Enviado por Do utilizador3964

Ficha acidos nucleicos sintese proteica

Propaganda
Estruturas Pedagógicas
Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares
Direção de Serviços da Região Centro
Área disciplinar de Biologia e Geologia
Ano letivo 2019/2020
Ficha de Trabalho de Biologia e Geologia – 11º ano
outubro 2019
1ª PARTE - ÁCIDOS NUCLEICOS
1 - Assinale, com um círculo, a letra da opção que completa corretamente a seguinte afirmação.
O esquema da figura 1 é referente à estrutura do ADN. Os algarismos 1, 2, e 3
representam, respetivamente…
a) … base azotada, desoxirribose e fosfato.
b) … base azotada, fosfato e desoxirribose.
c) … fosfato, desoxirribose e base azotada.
d) … fosfato, base azotada e desoxirribose.
e) … desoxirribose, fosfato e base azotada.
Fig. 1
2 - Das seguintes afirmações relativas aos ácidos nucleicos assinale as verdadeiras.
a) A molécula de ADN é formada por uma única cadeia polinucleotídica.
b) A molécula de ADN é constituída por bases azotadas sendo a timina e a citosina bases pirimídicas.
c) Na molécula de ADN, a timina estabelece com a adenina três ligações de hidrogénio, enquanto que entre
a citosina e a guanina se estabelecem duas ligações de hidrogénio.
d) O ARN é formado por uma única cadeia polidesoxirribonucleotídica.
e) Na molécula de ARN, a base azotada complementar da timina é o uracilo e a base complementar da
guanina é a adenina.
f) A formação de uma cadeia polinucleotídica resulta do estabelecimento de ligação fosfodiéster entre o
grupo fosfato de um novo nucleótido e o grupo - OH ligado ao carbono 3’ do nucleótido anterior na
direção 5’- 3’.
2.1 - Assinale, com um círculo, a letra da opção que completa corretamente a seguinte afirmação.
Uma característica comum às moléculas de ADN e ARN é:
a) ... o número de bases de anel duplo é igual ao número de bases de anel simples.
b) ... o número de riboses é igual ao número de fosfatos.
c) ... o número de adeninas é igual ao número de timinas.
d) ... o número de fosfatos é igual ao número de bases azotadas.
3 - Nos itens seguintes, selecione, com um círculo, a letra da opção que completa corretamente cada afirmação.
3.1 – As experiências em que Meselson e Stahl colocaram bactérias em azoto pesado (N 15) demonstraram
conclusivamente que o DNA:
a) … tem dupla hélice
b) … tem bases pares complementares
c) … replica semiconservativamente
d) … consiste na replicação de nucleótidos
3.2 – Uma porção de DNA com 100 pares de bases contém 45 citosina; essa porção de DNA contém
_____ de adeninas.
a) … 55
c) … 15
b) … 10
d) … 5
MOD.01, revisão
0
Página 1 de 10
4 - Leia o seguinte documento: Construindo o conceito de DNA
Foram muitos os pesquisadores que, direta ou indiretamente, contribuíram para elucidar sobre a estrutura e
função da molécula de DNA. (...) James Watson, Francis Crick e Linus Pauling trabalharam paralelamente na
descoberta da estrutura do DNA. Para Linus Pauling, o DNA seria apenas mais uma biomolécula importante na
maquinaria celular não pensando na sua função primordial: a transmissão da informação genética. Segundo o
modelo de Pauling, o DNA seria formado por três filamentos polinucleotídicos enrolados entre si, estando o eixo
açúcar-fosfato no meio e as bases nitrogenadas livres na parte externa.
(Oliveira, T.H.G. et al. M.º 1/2004 -Revista Brasileira de Ensino de Bioquímica e Biologia Molecular - adaptado)
4.1 - Em cada uma das alíneas seguintes, selecione, com um círculo, a letra da opção que preenche os espaços de
modo a obter afirmações corretas.
4.1.1 - O modelo de estrutura do DNA, segundo Linus Pauling, difere do modelo J. Watson e F. Crick, uma vez que,
para estes autores, o DNA apresenta _____ cadeias _____ enroladas em hélice, com as bases azotadas ____ e o
eixo açúcar-fosfato na periferia.
a) (...) duas (...) polinucleotídicas (...) no centro
b) (...) duas (...) polinucleotídicas (...) no exterior
c) (...) três (...) polinucleotídicas (...) no centro
d) (...) três (...) polinucleotídicas (...) no exterior
4.1.2 - Para J. Watson e F. Crick, numa molécula de DNA a quantidade de _____ e de _____ é igual à de ____ e de
______ .
a) (...) nucleótidos de adenina (...) nucleótidos de timina (...) nucleótidos de citosina (...) nucleótidos de
guanina
b) (...) nucleótidos de citosina (...) nucleótidos de uracilo (...) nucleótidos de timina (...) nucleótidos de
adenina
c) (...) nucleótidos de guanina (...) nucleótidos de timina (...) nucleótidos de citosina (...) nucleótidos de
uracilo
d) (...) nucleótidos de adenina (...) nucleótidos de guanina (...) nucleótidos de timina (...) nucleótidos de
citosina
4.2 - Explique por que razão a proposta de Pauling sobre a estrutura do ADN não é aceite como válida na
atualidade.
5 - Faça corresponder a cada uma das letras (de A a I) que identificam afirmações relativamente aos ácidos
nucleicos, o(s) número(s) (de I a VI) que assinala(m) o tipo de ácido nucleico.
AFIRMAÇÕES
A - Constituído por nucleótidos.
B - Apresenta uma cadeia dupla em dupla hélice.
C - Apresenta uma cadeia simples dobrada formando uma molécula com forma de
ʇ.
D - Possui desoxirribose.
E - Constitui os ribossomas.
F - Possui uracilo.
G - Existe na mesma quantidade em todas as células somáticas da mesma espécie.
H - Localiza-se, principalmente, no núcleo das células.
I - Forma-se no núcleo e migra para o citoplasma.
ÁCIDOS NUCLEICOS
I - DNA
II - RNA mensageiro
III - RNA ribossómico
IV - RNA de transferência
V - RNA
VI - DNA + RNA
6 - “(...) É, pois, relevante compreender a razão pela qual os organismos são tão diferentes, se é que são
realmente tão diferentes. (...)”.
MOD.01, revisão 0
Página 2 de 10
Explique de que modo a frase evidencia a dualidade unidade versus diversidade.
2ª PARTE – REPLICAÇÃO E SÍNTESE PROTEICA
1 - Coloque por ordem as letras, de A a E, que se referem a acontecimentos relacionados com a transmissão da
informação genética de célula para célula ao longo das gerações de modo a reconstituir a sequência cronológica
desse acontecimento.
A - Desenrolamento da cadeia de ADN.
B - Formação de duas moléculas de ADN idênticas entre si e à molécula original.
C - Ação da helicase com a rutura das pontes de hidrogénio.
D - Separação das cadeias da molécula de ADN.
E - Ação da ADN - polimerase que liga nucleótidos livres, por complementaridade de bases, à cadeia molde.
1.1 - Identifique o processo biológico apresentado na sequência referida anteriormente.
2 - O DNA é uma molécula universal e informativa representada na figura 2.
Fig. 2
2.1 – Identifique o processo a que corresponde a cada uma das letras (X, Y) da figura.
2.2 – Faça a legenda da figura, estabelecendo a correspondência entre cada um dos seguintes termos/expressões
e um dos números da figura.
A – Codão
B - Ligação peptídica
C - Aminoácido
D – RNA
E
- DNA
3 - Relativamente à síntese proteica foram feitas várias afirmações. Classifique-as de verdadeiras (V) ou falsas (F).
i.
A tradução nos eucarióticos ocorre no núcleo.
ii.
A transcrição consiste na síntese do RNA a partir de uma cadeia-molde de DNA.
iii.
A enzima envolvida na transcrição é o DNA polimerase.
iv.
A migração consiste na passagem do mRNA do núcleo para o citoplasma.
v.
A tradução consiste na descodificação da mensagem contida no mRNA para uma sequência de aa.
vi.
A transcrição ocorre no citoplasma, ao nível dos ribossomas.
3.1 - Justifique a sua resposta no caso das afirmações consideradas falsas.
MOD.01, revisão 0
Página 3 de 10
3.2 - Mencione quatro intervenientes na síntese de proteínas que atuam ao nível do citoplasma.
4 - As afirmações seguintes são relativas a etapas que ocorrem na biossíntese de proteínas. Reconstitua a
sequência temporal dos acontecimentos mencionados, colocando por ordem as letras que as identificam.
A.
B.
C.
D.
E.
F.
G.
H.
I.
O mRNA migra do núcleo para o citoplasma.
Os aminoácidos são transportados para os locais de síntese.
As cadeias polipeptídicas separam-se do ribossoma.
O processamento conduz à formação de mRNA ativa.
O ribossoma chega a um codão de finalização.
Ocorre transcrição da mensagem genética.
A pequena unidade ribossomal liga-se ao mRNA.
Ocorre a ligação das duas unidades ribossomais.
As subunidades ribossomais separam-se e por ser utilizadas para formar um novo complexo de
tradução.
5 – A figura 3 pretende ilustrar uma fase da síntese proteica.
Em cada uma das seguintes alíneas assinale, com um círculo. A letra da opção
de completa corretamente cada afirmação.
Figura 3
5.1 - Os algarismos I, II, III e IV correspondem, respetivamente,
a) Ribossoma, codão, mRNA e tRNA.
b) tRNA, mRNA, ribossoma e codão.
c) tRNA, mRNA, ribossoma e anticodão.
d) mRNA, tRNA, ribossoma e codão.
e) mRNA, tRNA, ribossoma e anticodão.
5.2 - Como os codões são consecutivos (AAA CAA CAC UUU), e por esta característica poder originar uma tradução
incorreta da mensagem,
a) … o terceiro nucleótido do codão é menos específico que os dois primeiros.
b) … diferentes codões podem codificar o mesmo aminoácido.
c) … existe um codão de iniciação, AUG, a partir do qual se faz a leitura.
d) … existem três codões de terminação (STOP). A partir dos quais termina a leitura.
5.3 – Se os ribossomas de uma célula forem destruído, será diretamente afetada a síntese de…
a) … DNA
b) … proteínas
c) … glícidos
d) … lípidos
e) …. RNA
6 – Analise o diagrama da figura 4 e preencha-o de forma adequada os respetivos espaços.
Figura 4
MOD.01, revisão 0
Página 4 de 10
7 - Um dos filamentos da dupla hélice de uma molécula de DNA tem a seguinte sequência:
5’ AAC GAT CGC
TCA 3’.
Assinale, com um círculo, a letra da opção que completa corretamente a seguinte afirmação.
Os seus produtos de replicação e de transcrição são, respetivamente,
a) ... 3´ AAC GAT CGC TCA 5’;
3´ TTG CTA GCG AGT 5’.
b) ... 3´ TTG CTA GCG AGT 5’;
5´ UUG CUA GCG AGU 3’.
c) ... 3´ UUC GUA CGC ACU 5’;
3´ TTG CTA GCG AGT 5’.
d) ... 5´ TTG CTA GCG AGT 3’;
3´ AAC GAU CGC UCA 5’.
e) ... 3´ TTG CTA GCG AGT 5’;
5´ AAC GAU CGC UCA 3’.
f) ... 5´ TTC GTA CGC ACT 3’;
5´ AAC GAT CGC TCA 3’.
8 – A tabela seguinte representa alguns
aminoácidos e as sequências de base no DNA
responsáveis pelas suas codificações.
8.1 – Assinale, com um círculo, a letra da opção que completa corretamente a seguinte afirmação.
Se uma molécula de RNA apresentar a sequência de bases AUU AGA UGU GUU UUA, a sequência do polipéptido
será, de acordo com a tabela anterior…
a) … Cis – Val – Leu – Arg – Ile
b) … Arg – Ile – Val – Leu – Cis
c) … Leu – Val – Cis – Arg – Ile
d) … Ile – Arg – Cis – Val – Leu
e) … Val – Cis – Arg – Ile – Leu
8.2 – Considerando que uma proteína é constituída por 150 aminoácidos, e não sendo a metionina o primeiro
aminoácido, indique o número mínimo de:
a) … nucleótidos do gene que a codifica.
b) … codogenes para a sua síntese.
c) … anticodões para a sua síntese.
d) … codões para a sua síntese.
9 – Nos itens seguintes, selecione a opção que permite preencher os espaços e obter uma afirmação correta.
9.1 – O códico genético é _____ porque vários _______ podem codificar o mesmo aminoácido.
a)
b)
[…] ambíguo […] tRNA
[…] universal […] anticodões
c)
d)
[…] complexo […] mRNA
[…] redundante […] codões
9.2 – O número mínimo de moléculas e tRNA necessárias para produzir uma cadeia polipeptídica com 50 aminoácidos, mas em
que somente 16 desses aminoácidos são diferentes, é ____
a) 34
c) 16
b) 50
d) 8
MOD.01, revisão 0
Página 5 de 10
10 - Duas populações da bactéria Escherichia coli cresceram em meio de cultura apropriado, na presença de uracilo
marcado com o isótopo radioativo ( 32P). A uma das culturas adicionou-se um antibiótico avaliando-se, depois, o
seu efeito na incorporação de radioatividade pelas células (Fig. 5).
10.1 – Assinale, com um círculo, a letra da opção que completa corretamente a seguinte afirmação.
A observação do gráfico da figura 4 permite afirmar que…
a) … o antibiótico inibe a tradução de mRNA para
proteínas.
b) … o antibiótico inibe a replicação do DNA.
c) … o antibiótico inibe a transcrição de DNA para mRNA.
d) … o antibiótico inibe a tradução para proteínas.
e) … o antibiótico inibe a maturação de mRNA.
Figura 5
11 - Leia o seguinte documento: CRESCINA - IDEAL PARA A REGENERAÇÃO CAPILAR
Em 1998, a crescina torna-se objeto de uma patente suíça distinguindo-se pela sua novidade absoluta: não se trata
de um produto antiqueda como tantos outros, mas sim um produto capaz de reativar o crescimento fisiológico dos
cabelos nas zonas afetadas pela raleadura. A crescina resulta da associação de dois aminoácidos, a cisteína e a
lisina, a uma glicoproteína e permite uma estimulação do metabolismo celular nos bolbos ainda ativos,
aumentando o processo de síntese da proteína queratina.
Uma experiência de oxigrafia efetuada em células in vitro demonstrou a capacidade de a crescina em aumentar o
consumo de oxigénio nas células que foram testadas. A medição do consumo intracelular de oxigénio constitui um
parâmetro importante para avaliar o efeito estimulante ao nível do metabolismo celular.
A figura 6 representa de forma esquemática e simplificada o processo da síntese proteica.
(http://www.crescina.com/startpo.htm)
Fig. 6 - Mecanismo de síntese proteica.
11.1 - Nas alíneas seguintes, selecione a opção que permite preencher os espaços de modo a obter afirmações
corretas.
11.1.1 - Na síntese de queratina intervêm os ________ cisteína e ________, uma glicoproteína, mRNA e ________,
________e a molécula de ________.
a) (...) aminoácidos (...) lisina (...) RNAt (...) lisossomas (...) ATP
b) (...) ribossomas (...) aminoácidos (...) RNAt (...) lisossomas (...) ATP
c) (...) aminoácidos (...) lisina (...) RNAt (...) ribossomas (...) ADP
d) (...) aminoácidos (...) lisina (...) RNAt (...) ribossomas (...) ATP
11.1.2 - A crescina atua na regeneração celular estimulando o consumo de ________ que permite aumentar a taxa
de ________, havendo mais ________ disponível para a ________ de queratina.
MOD.01, revisão 0
Página 6 de 10
a)
b)
c)
d)
e)
(...) ATP (...) respiração celular (...) O2 (...) síntese
(...) ATP (...) fermentação láctica (...) O2 (...) síntese
(...) O2 (...) respiração celular (...) ATP (...) síntese
(...) O2 (...) fermentação láctica (...) ATP (...) síntese
(...) O2 (...) respiração celular (...) ATP (...) hidrólise
11.2 - O tratamento com crescina não foi eficaz num indivíduo calvo de 75 anos. Explique a ineficiência do
tratamento com crescina neste indivíduo.
11.3 - Identifique as biomoléculas representadas pelos algarismos 1, 2, e 3 na figura 6.
11.4 - Designe as etapas da síntese proteica representadas pelas letras A e B na figura 6.
11.5 - Relativamente aos processos A e B (fig. 6), indique o(s) que:
11.5.1 - ... inclui(em) rutura de pontes de hidrogénio.
11.5.2 - ... necessita(m) de RNA-polimerase.
11.5.3 - ... ocorre(m) no citoplasma de eucariontes e procariontes.
11.6 - Indique os codões relativos aos aminoácidos cisteína, lisina e arginina.
12 - Se fosse possível sintetizar in vitro a queratina, nas mesmas condições em que essa síntese ocorre nas células
utilizando ribossomas obtidos de células de rato, RNAm de células de cão, RNAt de coelho e aminoácidos ativados
de célula bacteriana, a proteína produzida teria a estrutura primária idêntica à…
a) … da bactéria.
d) … do coelho.
b) … do cão.
e) … seria uma mistura de todos.
c) … do rato.
12.1 - Justifique a resposta anterior.
13 - Considere a via metabólica qua produz o aminoácido arginina.
Enzima 1
Enzima 2
Percursores
Ornitina
Citrulina
Enzima 3
Arginina
Irradiaram-se 3 linhagens de bactérias com raios X. Detetou-se que ocorreram modificações ao nível do DNA
bacteriano causando alterações nas enzimas intervenientes na referida via metabólica. Para se descobrir quais as
enzimas afetadas, cultivaram-se as 3 linhagens em meios suplementares com ornitina, citrulina e arginina
obtendo-se o resultado expresso na tabela seguinte.
MEIOS DE CULTURA
Com ornitina
Com citrulina
Com arginina
I
Cresceu
Cresceu
Cresceu
LINHAGENS
II
Não cresceu
Cresceu
Cresceu
III
Não cresceu
Não cresceu
Cresceu
Assinale, com um círculo, a letra da(s) opção(ções) que completa(m) corretamente a seguinte afirmação.
A experiência permitiu concluir que o gene que codifica
A. ... a enzima 1 na linhagem I foi afetado.
B. ... a enzima 2 na linhagem I foi afetado.
C. ... a enzima 3 na linhagem II foi afetado.
D. ... a enzima 1 na linhagem II foi afetado.
E. ... a enzima 2 na linhagem II foi afetado.
F. ... a enzima 3 na linhagem III foi afetado.
MOD.01, revisão 0
Página 7 de 10
14 - No cromossoma X existe um gene com mais de dois milhões de pares de nucleótidos que codifica uma
determinada proteína. O fragmento de cadeia de DNA representado na figura 7 corresponde à porção que codifica
os aminoácidos 109 a 114.
3´
5´
Fig. 7
14.1 – Refira os aminoácidos desde o número 109 ao número 114 (consulte a tabela do código genético do seu manual).
14.2 – Em consequência de mutações, a sequência de aminoácidos pode mudar. Refira as consequências sobre a
proteína formada, se:
a) … o gene possuir um nucleótido T, em vez de C na posição 6.
b) … o gene possuir um nucleótido T, em vez de C na posição 12.
c) … o gene possuir um nucleótido T, em vez de A na posição 8.
3º PARTE
A hemoglobina
Cada molécula de hemoglobina consiste em dois pares separados de globinas alfa e beta (cadeias proteicas) que
apresentam respetivamente, 141 e 146 aminoácidos. A Hemoglobina adulta é diferente da fetal ainda que ambas
tenham os dois pares de cadeias proteicas. Mais de 300 tipos de hemoglobinas anormais têm sido descobertas
através de exames a pacientes com sintomas clínicos ou rastreio de populações normais.
Na anemia falciforme, a substituição de ácido glutâmico (Glu) por valina (Val) na posição 6 é provocada pela
alteração de uma única base azotada. Em algumas zonas de África a frequência deste gene pode atingir 0,4 (40%).
Esta doença apresenta dois graus de severidade: todos os glóbulos vermelhos são portadores da hemoglobina
mutante ou apenas metade dos glóbulos vermelhos contêm a hemoglobina alterada.
Os portadores desta mutação, que apresentam resistência à forma mais letal da malária, sintetizam a quantidade
normal de hemoglobina, ainda que não funcional. Os glóbulos vermelhos no todo ou em parte apresentam a forma
de foice, em situação de baixa tensão de oxigénio e são destruídos donde resulta uma anemia mais ou menos
severa.
A malária, endémica em muitas regiões de África, é provocada por um microrganismo unicelular eucariótico,
nomeadamente, o Plasmodium falciparum. que infeta as hemácias não portadores de hemoglobina alterada. O
Plasmodium falciparum entra na corrente sanguínea pela picada do mosquito Anopheles.
As talassemias são anemias hereditárias de várias severidades, que se caracterizam pela produção insuficiente de
uma ou mais cadeias da hemoglobina. Resultam de mutações genéticas nos genes das globinas, com a
consequente redução ou abolição da síntese de uma ou mais das cadeias das globinas.
Esta doença é muito comum na bacia do Mediterrâneo e em zonas da Ásia. Estima-se que em algumas regiões de
Itália possa atingir 20% da população. As talassemias constituem as doenças genéticas mais frequentes na espécie
humana e admite-se que os glóbulos vermelhos talassémicos são mais resistentes à infeção pelo agente da
malária.
Texto adaptado
1- Transcreva a letra da opção que completa corretamente a frase:
A talassemia apresenta ___ incidência do que a anemia falciforme. Ambas as doenças são devidas a ___. A causa
dos sintomas deve-se, na talassemia ___ e na anemia falciforme deve-se ____
A- menor --- anemias --- à não funcionalidade das globinas --- à substituição de um aminoácido.
B- menor --- mutações --- à falta de globinas ---- à substituição de um aminoácido.
C- maior --- mutações --- à falta de globinas ---- à substituição de um aminoácido.
D- maior ---anemias --- à não funcionalidade das globinas --- à substituição de um aminoácido.
2- As talassemias podem ser causadas por:
1- a RNAp não se liga ao DNA
2- a excisão dos intrões é incorreta
3- o RNAm apresenta um codão de finalização na primeira metade da molécula.
MOD.01, revisão 0
Página 8 de 10
Faça corresponder a cada um dos números uma letra da chave:
A- interrupção da tradução
B- processamento incorreto
C– ausência de transcrição
D- interrupção do processamento
E- ausência de tradução
F- ausência de processamento
3- Ordene por ordem de ocorrência os seguintes passos referentes à síntese das globinas:
1- ação dos RNAt
2- transcrição
3- ligação da RNAp
4- processamento
5- ligação dos ribossomas ao RNAm
6- desespiralização do gene
3.1- Conforme vai decorrendo a síntese da proteína os aminoácidos vão sendo ligados entre si. A ligação entre os
aminoácidos ocorre entre: (transcreva a letra da opção correta)
A- dois grupos amina de dois aminoácidos e denomina-se ligação peptídica.
B- um grupo amina de um aminoácido e um grupo ácido de outro aminoácido e denomina-se ligação
petídica.
C- dois grupos amina de dois aminoácidos e denomina-se ligação glucosídica.
D- dois grupos ácido de dois aminoácidos e denomina-se ligação peptídica.
E- um grupo amina de um aminoácido e um grupo ácido de outro aminoácido e denomina-se ligação
glucosídica.
F- dois grupos ácido de dois aminoácidos e denomina-se ligação glucosídica.
3.2- Após a síntese e como resultado da sequência dos aminoácidos as globinas sofrem dois enrolamentos e
agrupam-se em dois pares. Como denomina, respetivamente e por ordem, as estruturas implícitas na parte
sublinhada da frase?
3.3- São conhecidos casos em que apesar da ocorrer uma substituição de um aminoácido na proteína não há
alteração na sua função. Como explica esta situação?
4- Determine a fração de DNA correspondente ao gene da anemia falciforme sabendo que a fração correta é TrePro-Glu. (consulte a página 31 do manual)
4.1- Determine os anticodões dos aminoácidos Glu e Val.
5- “Apesar de vários aminoácidos serem codificados por vários codões, nenhum codão pode codificar mais do que
um aminoácido.” Na frase estão respetivamente expressas as seguintes características do código genético:
A- Não ambiguidade e redundância
B- Não ambiguidade e universalidade
C- Redundância e universalidade
D- Redundância e não ambiguidade
MOD.01, revisão 0
Página 9 de 10
6- O Plasmodium falciparum: (classifique as afirmações com V ou F).
A- apresenta membrana nuclear
B- não apresenta complexo de golgi
C- não apresenta vesículas golgianas
D- apresenta RER e REL
E- apresenta mitocôndrias
F- não apresenta núcleo diferenciado
G- apresenta nucléolo
H- apresenta DNA não associado a proteínas (histonas)
7- A síntese proteica é um processo complexo, rápido e amplificado. Apresente duas razões que provem ser um
processo amplificado.
8- Faça corresponder a cada número da coluna I uma letra da coluna II.
Coluna I
1 – Cadeias de nucleótidos
2 – Composto por uma sequência específica de aminoácidos
3 – Contém uracilo
4 – Encontra-se no núcleo
5 – Contém citosina
6 – Encontra-se, pelo menos, em três formas diferentes
7 – Contém ribose
8 – Estrutura em dupla hélice
9 – Capaz de autoreplicação em plantas e animais
10 – Apresenta a mesma percentagem de guanina e citosina
11 – Nunca tem pentoses.
Coluna II
A – Molécula de DNA
B – Molécula de RNA
C – Ambas as moléculas
D – Nenhuma das moléculas
9- Em relação à cadeia beta da hemoglobina refira quantos nucleotídeos e quantos codões tem o seu respetivo
RNAm.
10- Considere a seguinte experiência. Provocou-se a síntese proteica a partir da junção de:
ATP de Homem
RNAm de mosquito
Ribossomas de Homem
RNAt de Plasmodium
A proteína formada seria de que organismo?
10.1- Justifique
MOD.01, revisão 0
Página 10 de 10
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards