Enviado por Do utilizador5859

30 dicas para pesquisa e escrita acadêmica de sucesso Observatório em CT&I

Propaganda
09/07/2018
BRASIL
30 dicas para pesquisa e escrita acadêmica de sucesso | Observatório em CT&I
Serviços Barra GovBr
(HTTP://BRASIL.GOV.BR)
Fale com a Fiocruz
(http://portal.fiocruz.br/pt­
Fundação Oswaldo Cruz
(http://www.fiocruz.br/)
br/content/ouvidoria)
Observatório em CT&I
Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde
(/)
(/)
A+
A
A­
A

(/user/login)
(/high_contrast_toggle?
destination=node)
Início (/) / Em Foco / Notícias (/em­foco/noticias) /
30 dicas para pesquisa e escrita acadêmica de sucesso
Compartilhe!
Por LSE Impact Blog (https://www.facebook.com/LSEImpactblog/?hc_ref=ARRhWXVNK­
YO7ii5XSy_IoywxukdoKshi7bH0m9XSwMgk4pDahoAFld_vRS8O8TM1cQ&fref=nf)
[Anotações de Leonardo da Vinci / Foto: Official British Library Prints]
Escolher algo que você está apaixonado por pesquisar é um ótimo primeiro passo na estrada para a escrita acadêmica de sucesso, mas pode ser difícil
manter o impulso. Deborah Lupton (http://wp.me/p2MzMv­2bP#author) explica como os quadros antiquados e as redes on­line estão de mãos dadas e
oferecem conselhos para quando é hora de "começar" ou de andar de bicicleta.
Como parte da preparação para um workshop sobre publicação acadêmica para acadêmicos de carreira inicial, anotei algumas idéias e dicas para
compartilhar com o grupo que eu pensava publicar aqui. No processo de redação de 12 livros e mais de 110 artigos de revistas revisados por pares e
capítulos de livros sobre uma carreira que tem sido principalmente a tempo parcial por malhar as demandas de maternidade com o trabalho acadêmico,
desenvolvi algumas abordagens que parecem funcionar bem para mim.
Essas dicas não estão em ordem particular, além do número 1, que considero ser o mais importante de todos.
Planejando seu cronograma de pesquisa
1. Escolha algo para pesquisar / escrever sobre o que você está apaixonadamente interessado. Achei que a maior parte da minha pesquisa e escrita
tende a surgir de querer descobrir mais ou entender mais sobre um fenômeno particular que me intriga. Ao explicar isso a mim mesmo, acabo
explicando isso aos outros, espero que de uma maneira nova e interessante que seja digna de publicação.
2. Seja organizado ­ o tempo de planejamento é essencial quando há muitas demandas em seu tempo.
http://observatorio.fiocruz.br/em-foco/noticias/30-dicas-para-pesquisa-e-escrita-academica-de-sucesso
1/4
09/07/2018
3.
4.
5.
6.
7.
30 dicas para pesquisa e escrita acadêmica de sucesso | Observatório em CT&I
j
g
p
p
j
q
p
Certifique­se de reservar um ou mais períodos de tempo a cada semana quando você se dedica à pesquisa e não deixe que outras demandas
afetem esse tempo.
Então eu posso ver facilmente o que eu preciso fazer e, quando, eu uso um quadro branco com uma lista de "fazer" com tarefas listadas
mensalmente e seus prazos. Eu esfrego as tarefas à medida que as completo (geralmente com um grande senso de realização!). Tecnologia muito
baixa, eu sei, mas eficaz como uma lembrança visual.
Planeje sua pesquisa em pedaços: esta manhã, hoje, esta semana, neste mês, nos próximos meses, este ano, nos próximos três anos. Tenha
uma idéia clara do que você deseja alcançar nestes períodos de tempo e tente ficar com isso tanto quanto você puder.
Eu não tende a pensar mais do que um ano antes quando se trata de resultados de pesquisa que eu quero alcançar, mas acho útil redigir pelo
menos um plano de pesquisa de um ano no início de cada ano. Algumas pessoas também podem querer preparar um plano de pesquisa de 3 ou 5
anos.
Seja estratégico em cada tempo de pesquisa disponível. Pense no melhor uso do seu tempo. Tarefas cognitivas difíceis que requerem um
pensamento intenso muitas vezes precisam de um longo período de tempo, então planeje­se fazer isso quando este estiver disponível para
você. Tarefas fáceis ou menos intensivas em tempo, como corrigir provas, editar ou formatar um artigo ou capítulo para submissão ou leitura de
alguns materiais e tomar notas, podem ser ajustados em períodos de tempo menores.
Começando
1. Use o tempo de pesquisa que você precisa para fazer alguma coisa , por mais pequena que seja a tarefa.
2. Faça um começo. Depois de ter uma idéia para uma escrita, crie um arquivo para ele em seu computador e anote qualquer coisa, por mais rude
que seja, e por mais breve que seja, mesmo que seja apenas um título provisório e algumas notas sobre possíveis conteúdos. Ele sempre pode
ser polido e desenvolvido mais tarde ou mesmo descartado se você decidir eventualmente não seguir a idéia.
3. Organize sua escrita em diferentes arquivos de computador: artigos em andamento, artigos enviados, artigos aceitos, artigos de conferências,
postagens de blog, propostas de livros, aplicações de concessão etc.
4. Organize sua coleção de artigos de diário PDF sob tópicos em arquivos em seu computador.
5. Se você está se sentindo sem entusiasmo ou atingiu uma parede ­ deixe esse pedaço de escrita por um tempo e trabalhe com outra peça de
escrita.
6. Se nenhum prazo externo tiver sido definido, defina­se prazos e tente atender estes, tanto quanto puder, para que você possa passar para a
próxima escrita.
Aproveitando ao máximo sua escrita
1. Use sua escrita de diferentes maneiras como você pode ­ artigos de conferência, artigos / capítulos, livros, postagens de blog. Transforme os
pequenos pedaços (não reavivados) em pedaços maiores (arbitrados) sempre que puder e vice­versa. O que começa como uma postagem no
blog pode ser posteriormente desenvolvido em um artigo, por exemplo. Por outro lado, alguns dos principais argumentos de um artigo podem ser
usados em uma ou mais postagens de blog.
2. Nunca deixe um documento de conferência / seminário permanecer em um documento de conferência / seminário ­ transformá­lo em um capítulo
de artigo / livro assim que possível. Se simplesmente não há substância suficiente para uma peça que é o comprimento de um artigo de diário ou
capítulo do livro, considere polir e referenciar o papel adequadamente. Uma vez que está em um padrão onde você considera pronto para estar
disponível para outros, publique­o no repositório eletrônico da sua universidade como um documento de trabalho. Dessa forma, qualquer pessoa
poderá acessar digitalmente o papel e fazer referência a ele.
3. Decida um diário apropriado à medida que está escrevendo um artigo e adapte o argumento / comprimento aos requisitos do jornal antes de
terminá­lo.
4. Uma vez que você pensa que você terminou um escrito e está pronto para enviá­lo, deixe­o de lado pelo menos por dia e volte e leia novamente
com olhos frescos. Você provavelmente notará algo que poderia ser melhorado. Depois de ter feito isso e se sentir feliz com a peça, vá em frente e
envie. Como outro comentarista (http://blogs.lse.ac.uk/impactofsocialsciences/2012/11/16/thomson­what­words­want/) argumentou, você precisa
conquistar seu medo e enviar sua escrita ao mundo: "nós devemos às palavras que escrevemos para enviá­las".
5. Receber comentários de árbitros acadêmicos em uma peça de escrita ou proposta de pesquisa às vezes pode ser desmoralizante. Não deixe
comentários negativos para você por muito tempo. Grit seus dentes e revise e reenvie assim que possível, por mais tedioso que se sinta. Veja isso
como uma oportunidade para fazer sua peça o melhor que pode ser. Se o artigo foi rejeitado, dê uma boa atenção para saber se os comentários
dos árbitros são válidos e, se necessário, revisar e depois enviá­lo para outro jornal. Lembre­se de que todos os escritores acadêmicos bem
sucedidos receberam feedback negativo às vezes: isso é simplesmente parte e parcela de escrita acadêmica e publicação.
6. Ao invés de simplesmente excluir material quando você está editando uma escrita, faça arquivos de computador 'editados' para "colar" este
material quando você o corta (eu faço vários arquivos de edições em tópicos). Você nunca sabe quando você pode usar este material em outro
lugar.
7. Pense sobre como uma peça de escrita pode levar a outra como você está escrevendo.
8. Certifique­se de que o seu resumo está bem escrito e levará os outros ao seu trabalho (veja aqui
(http://blogs.lse.ac.uk/impactofsocialsciences/2011/06/20/essential­guide­writing­good­abstracts/) orientações sobre como escrever um resumo
efetivo).
9. Acompanhe as últimas pesquisas publicadas nas revistas que você usa para sua pesquisa. Uma maneira fácil de fazer isso é se inscrever para
alertas por e­mail com os editores das revistas e você será notificado por eles do conteúdo de cada nova edição.
Conecte­se para a inspiração
1. Inspiração para pesquisa pode vir de muitos lugares. Participar de conferências e seminários e ler a literatura acadêmica mais recente em seu
campo são extremamente importantes, mas também são outras estratégias. Como socióloga, criei muitas idéias de ouvir programas de rádio de
boa qualidade, ler jornais e meus sites e blogs favoritos online e participar de mídias sociais como Twitter e Facebook com pessoas interessadas
nos tópicos que eu pesquiso (veja mais sobre social mídia no 25).
2. Conecte, conecte, conecte­se. Divulgue suas pesquisas e faça conexões com outros pesquisadores o máximo que puder. Faça contato com outras
pessoas que trabalham em áreas relacionadas aos seus interesses, mesmo que estejam em diferentes departamentos ou em outras
universidades. Junte­se a redes de pesquisa relevantes ou comece a sua.
3. Fortalecer a sua presença online (http://blogs.lse.ac.uk/impactofsocialsciences/2012/09/10/lupton­sociologist­adventures­social­media/) . Pense em
usar mídias sociais e outras mídias digitais para promover sua pesquisa, se envolver com a comunidade e fazer conexões acadêmicas. Configure
um perfil no Academia.edu no mínimo mais baixo. Certifique­se de que a página da sua universidade esteja atualizada com suas últimas
publicações e projetos de pesquisa. Escreva postagens de blog (se você não quiser se comprometer com seu próprio blog, fazer postagens de
convidados para blogs de outras pessoas ou para fóruns de discussão on­line), inscreva­se no Twitter e nas páginas relevantes do Facebook,
coloque seus PowerPoints no SlideShare, faça placas do Pinterest Veja aqui (http://simplysociology.wordpress.com/2012/08/06/a­sociologists­
d
t
i
i l
di l d/)
i h i t d ã à
ídi
i i
dê i
)
http://observatorio.fiocruz.br/em-foco/noticias/30-dicas-para-pesquisa-e-escrita-academica-de-sucesso
2/4
09/07/2018
4.
5.
6.
7.
8.
30 dicas para pesquisa e escrita acadêmica de sucesso | Observatório em CT&I
adventures­in­social­media­land/) para minha introdução às mídias sociais para acadêmicos).
Use sites de marcadores digitais como Scoop.it, Pinterest (http://blogs.lse.ac.uk/impactofsocialsciences/2012/06/22/pretty­picture­pinterest­social­
science/) , Delicious ou Bundlr para economizar material interessante que você encontrou na web (veja aqui
(http://blogs.lse.ac.uk/impactofsocialsciences/2012/07/16/researchers­guide­info­overload­curation/) uma discussão sobre o uso de ferramentas
como essas para o trabalho acadêmico).
Use um gerenciador de referência on­line computadorizado, como Endnote, Zotero ou Mendeley. Tenha o hábito de carregar citações diretamente
nisso cada vez que você se deparar com eles.
Pense cuidadosamente sobre quem você colabora com a pesquisa antes de concordar em fazê­lo. Os bons colaboradores vão adicionar
imensamente ao seu próprio trabalho: os maus dificilmente tornarão sua vida e você não ficará feliz com os resultados que você produz.
Procure o conselho ou orientação de acadêmicos mais experientes, cujas pesquisas você respeita.
Faça passeios regulares / passeios / passeios de bicicleta. Isso não só irá mantê­lo fisicamente apto, mas também proporcionará um espaço
mental para pensar em um argumento ou criar novas idéias. Algumas das minhas melhores idéias vieram quando eu estive em movimento e meus
pensamentos estão livres.
Nota: Este artigo dá as opiniões do (s) autor (es), e não a posição do blog Impact of Social Sciences, nem da London School of Economics.
Este blog foi originalmente publicado no blog de Deborah, 'This Sociological Life' (http://simplysociology.wordpress.com/2012/11/19/30­tips­for­
successful­academic­research­and­writing/) , e é reimpresso aqui com permissão.
Sobre a autora:
Deborah Lupton é socióloga do Departamento de Sociologia e Política Social da Universidade de Sydney. Ela é autora de 12 livros e muitos artigos de
pesquisa e capítulos sobre temas como medicina e saúde pública, o corpo, o risco, a cultura parental, a infância, as emoções, a obesidade política e as
culturas digitais.
*Texto publicado originalmente pelo LSE Impact Blog (https://www.facebook.com/LSEImpactblog/?hc_ref=ARSwnAZihmN9DoTO­v0EVteBRU3FFyx­
RHJ_jNfh_­rzSn7ynfOv7moRpP5j7D9oKcw&fref=nf)
blogs.lse.ac.uk/impactofsocialsciences/2012/11/28/lupton­30­tips­writing/
TIPO DE EM FOCO:
TAGS:
Notícias (/tipos­de­em­foco/noticias)
Pesquisa (/tags/pesquisa)
Estratégia (/tags/estrategia)
Escrita acadêmica (/tags/escrita­academica)
Planejamento (/tags/planejamento)
Comunicação científica (/tags/comunicacao­cientifica)
Organização (/tags/organizacao)
Compartilhe!
Login (/user/login?destination=node/720%23comment­form) para postar comentários
MAPA DO SITE
Sobre (/sobre)
Indicadores (/indicadores)
Estudos
(/estudos)
Expediente (/expediente)
Bibliométricos (/tipo­de­indicadores/bibliometricos)
Demográficos (/tipo­de­indicadores/demograficos)
Desenvolvimento Tecnológico e inovação (/tipo­de­indicadores/desenvolvimento­tecnologico­e­inovacao)
Em Foco
Entrevistas (/em­foco/entrevistas)
infográficos (/em­foco/infograficos)
Mosaico (/em­foco/mosaico)
Notas Informativas (/em­foco/notas_informativas)
Redes (/tipo­de­indicadores/redes)
Notícias (/em­foco/noticias)
Outras Experiências (/em­foco/outras_experiencias)
(http://www.brasil.gov.br/)
(http://portalsaude.saude.gov.br/)
(http://portal.fiocruz.br/pt­ (http://portalsaude.saude.gov.br/)
br)
Av. Brasil 4.365 – Castelo Mourisco, salas 7, 113 e 114, Manguinhos, Rio de Janeiro – RJ ­ Brasil CEP: 21040­900. Tel.: +55 21 3885­1659 / +55 21 3885­1844
@2016 PORTAL DO OBSERVATÓRIO / VPEIC
Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento, que busca garantir à sociedade o acesso gratuito,
público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.
O conteúdo deste portal pode ser utilizado para todos os fins não comerciais, respeitados e reservados os direitos morais dos autores.
http://observatorio.fiocruz.br/em-foco/noticias/30-dicas-para-pesquisa-e-escrita-academica-de-sucesso
3/4
09/07/2018
30 dicas para pesquisa e escrita acadêmica de sucesso | Observatório em CT&I
http://observatorio.fiocruz.br/em-foco/noticias/30-dicas-para-pesquisa-e-escrita-academica-de-sucesso
4/4
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards