Enviado por

05-LIPIDEOS

Propaganda
LIPÍDEOS
São biomoléculas insolúveis em água e altamente solúveis em solventes
orgânicos
Armazenados no tecido adiposo.
 São todas as substâncias gordurosas existentes no reino animal e vegetal
Do grego “lipos” = gordura
Óleos, gorduras vegetais e animais, tem grande importância na alimentação
Constituição das células
Sua composição biomolecular é composta por oxigênio (O), carbono (C) e
hidrogênio (H).
Gorduras
ou óleos
Lipídios: são ésteres derivados de
ácidos graxos superiores em reação
com álcoois.
Mais de 10 “C”
 Lipídeos = ácidos graxos + álcool.
CONCEITO
Substâncias que, por hidrólise, fornecem ácidos graxos
compostos:
e outros
Gorduras - glicerídeos de ácidos saturados são "sólidas" à temperatura
ambiente PRODUZIDAS POR ANIMAIS.
Óleos - glicerídeos de ácidos insaturados são líquidos à temperatura
ambiente PRODUZIDAS POR PLANTAS.
Cada grama de lipídio armazena 9 kcal de energia, enquanto
cada grama de glicídio ou proteína armazena somente 4
quilocalorias.
Apesar desse potencial energético, os lipídios não são os
primeiros nutrientes utilizados pela célula quando ela gasta
energia.
Os lipídeos se encontram distribuídos em todos os
tecidos, principalmente nas membranas celulares e
nas células de gordura
FUNÇÕES DOS LIPÍDIOS
 Estrutural:
Alguns lipídios apresentam função estrutural, fazendo
parte da composição das membranas celulares.
Ex: Fosfolipídios; Glicolipídios e Esteróis.
Isolantes térmicos, elétrico e mecânicos
Os lipídios atuam como isolantes térmicos, ajudando assim na
manutenção da temperatura do corpo e como isolantes mecânicos,
protegendo contra choques mecânicos.
Mielina presente nos axônios de neurônios, faz o isolamento elétrico do impulso
nervoso (elétrico) conduzido .Composição é 70% lipídios, mais especificamente os
esfingolipídios, e 30% proteínas.
Reserva de Energia: Glicerídeos
 Precursores de Hormônios e de Sais Biliares:
Os lipídios estão relacionados com a produção de hormônios esteroides, tais como a
testosterona, progesterona e estradiol.
Produção de sais biliares.
Transporte de Vitaminas Lipossolúveis
 Transporte de vitaminas lipossolúveis:
Os lipídios transportam vitaminas que são solúveis em gordura. Ex: vitamina A, D, E e K.
Impermeabilização de Superfícies
Impermeabilizam evitando a desidratação. Ex: as ceras encontradas nas superfícies
dos frutos.
ÁCIDOS GRAXOS
Ácido graxo é um ácido carboxílico (COOH).
Estes ácidos são produzidos quando as gorduras são
quebradas.
Podem ser usados como energia pelas células.
São classificados em monoinsaturados,
poliinsaturados, ou saturados.
ÁCIDOS GRAXOS SATURADOS
Estes ácidos são geralmente sólidos à temperatura
ambiente.
As gorduras contendo ácidos graxos saturados são
chamadas de gorduras saturadas.
ÁCIDOS GRAXOS SATURADOS
• Exemplos de alimentos ricos em gorduras saturadas incluem
banha, bacon, toucinho, manteiga, leite integral, creme
de leite, ovos, carne vermelha, chocolate e gorduras
sólidas.
• O excesso de ingestão de gordura saturada pode aumentar
os niveis de colesterol no sangue e aumentar o risco de
desenvolver doença arterial coronariana.
ÁCIDOS GRAXOS MONOIINSATURADOS
• No caso de apenas uma dupla ligação na cadeia,
o ácido graxo é denominado monoinsaturado.
ÁCIDOS GRAXOS MONOIINSATURADOS
São encontrados no abacate, nozes, azeite de oliva e nos óleos
de canola e de amendoim.
 Pesquisas relatam que o consumo de gorduras monoinsaturadas é
benéfico na redução do colesterol LDL, também conhecido como
"mau" colesterol, como também diminui o risco de se desenvolver
doenças cardíacas.
ÁCIDOS GRAXOS POLIINSATURADOS
• Um ácido graxo essencial que é sintetizado por
plantas, mas não pelo corpo humano e, portanto,
deve ser incluso na alimentação.
 Podem ser encontrados em óleo de girassol,
 óleo de milho,
 óleo de soja,
 óleos de peixe
 amêndoa
 castanha.
Ácidos Graxos essenciais
insaturados:
• Ômega 6 – ácido linoléico e ácido
araquidônico. Fontes: óleos vegetais –
girassol, gergelim, linhaça, canola e soja.
• Ômega
3
–
ácido
linolênico,
eicosapentanóico e decosahexaenóico.
Fontes: óleos de peixes marinhos como
salmão, truta, cavala e sardinha.
SOJA
• 18 a 20% de lipídios;
• Produtos derivados:
óleos, farinha, sabão, cosméticos,
resinas, tintas, solventes e biodiesel.
•
Benéfica à saúde associados ao seu
consumo, como diminuição
do colesterol, tratamento dos
sintomas da menopausa, prevenção da
osteoporose, manutenção do peso
corporal.
Fonte: http://cidadeverde.com/cidadesustentavel/74114/como-oplantio-de-soja-pode-levar-a-perda-da-biodiversidade
Ácidos Graxos:
• Saturados
–
auxiliam
no
desenvolvimento da arteriosclerose.
• Insaturados – diminui a formação de
coágulos,
diminui
a
pressão
sanguínea, evita a arteriosclerose, ou
melhor, promove a limpeza das
artérias. Diminui a ação do LDL.
Características gerais:
Tipos
E. Físico
Origem
Lipídeos
Gorduras Óleos
Sólidas Líquidos
Animal Vegetal
Insolúveis em água
Digestão dos Lipídeos


Apenas uma pequena quantidade de lipídios é digerida na boca
pela enzima Lípase Lingual;
No estômago a Lípase Gástrica também digere apenas uma
pequena parte do lipídios;
DIGESTÃO


A digestão propriamente dita, ocorre no duodeno, com ação das enzimas
biliar e pancreática.
Com isso, as gorduras são emulsificadas no intestino delgado pelos sais
biliares formando micelas mistas de triacilgliceróis.
ABSORÇÃO



Lipases intestinais hidrolisam os triacilgliceróis (triglicerídeos).
Os ácidos graxos são absorvidos pela mucosa intestinal e
reconvertidos em triacilgliceróis.
Os Triacilgliceróis juntamente com o colesterol e as apoliproteinas
formam o quilomícron.
ABSORÇÃO



Os quilomícrons migram para o sistema linfático, depois para a
corrente sanguínea e seguem para os tecidos.
Ativada pela APO-II (lipoproteína lipase) libera ácido graxo e
glicerol.
Os ácidos graxos entram nos adipócitos ou miócitos. Os ácidos
graxos são oxidados em combustíveis ou re-esterificados para
armazenagem
O Metabolismo lipídico : ocorre no fígado, dos alimentos ingeridos e da
reserva orgânica que é o tecido adiposo.
O armazenamento de ácidos graxos na forma de TG
Quando hormônios sinalizam a necessidade de energia metabólica, promovese a liberação destes TG com o objetivo de convertê-los em ácidos graxos
livres, os quais serão oxidados para produzir energia.
Outras formas de lipídios fazem parte da dieta diária:
Fosfolipideos, o colesterol e as Vitaminas lipossolúveis(A,D,E,K)
Classificação
Cerídeos
Simples
*Glicerídeos
Lipídios
Fosfolipídios
Complexos Esteróides
Cerídeos (ceras):
Os Cerídeos são compostos por um álcool diferente do glicerol.
Possui consistência sólida.
Sua principal função é impermeabilização, evitando a perda de água em superfícies
sujeitas à desidratação.
Pode ser de origem animal, como cera de abelha, constituindo a colmeia, e cera do
ouvido, protegendo o canal auditivo.
Tornam as plantas impermeáveis contra perda de água
Palmitato de cerila – Cêra de carnaúba C15H31- COOC26H53
Cerotato de cetila – Cêra de abelhas C25H51- COOC15H31
Fosfatídeos (fosfolipídios):
São lipídios mais complexos que além
de glicerina e ácidos graxos possuem
ácido fosfórico e aminoálcoois.
Lecitina
Cefalina
Gema do ovo
Soja
Cérebro
Sangue
 Fosfolipídios: são os lipídeos associados ao ácido fosfórico. São
moléculas anfipáticas, ou seja, uma região (cabeça) é hidrofílica, e outra
região (cauda) é hidrofóbica
 parte da molécula se combina com a água, e parte, não. São importantes,
pois são encontrados formando a membrana plasmática de todas as
células.
 São os principais componentes lipídicos estruturais das membranas
celulares.
Glicerídeos (Triglicerídeos):
São ésteres derivados de ácidos
graxos superiores com glicerina
(glicerol).
Propanotriol
H2C - OH
HC - OH
H2C - OH
Ác. Graxo superior
+
Cx>10Hy- COOH
Formação de Triglicerídeos:
Ác. Graxo + Glicerina Triglicerídio + água
C15H31- COOH
C15H31- COOH
C15H31- COOH
HO - CH2
+
C15H31- CO O - CH2
HO - CH  C15H31- CO O - CH +3H2O
HO - CH2
C15H31- CO O - CH2
Àc. Palmítico + Glicerina Tripalmitato de glicerila + água
Hidrogenação: Formação da margarina
Reação de
adição
Óleo + H2  Gordura Hidrogenada
Insaturado
Margarina
Estado sólido na temperatura ambiente.
GORDURA TRANS
Gordura insaturada formada principalmente no processo de hidrogenação
industrial: aquecimento de óleos vegetais líquidos para solidificação em
margarinas e gorduras para confeitaria. A hidrogenação da origem a uma
gordura com:
Ponto de fusão mais elevado
Melhor qualidade de estocagem
Melhor palatibilidade e textura
Maior vida de prateleira
Por isso é tão utilizada na indústria.
Os ácidos graxos com conformação "trans" presentes na membrana celular
enfraquecem a estrutura da membrana e sua função protetora.
O resultado são células doentes e enfraquecidas, mau funcionamento do
organismo e um sistema imunológico exausto, em resumo, queda da resistência
e aumento do risco de doenças.
 ESTERÓIDES
São lipídios complexos
Atuam como reguladores
biológicos.
Ex: Estrógeno e Testosterona
ESTERÓIDES

No reino animal, mais abundantes são derivados do
colesterol C27H46O;

Colesterol é precursor da testosterona e estradiol;
Colesterol







Colesterol sintetizado exclusivamente pelos animais.
Produzido principalmente no fígado, mesmo que alimentação seja pobre em colesterol.
Está presente nos tecidos de todos os animais
Álcool de cadeia policíclica, geralmente presente na forma esterificada
Colesterol – Síntese de hormônios sexuais – testosterona e estrógeno e vitamina D (ergosterol) e sais biliares.
Associado com lipoproteínas plasmáticas de alta ou baixa densidade (HDL E LDL).
Nos vegetais ocorre a produção de fitoesterol.
Colesterol
gorduras que agem como hormônios.
É um álcool de origem exclusivamente animal.
Existem dois tipos o HDL e o LDL
Estrógeno
Testosterona
PRODUÇÃO DE COLESTEROL
Endógena principalmente no fígado e no intestino delgado,
Exógena: alimentação.
• Dentre as principais lipoproteínas transportadoras de colesterol,
pode-se citar:
• LDL (lipoproteínas de baixa densidade),
• HDL (lipoproteínas de alta densidade)
• VLDL (lipoproteínas de muito baixa densidade).
• VLDL são sintetizadas pelo fígado e transportam TRIGLICERÍDEOS para
os músculos e para o tecido adiposo. Na medida em que perdem
triglicerídeos, estas partículas podem coletar mais colesterol e
tornarem-se LDL.
• LDL carregam cerca de 70% de todo o colesterol que circula no
sangue. Elas são capazes de transportar o colesterol do sítio de
síntese, o fígado, até as células de vários outros tecidos.
• São pequenas e densas o suficiente para atravessar os vasos
sanguíneos e ligarem-se às membranas das células dos tecidos.
• Por esta razão, as LDL são as lipoproteínas responsáveis pela
arteriosclerose.
• O nível elevado de LDL está associado com altos índices de doenças
cardiovasculares.
HDL
• HDL são responsáveis pelo transporte reverso do
colesterol: carrega o colesterol em excesso de volta para
o fígado onde é utilizado para a síntese do ácido biliar.
• O nível elevado de HDL está associado com baixo índices
de doenças cardiovasculares.
Estrutura das lipoproteínas de baixa
densidade (LDL).
Estrutura das lipoproteínas de alta densidade
(HDL).
VALORES DE REFERÊNCIA
Formação do Ateroma
Há impactação de colesterol na parede da árteria;
Migração de Macrofágos;( enzimas que tentam degradar o Colesterol
acumulado na parede da árteria, mas acabam prejudicando pois o
colesterol torna-se mais reativo);
Migração das células lisas levando ao rompimento endotelial e Migração
das plaquetas---> Ateroma
A doença corresponde ao enrijecimento progressivo da parede
de artérias musculares de grande e médio calibre e de artérias
elásticas de grande calibre.
As LDL, quando em excesso, é que são responsáveis pelos
depósitos arteriosclerósicos nos vasos sanguíneos. A seguir é
mostrada a sequência de eventos que levam a esse problema.
O colesterol forma um complexo com os lipídios e proteínas,
chamado lipoproteína. A forma que realmente apresenta
malefício, quando em excesso, é a LDL.
FLAVONÓIDES
Antocianina, Catequina, Quercetina e Resveratrol
Flavonóide : polifenóis encontrados em diversas espécies vegetais.
Encontrados em frutas, flores e vegetais em geral, assim como em
alimentos processados como chá e vinho.
Resveratrol, que atua e pertence ao grupo dos estilbenos. Esta substância
seria responsável por impedir a arteriosclerose.
Em algumas pesquisas alguns flavonoides apresentam-se associados à
proteção contra doenças do envelhecimento.
PROSTAGLANDINAS
Estes lipídios não desempenham funções estruturais.
são importantes componentes em vários processos
metabólicos e de comunicação intercelular.
Um dos processos mais importantes controlados
pelas prostaglandinas é a inflamação.
biossíntese das prostaglandinas:
ácido araquidônico, que é formado através da remoção enzimática
de hidrogênios do ácido linoleico.
O ácido araquidônico livre é convertido a prostaglandinas pela ação
da enzima cicloxigenase.
No organismo, o ácido araquidônico é estocado sob a forma de fosfolipídios,
tal como o fosfoinositol, em membranas.
Sob certos estímulos, o ácido araquidônico é liberado do lipídio de estocagem
(através da ação da enzima fosfolipase A2) e rapidamente convertido a
prostaglandinas,
Que iniciam o processo inflamatório.
 A cortisona tem ação anti-inflamatória por bloquear a ação da fosfolipase A2.
Este é o mecanismo de ação da maior parte dos anti-inflamatórios esteróides.
Os anti-inflamatórios não esteróides,
Ex:Aspirina, agem bloqueando a enzima cicloxigenase. Desta forma,
impedem o ciclo de formação das prostaglandinas e evitam a sinalização
inflamatória.
VOCÊ É O QUE VOCE COME!!!
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards