Certamente não é a classe média que hoje protesta na

Propaganda
A quem interessa destruir o movimento social e as esquerdas brasileiras?
Certamente não é a classe média que hoje protesta nas ruas, pois esse estrato
da população cresceu muito nos últimos 13 anos de governo, beneficiado que
foi com o aumento dos investimentos públicos que geraram crescimento
econômico e milhões de empregos qualificados.
A classe média, seja por desconhecimento, seja por ingenuidade, é só o
instrumento de uma elite rancorosa que luta para restaurar uma antiga
ordem, àquela onde existe a mucama e o sinhozinho, o morro e o asfalto, o
elevador social e o de serviço, onde a maioria das pessoas devem saber seu
lugar e estão condenadas a lá permanecer em uma atitude servil e resignada.
Que os homens e mulheres de bem sejam alertados: estamos no caminho de
uma avalanche conservadora, provocada por setores autoritários e
discricionários da sociedade brasileira, e embalada morro abaixo por uma
mídia interesseira e manipuladora. A ideia é alimentar o rancor social, o
pânico econômico e o clima de salve-se quem puder.
E serão poucos aqueles que serão salvos. Os de sempre. Logo depois do Fora
Dilma, virá o benvinda reforma trabalhista, muito prazer retirada de direitos,
que bom que vocês vieram salário baixo e exploração. E a criminalização dos
movimentos sociais se sucederá, afinal trabalhador bom é trabalhador que
não pensa, que não reivindica, que não extrapola sua condição subalterna.
Nos recusamos a voltar a esse tempo. Sabemos como funciona esse tipo de
sociedade injusta cujas bases são a força, a censura e a discriminação.
Vivemos isso no Brasil por diversas vezes. Na última vez, em 1964, a
obscuridade nos alcançou por 30 anos, quando produzimos favelas, retirantes
e serviçais, e exportamos para o exílio democratas, artistas e intelectuais.
A agressividade de alguns manifestantes, o oportunismo e a hipocrisia de
lideranças políticas e o veneno que se destila diariamente na imprensa contra
os movimentos sociais, o governo e as esquerdas como um todo são uma
prova cabal de que há ainda muito entulho autoritário a ser removido da
sociedade brasileira e que ainda há muito a fazer na construção de um país
livre, soberano, justo e solidário.
Não nos abatemos, contudo, essa é a lida, essa é a vida de todos que lutam e
acreditam que os homens nascem e são livres e iguais em direitos, deveres e
oportunidades.
TODOS ÀS MANIFESTAÇÕES DO 18 DE MARÇO
TODOS PELA DEMOCRACIA.
NÃO VAI TER GOLPE
Download
Random flashcards
A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards