Plano_Ensino_PATOLOGIA_2015

Propaganda
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICAS
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA
CAMPUS ITAJAÍ
PLANO DE ENSINO
IDENTIFICAÇÃO
Unidade Curricular:Patologia de Organismos Aquáticos Módulo: 3º
CH: 40h
Ano: 2015
Professora: Laura Pioli Kremer
Curso: Técnico em Aquicultura
E-mail: [email protected]
COMPETÊNCIAS:
Conhecer os fatores causadores das principais enfermidades de organismos aquáticos, caracterizando o ciclo de vida e a biologia dos principais organismos patogênicos. Conhecer as técnicas de
diagnóstico e controle de enfermidades.
ATITUDES:
Cooperação, Domínio dos fundamentos científicos, Elaboração de soluções, Interesse, Interpretação das adaptações parasitos/hospedeiros/ambiente, Raciocínio lógico.
BASES TECNOLÓGICAS:
Principais enfermidades; Etiologia; Sintomatologia; Espécies afetadas; Fatores predisponentes: Ambientais, Nutricionais, Fisiológicos, Genéticos e Estresse; Profilaxia; Tratamento; Técnicas de
diagnóstico; Manejo sanitário; Quarentena; Imunidade; Aspectos legais
ESTRATÉGIAS
RECURSOS DIDÁTICOS
AVALIAÇÃO
REF.
HABILIDADES CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS C-H
DE ENSINO
Apresentação da disciplina e
Aula expositiva dialogada.
discussão do plano de ensino
2h
Quadro branco. Datashow.
Dinâmica de grupo
Introdução e Conceitos Gerais;
Doenças Infecciosas e não infecciosas;
Reconhecer
as Fatores ambientais, nutricionais e
fisiológicos; Tipos de interações entre
principais
os organismos; Parasitismo; Agentes
características
Interação
dos parasitos e patogênicos;
parasita/hospedeiro; Tipos de ciclos de
hospedeiros
vida
Reconhecer as
principais
patologias dos
organismos
cultiváveis e seus
tratamentos
Principais
enfermidades
em
moluscos, crustáceos e peixes:
bactérias, vírus, fungos e metazoários.
Características gerais do patógeno,
ciclo de vida, Sintomatologia, Sinais
clínicos, Patogenia, Métodos de
Diagnose, Profilaxia e Tratamento.
6h
Aula expositiva dialogada.
Quadro branco. Datashow.
Vídeos.
Prova escrita. Apresentação oral. Trabalhos.
Participação em aula.
24h
Quadro branco. Datashow.
Aula expositiva dialogada.
Vídeos. Organismos vivos ou
Atividades práticas em grupo. fixados. Apresentação de
seminários.
Compreender os
aspectos
legais
relacionados
à
sanidade aquícola
Sanidade aquícola; Aspectos legais;
Boas práticas de manejo sanitário:
Prevenção, Controle e erradicação;
Métodos
de
desinfecção
dos
estabelecimentos
aquícolas;
Organização Mundial para a Saúde
Animal: Código Sanitário para os 8 h
Animais Aquáticos, Manual de Testes
de
Diagnóstico
para
Animais
Aquáticos, Doenças de notificação
obrigatória.
Prova escrita. Apresentação oral. Trabalhos.
Participação em aula.
Aula expositiva dialogada.
Quadro branco. Datashow.
Atividades práticas em grupo. Vídeos.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Básica:
BASSLEER, G. Guia prático de doenças de peixes ornamentais tropicais de lagos (e de camarões ornamentais). Poytara. 103p.
EIRAS, J.C. Elementos de Ictioparasitologia. Fundação Eng. Antonio de Almeida. Porto, 1994, 339 p.
EIRAS, J.C., TAKEMOTO, R.M., PAVANELLI, G.C. Métodos de estudo e técnicas laboratoriais em parasitologia de peixes. Ed. Universidade Estadual de Maringá, Maringá. 2000, 171 p.
MARTINS, M.L. Doenças Infecciosas e Parasitárias de Peixes. 2o ed. Jaboticabal:FUNEP, 1998.
PAVANELLI, G.C., EIRAS, J.C., TAKEMOTO, R.M. Doenças de peixes. Ed. Universidade Estadual de Maringá, Maringá. 1999, 305 p.
RESGALLA JR, C; WEBER, L.I.; CONCEIÇÃO, A.B. O mexilhão Perna perna (L.): Biologia, ecologia e aplicações. Editora Interciências, 2008. 324p.
SILVA-SOUZA, A.T (Org). Sanidade de organismos aquáticos no Brasil. ABRAPOA. 2006387p.
MORALES, V., CUÉLLAR-ANJEL, J. (eds.). Guía Técnica - Patología e Inmunología de Camarones Penaeidos. Programa CYTED Red II-D Vannamei, Panamá, Rep. de Panamá. 2008. 270 pp.
Complementar:
ARANA, L.V. Fundamentos de aquicultura. Editora da UFSC, Florianópolis, 2004.
BARBIERI JR, R. C.; OSTRENSKY NETO, A. Camarões marinhos: reprodução, maturação, larvicultura. Viçosa: Aprenda Fácil, 2001. 243 p.
BARBIERI JÚNIOR, R.C.; OSTRENSKY NETO, A. Camarões marinhos: engorda. Viçosa: Aprenda Fácil, 2002. 370p.
O.I.E. Aquatic Manual. 6th Edition, 2009. In: http://www.oie.int/en/international-standard-setting/aquatic-manual/
O.I.E. Aquatic Code. 15th Edition, 2012. In: http://www.oie.int/en/international-standard-setting/aquatic-code/
Avaliações:
-
Relatório sobre bucefalose
Relatório diagnóstico crustáceos
Apresentação de trabalho – panorama da aquicultura
Tz uma provinha.....
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards