Governos Totalitários

Propaganda
Governos Totalitários: Fascismo e Nazismo
Introdução: Entre as décadas de 1920 e 1940, surgiu e desenvolveu-se, em alguns países da Europa, o fascismo. Era um
sistema político, econômico e social que ganhou força após a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), principalmente nos
países em crise econômica (Itália e Alemanha). Na Itália, o fascismo foi representado pelo líder italiano Benito Mussolini.
Na Alemanha, Adolf Hitler foi o símbolo do fascismo, que neste país ganhou o nome de nazismo. Este sistema terminou
com a derrota do Eixo (Alemanha, Itália e Japão) na Segunda Guerra Mundial (1939-1945).
Contexto Histórico: Durante a Primeira Guerra Mundial os Estados Unidos da América tiveram um enorme crescimento
econômico, tornando-se uma grande potência mundial. Este crescimento econômico norte-americano gerou uma forte
onde de otimismo na sociedade, à qual passou a ser caracterizada pelo consumismo. No entanto, esta euforia de consumo
será interrompida – em virtude dos progressos técnicos e a conseqüente onda de desemprego. A seguir os principais
fatores da crise de 1929 nos Estados Unidos da América:



A diminuição do consumo, em razão da diferença entre o aumento dos salários ser menor que o aumento da
produção, gerando uma diminuição do consumo e a falência de várias indústrias;
A superprodução agrícola, devido ao processo de evolução tecnológica no campo e pela recuperação da
agricultura européia, após a Primeira Guerra. Tais fatores provocaram um excedente da produção agrícola;
O crack da bolsa de Nova York, decorrente da euforia de otimismo no crescimento industrial norte-americano, as
ações de muitas empresas – negociadas na bolsa – estavam supervalorizadas, bem maior que o real capital da
empresa. Com o início das falências, muitos acionistas procuraram vender suas ações, provocando uma brutal
queda em seus valores. No dia 24 de outubro de 1929 – Quinta-feira Negra - a bolsa de valores de Nova Iorque
conheceu sua maior baixa, sendo o estopim para uma das maiores crises capitalistas de toda história, iniciando-se
a chamada Grande Depressão.
Diante deste contexto para solucionar os graves problemas econômicos e sociais, o presidente dos Estados Unidos,
Franklin Roosevelt, elaborou um plano de intervenção do estado na economia, conhecido como New Deal. O plano
estimulava a economia, através de grande obras públicas e por um conjunto de mecanismos sociais, que ampliaram o
poder compra dos norte-americanos. Esta crise econômica e social, somada aos efeitos da Primeira Guerra, fortaleceram
as idéias socialistas e o avanço do movimento operário, bem como dos Partidos Comunistas. Para conter o avanço da
esquerda, as forças de direita passam a se organizar, surgindo assim as idéias contra-revolucionárias. O primeiro país a
conhecer um regime totalitário foi a Itália – antes da crise de 1929.
Conceito: Entende-se por Totalitarismo o tipo de Estado, difundido na Europa entre as duas grandes guerras mundiais,
que exerce um enorme controle sobre todas as atividades sociais, econômicas, políticas, culturais e religiosas. A direção
do aparelho estatal está a cargo de um único partido político ou de um chefe. Os fatores que propiciaram a formação
deste Estado foram o final da Primeira Guerra Mundial e a conseqüente crise política, econômica e social dos países
europeus; a crise mundial de 1929; o avanço das idéias socialistas e a experiência do fascismo italiano, sob a direção de
Benito Mussolini e de Adolf Hitler anos mais tarde na Alemanha, onde o Fascismo ganhou o nome de “nazismo”.
Principais Características:
 Totalitarismo: o sistema fascista era antidemocrático e concentrava poderes totais nas mãos do líder de governo.
Este líder podia tomar qualquer tipo de decisão ou decretar leis sem consultar políticos ou representantes da
sociedade.
 Nacionalismo: entre os fascistas era a ideologia baseada na idéia de que só o que é do país tem valor. Valorização
extrema da cultura do próprio país em detrimento das outras, que são consideradas inferiores.
 Militarismo: altos investimentos na produção de armas e equipamentos de guerra. Fortalecimento das forças
armadas como forma de ganhar poder entre as outras nações. Objetivo de expansão territorial através de
guerras.
 Culto à força física: Nos países fascistas, desde jovens os jovens eram treinados e preparados fisicamente para
uma possível guerra. O objetivo do estado fascista era preparar soldados fortes e saudáveis.
 Censura: Hitler e Mussolini usaram este dispositivo para coibir qualquer tipo de crítica aos seus governos.
Nenhuma notícia ou idéia, contrária ao sistema, poderia ser veiculadas em jornais, revistas, rádio ou cinema.
Aqueles que arriscavam criticar o governo eram presos e até condenados a morte.
 Propaganda: os líderes fascistas usavam os meios de comunicação (rádios, cinema, revistas e jornais) para
divulgarem suas ideologias. Os discursos de Hitler eram constantemente transmitidos pelas rádios ao povo
alemão. Desfiles militares eram realizados para mostrar o poder bélico do governo.
 Violência contra as minorias: na Alemanha, por exemplo, os nazistas perseguiram, enviaram para campos de
concentração e mataram milhões de judeus, ciganos, homossexuais e até mesmo deficientes físicos.
 Anti-socialismo: os fascistas eram totalmente contrários ao sistema socialista. Defendiam amplamente o
capitalismo, tanto que obtiveram apoio político e financeiro de banqueiros, ricos comerciantes e industriais
alemães e italianos.
Profº Sérgio Augusto - História - Site: www.professorsergioaugusto.com
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards