Untitled - Períneo

Propaganda
4
k'%
i
â
%
ry
l,;'
',k
ão é mais do que um
conjunto de músculos, de ligamentos e
de membranas que
formam um género de
rede, a qual sustém os
orgãos da zona pélvica (recto, bexiga e
ragina)>>.E assim que a fisioterapeuta
I-aira Ramos (www.perineo.info)expÌica
o que é o períneo.Esclarecemostodas as
nossasdúvidas sobre estegrupo de múscuìos que podem ser afectados no pós-parto (gerandoperdas de urina involunrárias) e muitas vezespõem em causa a
qualidadedas relaçòessexuais.
Oqueéop erín eo ?
O períneo é um grupo de múso culos que fica no fundo da bacia.
Eles formam a abertura da uretra, vaeina (nas mulheres) e do ânus. Também
são responsáveispela sustentaçãoda besiea, útero (nasmulheres) e recto.
Por que ra,zfu o períneo necessita de ser reeducado?
r O períneo é um grupo de músculos estriados, aqueles que nós podemos movimenLar intencionalmente,assim como os músculos das pernas. dos
braços, das costas,etc. Estes músculos
quando não são exercitados perdem a
sua força e funcionalidade e quando estão fracos pode acontecer a descida destes órgãos em direcção à vagina, a que
se dá o nome de prolapsos (r,rrlgarmente
conhecidos como "bexiga caída"). Outra função destesmúsculos é o fechar da
uretra, vagina e ânus. AÌterações nesta
musculatura podem Ìevar a incontinência urinária, incontinência fecal, obstipaçàoe disfunçõessexuais.
As sessões de reeducafao do pet'rneo no pós-parto são compartio cipadas pela seguÍança social?
A reeducaçãoperineal é uma técnica da
frsioterapia, como muitas outras. Esta
deve ser feita por um fisioterapeuta que
tenha formação específicapara estestratamentos e deve ter a mesma atenção da
segurançasocial que as outras consultas
de fisioterapia têm. Existem hospitais
púbÌicosque oferecemestesserviços.As
minhas consultas são sempre particulares e sei que a maioria dos seguros de
saúde comparticipam estestratamentos
da mesma maneira que comparticipam
outros tratamentos de fisioterapia.
Esta reeducação é necessária
mesmo após uma cesariana?
o Como eu disse anteriormente.
uma das funçõesdo perineo é a sustentação do útero. Ora, o útero de uma muIher não gráúda pesacerca de cinquenta
gramas.Já o útero de uma mulher grávida pesa,em média, cinco quilos (pesodo
útero, placenta,águas,feto...). Estepeso
pode ser superior dependendo da gestação e todo este aumento de peso fica
o mesmo. E preciso tocar nos múscuÌos
para saber se a paciente estâ a fazer a
contracção correcta e para avaliar a for:
ça dessesmúsculos. IJma maneira de se
realízar esta avaliação é com o toque
bidigital. Assim como fazem os ginecoìogistas durante uma avaliação, o fisioterapeuta introduz o dedo indicador
e o dedo médio na vagpnada paciente
e pede uma contracção perineal. Com
isso, o fisioterapeuta avalia se a pacien-
Alterações
na musculatura
dopertneo
podemleuara incont'inência
urináriae/ oufecal,
obst'ipação
ea disfunções
sexuais.
sobrea musculaturado períneo. Portanto, mesmo que a mulher sejasubmetida
a uma cesariana,o ideal é que ela faça
uma avaliação do seu períneo no pós-parto, para saber se é necessárioou
não a reabilitação. Mas mesmo as mulheres que nunca engravidaram podem
ter incontinência urinária, disfunções
sexuais, prolapsos. O ideal seria que
todas as mulheres aduÌtasfizessemuma
avaliação ao períneo. A isto chama-se
prevenção,prâtíca pouco utilizada pelo
sistemade saúdeportuguês.
E esta prevenção pode ser feita
em qualquer altura?
o A reeducação do períneo no pós-parto pode ser feita depois de o médico
obstetra dar alta à paciente. Geralmente
acontece depois do corte tanto da episiotomia, Iaceraçãonatural ou cesarianaestar cicatrizado,cerca de 30 a 34 dias
do pós-parto. Q,uanto antes a paciente
começar a reabilitação melhores serão
os resultados e as mulheres que fizerem
a prepação para o parto com exercícios
adequados para o períneo têm uma recuperação mais rápida.
A técnica de sondas é o tratamento ma,is eficaz?
o A musculatura do períneo fica
"escondida". Quando um fisioterapeuta
quer fazer a reabilitação do quadricípete
(músculo da coxa) toca nessemúsculo e
sente a sua contracçào. Para avaliar os
músculos abdominais toca-se no abdómen e pede-seao paciente que laça um
exercício abdominal, assim poder-se-á
determinar a força do músculo. Com
os músculos do períneo deve ser feito
te sabe contrair o períneo e qual a força
destesmúsculos. Outra maneira de se
fazer esta avaliaçào é com a sonda vaginal. A sonda é introduzida na vagina
da paciente e o fisioterapeuta pede uma
contracção vaginal. Com a utilização da
sonda a avaÌiaçãodeixa de ser subjectiva
ústo que há um aparelho que vai medir
a força do músculo.
F7
arrarsas técrricas de [email protected]?
O princípio é o mesmo desenvolt
o vido pelo medico Arnold Kegel
na década de quarenta. Agora existem
aparelhos mais modernos, mas Kegel
foi quem primeiro utilizou uma sonda
vaginal de forma sistemática. Algumas
técnicas usadas antigamente hoje são
desaconselhadas,como interromper a
urina durante a micção, pois estetipo de
exercício pode levar a uma infecção urinária. Se contraímos o períneo durante
a micção, activamos o sistemaneryoso
simpático,inibindo com isso o sisrema
neryoso parassimpático. A repetição
desse"exercicío" faz com que a bexiga
não esvazie correctamente. Também
são muito falados os exercícios de agachamento, que lortalecem os músculos
das pernas,e a contracçãodas nádegas,
um exercício exceÌentepara os glúteos.
Para exercitar estesmúsculos é preciso "fechar" a vagina. a uretra e o ânus.
O fisioterapeuta pede que a paciente
faça força para fechar a vagina, como
se estivessea segurar a urina (mas nunca
durante a micção). Quando se contrai o
períneo sente-sea vagina e o ânus a fechar. Não é possíveÌ,tendo os músculos
do períneo saudáveis,contrair a vagina
sem contrair o ânusou vice-versa.
I
/
E LLE I TI
l--
,'-)'/gs
_.OOJ1S:
DA-IVIODA
j
.-i
..:
, lt : t
::,.
u* :
,:!'
a.
''
::.,.:.:
. ì;r'.
:...j:.:'
,r,li, t1
,:.,:,.,
: lì ::i: a:
-
,,:,'
'l
:l
,:
.i
i
t., t,
'1
,€
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards