assim, a variação de entalpia da reação de combustão de
um mol de gás propano será igual a
a) – 1670 kJ.
b) – 6490 kJ.
c) + 1670 kJ.
d) – 4160 kJ.
e) + 4160 kJ.
Ligação Energia
C  Br
q3
11 - (UERJ/2011)
O metanal é um poluente atmosférico proveniente da
queima de combustíveis e de atividades industriais. No
ar, esse poluente é oxidado pelo oxigênio molecular
formando ácido metanoico, um poluente secundário. Na
tabela abaixo, são apresentadas as energias das ligações
envolvidas nesse processo de oxidação.
Ligação
OO
C-H
C-O
CO
O-H
Energia de ligação
(kJ.mol -1 )
498
413
357
744
462
Em relação ao metanal, determine a variação de entalpia
correspondente à sua oxidação, em kJ.mol–1, e nomeie
sua geometria molecular.
12 - (UFAL/2011)
Reação química é um processo que geralmente envolve
quebra de ligações nos reagentes e formação de ligações
2
nos produtos. A energia média de ligação carbonohidrogênio no metano pode ser obtida determinando-se o
valor:
a) da energia da reação CH4 (g)  C(g) + 2H2 (g)
b) da energia da reação CH4 (g)  C(g) + 4H(g)
c) da energia da reação CH2 (g)  C(s) + 4H(g)
d) de 1/4 da energia da reação CH4 (g)  C(g) + 2H2
(g)
e) de 1/4 da energia da reação CH4 (g)  C(g) +
4H(g)
13 - (ITA SP/2011)
Considere a energia liberada em
I.
combustão completa (estequiométrica) do octano e
em
II. célula de combustível de hidrogênio e oxigênio.
Assinale a opção que apresenta a razão CORRETA entre
a quantidade de energia liberada por átomo de hidrogênio
na combustão do octano e na célula de combustível.
Dados: Energias de ligação, em kJ mol–1:
C – C 347
C – H 413
C = O 803
H – H 436
H – O 464
O = O 498
a) 0,280
b) 1,18
c) 2,35
d) 10,5
e) 21,0
GABARITO:
1) Gab: B
2) Gab: D
3) Gab: D
4) Gab: D
5) Gab: A
6) Gab: B
7) Gab: D
8) Gab: A
9) Gab: D
10) Gab: A
11) Gab:H = 2 x 413 + 744 +
498
– 413 – 744 – 357 – 462
2
= –157kJ.mol–1Trigonal plana
12) Gab: E
13) Gab: C
14) Gab: Número de oxidação do carbono = +4
H = –50 kJmol–1
15) Gab: E
14 - (UERJ/2009)
No metabolismo das proteínas dos mamíferos, a uréia,
representada pela fórmula (NH2)2CO, é o principal
produto nitrogenado excretado pela urina. O teor de uréia
na urina pode ser determinado por um método baseado na
hidrólise da uréia, que forma amônia e dióxido de
carbono.
Na tabela abaixo são apresentadas as energias das
ligações envolvidas nessa reação de hidrólise.
A partir da fórmula estrutural da uréia, determine o
número de oxidação do seu átomo de carbono e a variação
de entalpia correspondente a sua hidrólise, em kJ.mol–1.
3
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

teste

2 Cartões juh16

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards