Dicas de A a Z para ser um bom profissional

Propaganda
Dicas de A a Z para ser um bom profissional
Por Karina Araújo Campos
Psicóloga do Trabalho
Agende-se.
Utilize uma ótima ferramenta chamada Agenda. Com ela você
marca compromissos pessoais e profissionais nas datas e horários
devidos disciplinando sua vida e principalmente seu tempo. É uma
forma respeitosa com você, que não precisará guardar tudo na
memória, e respeitosa também com seus compromissos.
Antecipe-se.
Antecipe-se ambiguamente. Não se atrase nos seus compromissos,
ou melhor, chegue com alguns minutos de antecedência. É péssimo
esperar e deixar os outros esperando. E esteja a par do que
acontece no mercado. Antecipe-se nas busca de informações. À
partir da antecipação podemos verificar com mais agilidade e / ou
rapidez cenários que indiquem necessidade de mudanças.
Podemos antecipar o conhecimento e a atitude e ter maior
previsibilidade.
Aprimore-se.
Novos conhecimentos e habilidades expandem a sua capacidade
profissional.
Assertividade.
Busque sempre o comportamento assertivo. O comportamento
assertivo baseia-se na forma em como você vê e age no mundo.
Tal comportamento implica na capacidade do indivíduo ser ele
mesmo, sendo capaz de agir em seus próprios interesses, de
maneira que se afirme sem ansiedades indevidas, expresse
sentimentos sinceros sem constrangimento e com bastante
equilíbrio, ponderação, embasado em conhecimentos coerentes a
respeito de determinado assunto, e exercite seus próprios direitos
sem negar os alheios, respeitando o outro, explicitando seu
posicionamento. A assertividade é complexa, pois para se chegar
ao comportamento assertivo, implica numa certa “maturidade”
adquirida pelo sujeito no decorrer de suas experiências. O indivíduo
assertivo tem a maturidade de valorizar-se, de expressar-se, sentese bem consigo mesmo, faz escolhas que o beneficiam, atinge os
objetivos desejados. Ao contrário de se impor, este indivíduo expõe
sua forma de pensar com segurança, pondera sobre os aspectos
discutidos, age com bastante profissionalismo. O comportamento
assertivo tende a aumentar a auto-apreciação e o reconhecimento
alheio. Um comportamento assertivo é, acima de tudo, um
comportamento ético.
Atualize-se.
Descubra no mercado o que há de novo sobre as melhores práticas
relativas à sua atividade profissional.
Autoestima.
Para ter reconhecimento no trabalho é importante se dar o devido
crédito. Batalhe por suas ideias, pare de colocar panos quentes em
tudo e aprenda a dizer não para o que não der conta. Estabeleça
seus próprios limites e conquiste respeito.
Avalie-se.
Faça uma honesta avaliação do seu desempenho. Investigue se
seus serviços atendem às necessidades dos clientes.
Bola Cheia.
Comemore o reconhecimento de um trabalho bem executado, dos
objetivos conquistados. Divida as alegrias das conquistas com a
equipe.
Comprometa-se.
Os compromissos acontecem diante da sua firmação com eles.
Esses compromissos podem ser com você mesmo e com os outros.
E quando firmamos um compromisso o melhor a fazer é cumpri-los.
É claro que nada é a ferro e fogo, pois em alguns casos não é
possível cumprir, mas é bem educado avisar com antecedência o
que não podemos praticar. Diante dos nossos compromissos a dica
é honrá-los.
Confiança.
Transmita segurança e confiabilidade aos seus colegas de trabalho.
Quando procurarem sua opinião transmita-a de forma objetiva e
clara e aproveite o momento para expor suas idéias. Busque o
apoio dos colegas que é uma grande garantia de conquistas.
Compartilhe.
A troca de conhecimentos e experiências permite alcançar melhores
resultados.
Compreenda.
Amplie sua visão sobre os negócios da sua empresa. Identifique as
oportunidades e acompanhe as tendências da sua área.
Crie.
Analise seu trabalho sob diferentes enfoques. Use a imaginação e a
criatividade para desempenhar melhor suas atividades.
Dedique-se.
Seja curioso com outros conhecimentos de área e processos
relacionados à sua área de trabalho.
Disciplina.
Organize seu tempo e seus afazeres para que sua produtividade
não diminua e a qualidade do seu trabalho seja constante. Não
enrole na empresa, pois com certeza, vai ter sempre alguém de
olho em você. Planejar-se, terminar o que começar, estar presente
e envolvido no trabalho é sinal de disciplina. Assim, você
responderá à empresa sempre e na hora certa.
Educação.
Tratar a todos com respeito e educação é uma questão
imprescindível. Tratar as pessoas com igualdade (do porteiro ao
diretor) é sinal de grandeza humana e educação.
Elegância.
Ser elegante é ser educado. A elegância consiste em ter presteza
com os colegas.
Fortaleça-se.
Forme parcerias profissionais e pessoais. Amplie sua rede de
conhecidos. Networking.
Foco.
Tenha sempre o(s) objetivo(s) definido(s) em sua mente. Determine
suas metas e não fraqueje. Busque suas metas, ajuste seu foco.
Siga em frente.
Gentileza.
A gentileza é bem aceita tanto pela chefia, como pelos colegas de
trabalho. Um sorriso e as palavras certas pulverizam qualquer foco
de tensão.
Humor.
O bom humor é uma das chaves para se sair de situações difíceis e
constrangedoras. O bom humor consegue fazer as pessoas
trabalharem como uma equipe, um time, e ajudam o trabalho a ser
realizado com muito mais motivação. É uma arma poderosa e pode
ser usado como canal de comunicação com pessoas mais tímidas.
Integre-se.
Procure conhecer os clientes e fornecedores de todo o processo em
que você atua.
Intuição.
Aprenda a ouvir a sua “voz interior”. Aproveite a sua sensibilidade e
esse “faro” para detectar problemas e criar soluções.
Jogo de cintura.
O jogo de cintura é nada mais, nada menos que ser flexível. É mais
um exercício da mente que propriamente da cintura. Hoje, o
mercado exige flexibilidade, interesses variados e disponibilidade
para desafios.
Leitura.
O mundo da globalização, da velocidade de informações não nos
dá descanso. Para nos manter informados é importante lermos
muito e sobre assuntos diversos. Às vezes, de uma informação
banal, podem surgir grandes ideias, tendências, oportunidades, etc.
Adquirir conhecimento não ocupa espaço.
Motivação.
A maior motivação vem de dentro de cada um de nós. É claro que
estímulos externos nos motivam, como um bom salário, bons
benefícios, mas nada como nos mantermos cheios de energia com
nossas conquistas diárias, com o progresso de cada dia. Sentir-se
motivado pode ser decisivo para uma entrevista ou para pleitear
uma promoção.
Naturalidade.
Seja você mesmo. Seja autêntico, mostre o que é e o que sabe sem
disfarces. As pessoas não gostam de quem tenta vender uma falsa
imagem de si mesmas.
Organização.
Como precisamos tratar de muitas coisas ao mesmo tempo, é
importante sabermos definir as prioridades. Desta forma colocamos
em ordem as tarefas e a nossa mente frente ao que é preciso
executar no dia a dia.
Ouça.
Ao negociar, busque o entendimento mútuo, reforce os pontos em
comum e procure o consenso.
Paciência.
Somente pacientemente você consegue fazer com que seu trabalho
renda. Através da paciência também pode-se manter bons
relacionamentos. A paciência é uma das maiores lições do trabalho,
pois é preciso esperar o momento certo de decidir, de reagir, de
agir, de entender as ideias e situações, de refazer tarefas, de
treinar. A paciência é o princípio para um bom trabalho.
Questionamento.
Não se deixe levar pela não clareza alheia. Rompa o ciclo das
dúvidas, questione, pergunte, afinal para se trabalhar é preciso
informações precisas, concisas e objetivas.
Qualidade.
Tudo que é feito com qualidade tem resultado positivo. Você é visto
pelo que faz.
Reciclagem.
A garantia de um bom emprego e, sobretudo, a garantia da
qualificação profissional, pois é preciso estar apto a desafios, e a
buscar melhores oportunidades. A reciclagem também é
interessante para arejar as ideias, conhecer novidades e colocá-las
em prática.
Reflita.
Avalie seus objetivos e veja como você se empenha em concretizálos.
Relacione-se
Faça aos outros o que gostaria que fizessem a você.
Solidariedade.
Praticar a solidariedade é uma política de auxílio e coleguismo.
Ajudar o outro, ser solidário, oferecer uma ajuda a quem precisa é
uma prática simples, que exige atenção com o outro e não o
egoísmo.
Tempo.
Aprenda a gerenciar bem o seu tempo. Estabeleça metas e
prioridades e cumpra-as dentro dos prazos estabelecidos. Mas,
saiba quais são seus limites, pois assim, você cumprirá a maior
parte dos seus afazeres.
Trabalhe.
Trabalhar sempre fez bem ao ser humano. A mente humana
sempre buscou meios de produzir, de sobreviver. Culturalmente,
desde os primórdios, o homem que produz, que faz a colheita, que
dá resultados, que traz a caça, etc., é aclamado, visto como um
sujeito vitorioso. Trabalhar enobrece o homem perante a sociedade.
Criar meios de sobrevivência faz parte da história sociocultural do
ser humano. O trabalho é um grande estímulo para o
reconhecimento do ser humano perante o outro, perante a
sociedade, portanto faz bem ao ego, aumenta a autoestima, motiva
o indivíduo em prol da realização dos seus desejos, promove a
busca de meios que proporcionem crescimento moral, pessoal,
profissional, etc. Utilize até do ócio, que pode proporcionar tantos
meios de ganhar a vida. Mas trabalhe com algo que você goste,
que, ao passar a maior parte do seu tempo dedicando-se ao
trabalho, você sinta prazer, bem estar. Prefira que seu trabalho
apresente-lhe desafios, para que você os supere e esteja sempre
motivado por algum motivo. Trabalhar com bem estar garante maior
qualidade de vida.
União.
Sem a união não há trabalho em equipe que dê certo. É de suma
importância ter bom relacionamento com os colegas, se dar bem
com todos, e nunca esquecer que uma mão lava a outra.
Vitalidade.
Para se trabalhar bem é preciso ter forças, motivação, vitalidade.
Portanto, cuide bem da sua saúde, almoce bem, faça lanches
nutritivos, beba muita água. Estabeleça uma boa alimentação e
alguma atividade física que lhe dê resistência para um bom
funcionamento orgânico e mental.
X da questão.
Esteja atento às mudanças da empresa, às suas atualizações,
conheça os departamentos, qual o principal cliente, seus negócios,
produtos, todos os dados de maior relevância. É o X da questão
para não ser pego de surpresa em nenhuma situação e para
crescer e ser visto como um profissional interessado pela empresa.
Zelo.
Só se destaca quem busca qualidade máxima. O zelo é a busca da
qualidade ao final da execução de suas atividades, ou seja, uma
revisão sobre o que você fez. É a autocrítica sobre seu trabalho, é
uma busca pela perfeição, ou melhor dizendo, pela qualidade do
trabalho. Zelo é o engajamento na busca do que se tem de melhor a
oferecer e a fazer. O zelo pode ser consigo mesmo e com os
outros.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards