Enviado por jorge_silva_reis

regimestotalitrios-120906180943-phpapp02

Propaganda
REGIMES TOTALITÁRIOS
Um regime totalitário é marcado
por um Estado forte, absoluto e
que domina todos os setores da
sociedade.
CARACTERÍSTICAS GERAIS



Partido Único – conduzido por um líder
autoritário
Ideologia Oficial – existência de uma ideologia
de estado que deve ser seguida por todos os
cidadãos
Estado Policial – controle da sociedade por
órgãos de repressão política (polícia, exército
etc.) e eliminação de oposições, censura dos
meios de comunicação, intimidação (terror) física
e psicológica.
CARACTERÍSTICAS GERAIS


Propaganda Estatal – propaganda vigorosa
divulgando a ideologia do estado e promovendo o
culto aos líderes do regime.
Intervencionismo Econômico – economia
controlada pelo estado.
Ex: União Soviética stalinista, Itália fascista e a
Alemanha nazista.
ANTECEDENTES

Após a Primeira Guerra Mundial, a Europa
mergulhou em uma grande crise
econômica. Esta crise afetou
principalmente a Itália e Alemanha.
ANTECEDENTES


O governo destes dois países não
conseguia melhorar a situação do povo.
Havia muita miséria e altos índices de
desemprego entre a população.
Surgiram, então, dois líderes, Mussolini e
Hitler, que achavam que a democracia não
funcionava. Segundo eles , seus países
deveriam ter um governo forte.
ANTECEDENTES


Impondo-se pela força, estes líderes
implantaram regimes totalitários: o
fascismo de Mussolini, na Itália, e o
nazismo por Hitler, na Alemanha.
Totalitarismo significa a presença de um
estado forte, cujo poder central tem
autoridade absoluta. Esta ideologia
defende que o indivíduo deve viver em
função do estado.
CARACTERÍSTICAS



O nazismo e o fascismo tinham várias
características em comum. Ambos eram
militaristas, ou seja, acreditavam na guerra como
fator de grandeza e prosperidade.
Estes regimes eram nacionalistas, exaltavam
tudo que era próprio da nação.
Eram uni partidaristas, ou seja, admitiam a
existência de um só partido. Para isso
enfraqueceram o poder legislativo, controlaram a
propaganda e a imprensa e implantaram regimes
ditatoriais.
CARACTERÍSTICAS


Os dois regimes promoviam o culto da
personalidade de seus líderes e suas realizações,
Mussolini recebeu o título de Duce e Hitler
recebeu o título de Führer. Estes títulos tinham o
significado de “grande chefe”.
Ambos também eram caracterizados pelo
anticomunismo, ou seja, desprezo pelas
ideologias de esquerda, governos de origem
socialistas, movimentos operários, greves e
sindicatos.
FASCISMO
Nasceu na Itália após a Primeira guerra
mundial, que deixou saldos negativos.
Houve fome, aumento da inflação e
desemprego, provocando grande agitação
social. Nesse contexto instável, Benito
Mussolini fundou o movimento fascista.
Mussolini afirmava que conseguiria acabar
coma fome e desemprego, ganhando,
portanto, o apoio do povo (maioria), greves
e agitação dos socialistas e de revigorar a
economia do país. Assim, Mussolini ganhou
também o apoio dos industriais e em 1922
conquistou o poder.
FASCISMO



Benito Mussolini reorganizou o Partido Fascista
Italiano e recebeu o apoio dos industriais,
comerciantes e proprietários de terras.
Em julho de 1922, usando de muita violência os
fascistas conseguiram evitar uma greve geral
decretada pelos partidos de esquerda.
Em outubro de 1922, ocorreu a Marcha sobre
Roma, ocasião em que milhares de fascistas,
conhecidos como camisas-negras ocuparam a
cidade de Roma.
FASCISMO


Mussolini foi o primeiro-ministro italiano até
1925. Neste mesmo ano, anunciou o
estabelecimento de um regime autoritário
de governo.
A oposição foi eliminada e a Constituição
foi reformada. Desapareceram o Senado e
a Câmara, e Mussolini se tornou ditador
absoluto da Itália.
NAZISMO
Após a guerra, a população alemã enfrentou grandes problemas
de ordem social e econômica.
Mesmo com a retomada do desenvolvimento industrial, o país
ainda tinha grande inflação e altas taxas de desemprego. A
partir daí o capitalismo foi muito criticado por diversos setores
do operariado. As greves e protestos contra o capitalismo,
que se tornaram comuns, eram lideradas pelos partidos
Comunista da Alemanha e Social-Democrata da Alemanha.
A elite alemã passou a apoiar o Partido Nazista, liderado por
Adolf Hitler, com medo de que o socialismo se expandisse.
NAZISMO


De 1919 a 1933, a Alemanha foi uma
república – a República de Weimar –
nascida com a derrota do país na Primeira
Guerra Mundial.
A República Weimar enfrentou enormes
dificuldades. Apesar de reformas
econômicas e sociais, a miséria e o
desemprego se abateram sobre a
Alemanha.
NAZISMO


Neste contexto, Adolf Hitler, líder do Partido
Nacional Socialista – ou Partido Nazista –
organizou as bases para tomar o poder na
Alemanha, prometendo solução para a crise.
Em 1933, Hitler foi nomeado chanceler. No
mesmo ano, tornou-se ditador absoluto na
Alemanha e adotou, como símbolo do partido, a
bandeira vermelha com um círculo branco e cruz
gamada, chamada de suástica.
HOLOCAUSTO


Até o fim do regime nazista na Alemanha,
aproximadamente 5 milhões de judeus
foram exterminados. Este grande massacre
é conhecido como holocausto.
A doutrina anti-semita, pregada pelos
nazistas, encontrou um terreno fértil em
grande parte da população alemã. Os
judeus eram responsabilizados pelos
problemas da Alemanha.
NAZISMO



Para que os judeus fossem destruídos em
escala tão grande, foi montada uma
enorme máquina de extermínio.
No início o extermínio dos judeus era
isolados em bairros chamados de guetos.
Depois passaram a ser mandados para
campos de concentração.
NAZISMO

Os planos de expansão territorial de Hitler,
além de suas atitudes autoritárias e
racistas, foram fatores determinantes para
o início da Segunda Guerra Mundia.
BIBLIOGRAFIA



www.historiadigital.org
http://resumoescola.blogspot.com.br
www.google.com.br
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Criar flashcards