Enviado por bcp.julia

Farmaco 4 - Receptores Colinérgicos

Propaganda
SISTEMA NERVOSO PARASSIMPÁTICO
No simpático: broncodilatação, vasoconstrição periférica, taquicardia. Parte da região torácica e lombar. Neurônio
pré-sináptico: acetilcolina. Pós-sináptico: noradrenalina.
No parassimpático: bradicardia, broncoconstrição, vasodilatação. Parte da região crânio-sacral. Neurônio présináptico: acetilcolina. Pós-sináptico: acetilcolina.
Gânglios: intercessões entre os neurônios pré e pós ganglionares. Pré ganglionar: acetilcolina sempre!
RECEPTORES COLINÉRGICOS
Nicotínico: canais iônicos regulados por ligante. Passagem de íons. Resposta rápida! Encontrados nos músculos
esqueléticos e gânglios.
Muscarínico: acoplados à proteína G. Resposta lenta porém amplificada! Encontrados no músculo liso (trato
digestório, circulatório) e órgãos efetores (coração, estômago).
AGONISTA E ANTAGONISTA COLINÉRGICO
Agonista no pulmão: broncoconstrição
Antagonista no pulmão: broncodilatação.

O coração recebe estímulo simpático e parassimpático.
Acetilcolina (agonista colinérgico) no pulmão: broncoconstrição. Acetilcolinesterase no pulmão:
broncodilatação. Droga inibidora de acetilcolinesterase: broncoconstrição.
Acetilcolinesterase: diminui a atividade parassimpática, ou seja, no caso do coração, diminui a bradicardia.
A atividade de um agonista colinérgico é igual a um inibidor de colinesterase.
DROGAS SIMPATOMIMÉTICAS E SIMPATOLÍTICAS


Se imita: mimético. Uma droga que estimula o simpático (agonista adrenérgico), imita o simpático:
simpatomimética. Uma droga que estimula o parassimpático (agonista colinérgico), imita o parassimpático:
parassimpatomimético.
Agonistas colinérgicos são parassimpatomiméticos de ação direta porque se ligam diretamente nos receptores
e ativam.
Drogas inibidoras da acetilcolinesterase são parassimpatomiméticas de ação indireta, porque afetam
indiretamente a degradação da acetilcolina, diminuindo o efeito simpático.
Se bloqueia: lítico. Uma droga que bloqueia o simpático (antagonista adrenérgico): simpatolítico. Uma droga
que bloqueia o parassimpático (antagonista colinérgico): parassimpatolítico.
Betanecol: agonistas colinérgicos. Usado para tratar constipação intestinal. Estimula o peristaltismo intestinal.
Tilocarpina: agonista colinérgico. Usado para tratar glaucoma e xerostomia (produção insuficiente de saliva). Pode ser
administrado por via intravenosa, servindo como antídoto para a atropina (abaixo).
Atropina: antagonista colinérgico. Usado para tratar bradicardia excessiva. Bloqueia o parassimpático e estimula o
aumento da atividade cardíaca.
Escopolamina: antagonista colinérgica. Relaxa o músculo liso (útero, intestino), associada com anti-inflamatório e
analgésico para diminuir a dor das cólicas menstruais, por exemplo. Bloqueia a acetilcolina. Por via intravenosa,
apresenta efeito sinérgico ao agonista adrenérgico bloqueando a acetilcolina no coração e estimulando a taquicardia.
Rivastigmina: inibidoras da enzima colinesterase, ou seja, aumentam a acetilcolina porque impedem a ação da enzima
degradadora. Indicada para tratamento do mal de Alzheimer.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards