Enviado por Do utilizador2321

cptubaroes 276b1cb7d7f24dba8de5cac0908481ee

Propaganda
MUNDO DAS ESPECIALIDADES
TUBARÕES – ESTUDO DA NATUREZA –
094
Texto: Aretha Stephanie; Diagramação: Ranmaildo Revorêdo
ARETHA STEPHANIE
Formada em Letras pela UNEB—DCH
Campus IV, Bahia
O
s tubarões constituem um
grupo de criaturas incrivelmente diversificado, e defini los pode não ser tão fácil
quanto parece. Embora todos sejam peixes,
eles diferem enormemente no que se refere à
forma do corpo, habitat, comportamento e dieta.
E muitos deles, acreditem, não se parecem em
nada com a imagem clássica que temos de um
tubarão, mas há certas características que são
comuns a todos eles. E são essas características que vamos aprender agora.
Pra começo de conversa, o tubarão
(também chamado de cação) é um tipo de peixe.
Os peixes são animais que vivem exclusivamente em ambientes aquáticos e compreendem cerca de 25 mil espécies conhecidas e podemos dividi - los em duas grandes classes: ósseos e cartilaginosos. Os tubarões, assim como raias e quimeras, são peixes cartilaginosos, ou seja, possuem esqueletos
feitos de cartilagem, que são duas vezes mais leves que os ossos por terem menos densidade.
ESTUDO DA NATUREZA
TUBARÕES
DIREITOS RESERVADOS: A reprodução deste material seja de forma total ou parcial de seus textos ou imagens é permitida, desde que seja referenciado
pela nova autoria ao fim de seu material. Todos os direitos reservados para Mundo das Especialidades - Julho de 2013/União Nordeste Brasileira da Igreja
Adventista do Sétimo Dia -Clube de Desbravadores – Brasil - Rio Grande do Norte
1
MUNDO DAS ESPECIALIDADES
TUBARÕES – ESTUDO DA NATUREZA –
094
Os peixes ósseos são os mais abundantes em número de espécies conhecidas, representando cerca de 95% do total
dessas espécies. Existem várias diferenças entre os peixes cartilaginosos e os ósseos. É o que veremos a seguir:
3
ESTUDO DA NATUREZA
TUBARÕES
2
MUNDO DAS ESPECIALIDADES
TUBARÕES – ESTUDO DA NATUREZA –
094
A forma do dente do tubarão
depende exclusivamente da sua dieta e
revelam seus hábitos alimentares. Os
tubarões que se alimentam de peixes tem
os dentes afiados, os que se alimentam
de moluscos ou crustáceos possuem
dentes achatados, aqueles que se alimentam de presas maiores tem os dentes inferiores pontiagudos (para prender)
e os superiores triangulares e com bordas serrilhadas (para cortar), já os dentes
dos que se alimentam de plâncton são
pequenos e não funcionais. A estrutura
um pouco solta de sua mandíbula permite que eles projetem o maxilar superior
para fora, o que torna sua mordida letal
para sua presa.
Devido ao seu tamanho e á natureza de seu metabolismo, os tubarões tem uma maior demanda de oxigênio do que a
maioria dos peixes e eles não podem contar com as correntes de água do ambiente para fornecerem um suprimento de água
oxigenada. A maioria dos tubarões, quando parados, não consegue bombear a água para as brânquias, de modo a respirarem.
Se um tubarão parar de nadar, a circulação da água cairia abaixo do nível necessário para a respiração e o animal poderia morrer afogado.
ESTUDO DA NATUREZA
TUBARÕES
3
MUNDO DAS ESPECIALIDADES
TUBARÕES – ESTUDO DA NATUREZA –
094
O QUE É A AMPOLA DE LORENZINI
A cabeça, especialmente ao redor do focinho, apresenta
pequenos poros, denominados ampolas de Lorenzini. Nome
dado pelo anatomista Stefano Lorenzini, que em 1978
descobriu e descreveu esses pequenos “tubos”.
Esses receptores são sensíveis à temperatura, salinidade e pressão da água, com uma especial capacidade para
detectar campos elétricos gerados por outros animais. Permitindo, por exemplo, detectar o batimento cardíaco de um peixe enterrado na areia a alguns metros de distância.A capacidade de perceber as mais sutis mudanças na corrente elétrica do ambiente,
além de facilitar a caça às suas presas, possibilita-lhes a navegação em mar aberto, guiando-se através do campo eletromagnético da Terra.
senta
Nome
TIPOS DE TUBARÕES
CURIOSIDADES
 Todos os tubarões são carnívoros;
 Atualmente, os tubarões se diversificam
em 375 espécies;
 Os tubarões perdem cerca de 6.000
O TUBARÃO-BALEIA
(Rhincondon typus)
O maior de todos os tubarões e o maior peixe vivo conhecido. Seu tamanho
máximo é incerto, cerca de 20 metros e mais de 12 mil kg. Alimenta-se de zooplâncton, pequenos peixes e lulas. É facilmente encontrado em mares temperados, quentes e tropicais, exceto no mediterrâneo
dentes por ano;
 A expectativa de vida do tubarão varia
de acordo com sua espécie, a maioria
vive entre 20 e 30 anos, mas o Caçãoespinhoso e o Tubarão-baleia podem
chegar a viver mais de 100 anos;
 Em 1991, a África do Sul foi o primeiro
país a declarar o Tubarão-branco uma
espécie legalmente protegida;
 Se um tubarão tentar usar suas narinas
TUBARÃO MAKO
(Isurus oxyrhinchus)
É mais conhecido pela sua surpreendente velocidade, que pode chegar aos 32
km/h. bastante apreciados pelos pescadores desportivos, o tubarão mako é
famoso pelos seus saltos. Seu tamanho máximo é de 3,8m/ 570 kg. Vive em
águas temperadas do mundo inteiro, podendo ocorrer em águas tropicais profundas. Alimenta-se de peixes, como o atum, o espadarte e outros tubarões.
enquanto descansa no fundo do oceano
ele iria “inspirar” areia em vez de água;
 O olfato do tubarão é extremamente
apurado, permitindo-lhe identificar substâncias bastante diluídas na água;
 Por não terem caixa torácica, em terra o
tubarão seria esmagado pelo próprio
peso;
Os tubarões são encontrados em todo o
globo, de norte a sul e em todos os
oceanos e mares.
ESTUDO DA NATUREZA
TUBARÕES
4
MUNDO DAS ESPECIALIDADES
TUBARÕES – ESTUDO DA NATUREZA –
094
TUBARÃO MARTELO
(Sphyrna Zygaena)
Sem dúvida, uma das espécies mais
emblemáticas de tubarões. Facilmente
identificáveis, há cerca de 10 espécies de
tubarões-martelo espalhados pelo mundo, em águas
temperadas. É uma das espécies mais comuns, existem
casos de ataques a humanos. Alimentam-se de peixes,
TUBARÃO-ANÃO
(Squaliolus laticaudus)
O GRANDE TUBARÃO BRANCO
BRANCO
(Carcharadon Carcharias)
Carcharias)
Um dos maiores predadores do
oceano é também um dos tubarões com
a maior distribuição no mundo. Consegue
sobreviver até mesmo em águas mais
frias. Conhecido pela sua curiosidade, os
tubarões-brancos costumam colocar sua
cabeça para fora da água. São responsá-
veis pelo maior número de ataques a
humanos. Pode superar os 6m de comprimento e pesar até 1.250 kg. Em sua
dieta inclui-se peixes (inclusive outros
tubarões), focas, golfinhos, carcaças de
baleias, lulas, tartarugas e pássaros marinhos.
Perdeu recentemente seu título de
menor tubarão do mundo para o pequeno
Tubarão-lanterna-anão (17 cm). O tubarãoanão é uma espécie que vive em águas profundas, sendo um dos poucos que possuem
a bioluminescência (brilham no escuro). Seu
tamanho máximo é de apenas 20 cm. Alimenta-se de pequenos camarões, lulas e
peixes de águas profundas. Vive em oceanos tropicais e temperados do mundo inteiro,
em águas de até 2.000 m de profundidade.
REFERÊNCIAS:






CONFIRA OS LINKS ABAIXO E AMPLIE A SUA PESQUISA!
ANATOMIA DO TUBARÃO: http://discoverybrasil.uol.com.br/tubaroes/anatomy/?cc=BR
TIPOS E CURIOSIDADES: www.discoverybrasil.com/tubaroes
http://www.wikipedia.org/
http://tubaroes.com.sapo.pt/tub.html
http://gmirabeau.sites.uol.com.br/ClubedoTubarao/anatomia/caracteristicas_fisicas.h
ESTUDO DA NATUREZA
TUBARÕES
5
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards