VP 1 ETAPA 1 3º ano REGULAR

Propaganda
TC 3 UECE 2012 FASE 1
PROF. : Célio Normando
Conteúdo: Gráficos dos Movimentos
1. Um ciclista observa que, após pedalar por uma hora, sua velocidade média foi de 20
km/h.
Considerando que, após pedalar por mais uma hora, a sua velocidade média em todo o
percurso foi de 22 km/h, é correto afirmar que uma representação possível do movimento
do ciclista no último trecho está no gráfico:
a)
b)
c)
d)
e)
SOLUÇÃO:
Primeiro trecho: ΔS1  10km
ΔS
ΔS
 22 
 ΔS  44km
Δt
2
Segundo trecho: ΔS2  ΔS  ΔS1  24km
Movimento todo: V 
Observe o gráfico.
A área do trapézio vale
26  22
x1  24km .
2
RESPOSTA ( D )
Conteúdo: Definição de Campo Elétrico
2. Em um campo elétrico uniforme, uma partícula carregada positivamente com 20 μC está
sujeita a uma forca elétrica de modulo 10 N. Reduzindo pela metade a carga elétrica dessa
partícula, a força, em newtons, que atuará sobre ela será igual a
a) 2,5.
b) 5,0.
c) 10.
d) 15.
SOLUÇÃO :.
O campo é uma propriedade do ponto e não muda pela presença de uma carga elétrica
F
.
q
F F
10 F2
Como a intensidade do campo não muda, podemos escrever: 1  2 

 F2  5,0N .
20 10
q1 q2
nele colocada. Mede-se a intensidade do campo pela expressão E 
RESPOSTA (B)
Conteúdo: Cinemática - Dinâmica
3. Dois blocos A e B, de massas MA  2,0 kg e MB  3,0 kg estão acoplados através de uma
corda inextensível e de peso desprezível que passa por uma polia conforme figura.
Esses blocos foram abandonados, e, após mover-se por
1,0 m, o bloco B encontrava-se a 3,0 m do solo quando
se soltou da corda. Desprezando-se a massa da polia e
quaisquer formas de atrito, o tempo necessário, em
segundos, para que B chegue ao chão e igual a
a) 0,2.
b) 0,4.
c) 0,6.
d) 0,8.
Inicialmente, os blocos têm a mesma aceleração e, portanto, podem ser considerados com
um único bloco de 5,0kg, sendo acelerado por uma força resultante de FR  30  20  10N .
SOLUÇÃO :
FR  m.a  10  5a  a  2,0m / s2
Quando o fio for cortado, a aceleração de B passará a ser de 10m/s 2.
Primeiro movimento
1 2
1
a.t  1  x2xt12  t1  1,0s
2
2
V  V0  at  V  2x1  2,0m / s
ΔS  V0 .t 
Segundo movimento
1
1
ΔS  V0 .t  a.t 2  3  2t 2  x10xt 22  5t 22  2t 2  3  0
2
2
t2 
2  22  4x5x3 2  8

 0,6s
2x5
10
A partir do rompimento do cabo, o tempo é 0,6s.
RESPOSTA ( C)
Conteúdo: Associação de Resistores
4. No circuito mostrado no diagrama, todos os resistores são ôhmicos, o gerador e o
amperímetro são ideais e os fios de ligação têm resistência elétrica desprezível.
A intensidade da corrente elétrica indicada pelo
amperímetro, em A, é de
a) 3.
b) 4.
c) 8.
d) 12.
e) 15.
SOLUÇÃO :
O circuito abaixo é equivalente ao dado:
Como mostrado, a resistência equivalente é 4 Ω .
Aplicando a lei de Ohm-Pouillet:
E = Req i  60 = 4 i  i = 15 A.
RESPOSTA: (E)
Conteúdo: Estática – Equilíbrio de Partícula
5. Um bloco de massa m = 24 kg é mantido suspenso em equilíbrio pelas cordas L e Q,
inextensíveis e de massas desprezíveis, conforme figura abaixo. A corda L forma um ângulo
de 90° com a parede e a corda Q forma um ângulo de 37° com o teto. Considerando a
aceleração da gravidade igual a 10m / s2 , o valor da força de tração que a corda L exerce na
parede é de:
(Dados: cos 37° = 0,8 e sen 37° = 0,6)
a) 144 N
b) 180 N
c) 192 N
d) 240 N
e) 320 N
SOLUÇÃO: Observe a figura abaixo.
Para haver equilíbrio, a resultante de P e TL deve
ter o mesmo módulo e ser oposta a TQ . Sendo assim
e, a partir do triângulo sombreado, podemos escrever:
P
0,6 240
tg370 


 TL  320N
TL
0,8
TL
RESPOSTA ( E )
Conteúdo: Magnetismo
6. A figura representa uma partícula eletrizada, de
massa m e carga q, descrevendo um movimento
retilíneo e uniforme, com velocidade de módulo v,
que penetra e sai da região onde existe um campo
magnético uniforme de módulo B.
Sabendo-se que a partícula abandona a região do
campo no ponto P, é correto afirmar:
a) A partícula atravessa a região do campo magnético em
movimento retilíneo uniformemente acelerado.
b) A partícula descreve movimento circular uniformemente
acelerado sob a ação da força magnética.
πmv
.
2qB
πm
d) O tempo de permanência da partícula na região do campo magnético é de
.
qB
c) O espaço percorrido pela partícula na região do campo magnético é igual a
e) O módulo da aceleração centrípeta que atua sobre a partícula é igual a
qB
.
mv
O movimento é circular uniforme. A força magnética que atua na partícula faz o papel de
centrípeta.
SOLUÇÃO:
qvB  m
v2
mv
 qBR  mv  R 
R
qB
A partícula percorre 1/4 de volta, portanto:
S 
2R 
 mv mv
.
 R .

4
2
2 qB 2qB
.
RESPOSTA (C)
Conteúdo: Grandezas Cinemáticas
7. Uma partícula se move de A para B segundo a trajetória da figura abaixo.
Sabendo-se que cada divisão da trajetória corresponde
a 1 m, o deslocamento resultante da partícula foi de
a) 43 m.
b) 10 m.
c) 7 m.
d) 5 m.
e) 4 m.
SOLUÇÃO:
Entendendo por deslocamento, o deslocamento vetorial,
aplicando Pitágoras na figura, temos:
D2  32  42  25
 D  5 m.
RESPOSTA (D)
Conteúdo: Lançamento Vertical
8. Um objeto é lançado da superfície da Terra verticalmente para cima e atinge a altura de
7,2 m.
(Considere o módulo da aceleração da gravidade igual a 10 m/s2 e despreze a resistência do
ar.)
Sobre o movimento do objeto, são feitas as seguintes afirmações.
I. Durante a subida, os vetores velocidade e aceleração têm sentidos opostos.
II. No ponto mais alto da trajetória, os vetores velocidade e aceleração são nulos.
III. Durante a descida, os vetores velocidade e aceleração têm mesmo sentido.
Quais estão corretas?
a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas I e II.
d) Apenas I e III.
e) Apenas II e III.
SOLUÇÃO:
Em todo o movimento, a aceleração é g .
Na subida v é para cima, na descida, para baixo e no ponto mais alto v  0 .
RESPOSTA: (D)
Download
Random flashcards
Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards