pisos

Propaganda
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
ELINEI DE SOUZA MORAIS
ELABORAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO II NA
EMPRESA TRADO TECNOLOGIA EM PISOS E ENGENHARIA LTDA
ADMINISTRAÇÃO GERAL
CAMPO GRANDE – MS
2007
1
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
ELINEI DE SOUZA MORAIS
ELABORAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO II NA
EMPRESA TRADO TECNOLOGIA EM PISOS E ENGENHARIA LTDA
Relatório Final de curso apresentado à Faculdade
Estácio de Sá de Campo Grande como requisito
para a conclusão do Curso de Administração
Geral, sob a orientação da professora Especialista
Edilene Maria de Oliveira Araújo.
ADMINISTRAÇÃO GERAL
CAMPO GRANDE – MS
2007
2
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
DEDICATÓRIA
A Deus, minha família em especial a
minha filha, que foi a força maior para a
conclusão desse projeto e principalmente
aos “Anjos” na qual chamo de “amigos”.
3
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
AGRADECIMENTO
A elaboração desse relatório de estágio somente foi possível graças à contribuição
direta ou indiretamente de pessoas que me acompanharam durante os últimos anos e que,
cientes ou não do apoio que me deram no âmbito pessoal e profissional, permitiram que eu
concretizasse mais um sonho entre tantos outros que vislumbrei e lutei para realizar.
É de extrema importância e gratidão que tenho pelos professores que por eles passei e
em especial a professora orientadora Edilene de Maria de Oliveira Araújo, pelos ensinamentos
em técnicas administrativas e principalmente pela visão mercadológica, fazendo com que eu
criasse curiosidade intelectual e vontade própria de dedicar-me e aprofundar-me nos estudos.
Não poderia deixar de agradecer a empresa Trado Tecnologia em Pisos e Engenharia
Ltda, que gentilmente forneceu os dados necessários para elaboração desse relatório de
estágio e cujo gestor fez diversas sugestões.
A minha família e amigos, que mesmo distantes, tenho plena convicção que me
acompanharam em toda a trajetória, sempre desejando força e incentivo para sobrepor todos
os obstáculos.
Finalmente, gostaria de agradecer a todas as demais pessoas, cujo apoio ou mesmo um
simples abraço também foram de fundamental importância para o bom andamento do
trabalho.
4
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
“O que somos é presente de Deus; no
que nos transformamos é o nosso
presente a ele”.
(D. Bosco).
5
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
SUMÁRIO
1. INTRODUÇÃO
07
CAPÍTULO I – REFERÊNCIAL TEÓRICO
08
2. MARKETING E SUAS DEFINIÇÕES
08
2.1 Pesquisa
08
2.2 Desenvolvimento e administração de produtos
09
2.3 Comunicação
09
2.4 Vendas e distribuição
10
2.5 Serviço pós-venda
11
3. MARKETING DE SERVIÇO
12
3.1 Caracterização dos serviços
12
CAPÍTULO II – CARACTERIZAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO
14
4. TRADO TECNOLOGIA EM PISOS E ENGENHARIA LTDA
14
4.1 Dados cadastrais
14
4.2 Produtos e serviços
15
4.2.1 Pisos novos
15
4.2.2 Restauração de pisos
15
4.2.3 Tratamento de superfícies
16
4.2.4 Tratamento de juntas e reforço de bordas
16
4.3 Estrutura empresarial
17
4.4 Relacionamentos comerciais
17
4.5 Setor analisado
18
CAPÍTULO III – PROCEDIMENTOS EMPREGADOS
19
5. CONCLUSÃO / INTERVENÇÃO
20
REFERÊNCIAS
22
6
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
1. INTRODUÇÃO
O conceito contemporâneo de marketing engloba a construção de um satisfatório
relacionamento a longo prazo do tipo ganha-ganha no qual indivíduos e grupos obtêm aquilo
que desejam. O marketing se originou para atender as necessidades de mercado, mas não está
limitado aos bens de consumo. É também amplamente usado para "vender" idéias e
programas sociais.
O marketing está por toda parte. Formal ou informalmente, pessoas e organizações
envolvem-se em um grande número de atividades que poderiam ser chamadas de marketing.
O bom marketing não é acidental. Ele resulta de planejamento e execução cuidadosos.
Em quase todos os setores, as políticas de marketing estão sendo continuamente refinadas e
reformuladas para aumentar as chances de sucesso. Mas a excelência em marketing é rara e
difícil de obter.
O marketing é ao mesmo tempo uma “arte” e uma “ciência”.
Há uma tensão constante entre seu lado formal e seu lado criativo. Esse projeto busca
mostrar o conceito de marketing ligado à prestação de serviço e como pequenas atitudes e
idéias simples podem proporcionar um resultado satisfatório principalmente propor pequenas
mudanças que acaba por afetar a empresa como um todo, tendo como fim um amplo
crescimento.
No capítulo I será abordado: as definições de marketing e suas atividades, no qual
estará em destaque duas questões, marketing de serviço e comunicação do marketing.
O assunto definirá com clareza a sua importância dentro de uma organização e
principalmente na empresa analisada, procurando encontrar pontos que não estejam sendo
trabalhado.
O capítulo II vem mostrar a caracterização da empresa Trado Tecnologia em Pisos e
Engenharia, bem como sua estrutura organizacional e produtos oferecidos.
Já o capítulo III descrito no projeto, tem como finalidade agregar valor para o
departamento de marketing da empresa Trado Tecnologia em Pisos e Engenharia Ltda. Neste,
será abordado de maneira eficiente, cada fase do processo e o resultado de ações que serão
implantadas com o intuito de garantir um resultado satisfatório.
7
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
CAPÍTULO I – REFERÊNCIAL TEÓRICO
2. MARKETING E SUAS DEFINIÇÕES
Segundo Phiilip Kotler (2000, p. 29), [...] “é a identificação e a satisfação das
necessidades humanas e sociais” ou “ suprir necessidades lucrativamente”
Já American Marketing Association oferece a seguinte definição de marketing: “é o
processo de planejar e executar a concepção, a determinação do preço ( pricing ), a
promoção e a distribuição de idéias, bens e serviços para criar trocas que satisfaçam metas
individuais e organizacionais”
A obra de Churchill Jr. (2005, p. 4), defende que, [...]“a visão de que uma
organização deve procurar satisfazer as necessidades e desejos de seus clientes enquanto
busca alcançar suas próprias metas”.
Uma maneira clara de definir marketing é considerar seu objetivo, que é tornar
supérfluo o esforço de venda, ou seja, é conhecer e entender o cliente tão bem que o produto
ou o serviço seja adequado a ele e se venda sozinho, a idéia é que o marketing deveria resultar
em um cliente disposto a comprar. A única coisa necessária então seria tornar o produto ou o
serviço disponível e visível.
Toda a empresa deve ser vista como um sistema de marketing; todos os departamentos
e setores, nesse sentido realizam atividades de marketing. Mas há um conjunto de atividades
que mais enfaticamente tratam de chegar à maximização da satisfação do cliente. De um
modo geral tais atividades mantém relação direta ou indireta com todas as outras que se
realizam na empresa e devem receber o apoio dessas.
A obra de José Antonio Rosa (1992, p. 25), esclarece que são cinco as atividades
básicas do marketing: pesquisa de mercado, desenvolvimento e administração de produtos,
comunicação, vendas e distribuição e serviços pós-venda.
2.1 Pesquisa
A princípio, segundo o autor, visa descobrir quais são as reais necessidades e desejos
do cliente, seja com relação a produtos, preços, distribuição, enfim quaisquer tópicos do
relacionamento da empresa com seu mercado. Visa também a identificar a clientela da
8
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
empresa – a real e a potencial – em suas características objetivas, como renda, sexo , faixa
etária; e suas características subjetivas, como estilo de vida, valores e atitudes.
Por fim, a pesquisa trata de descrever o comportamento da clientela e o quadro
ambiental em que se desenvolve: concorrentes, distribuidores, fatores econômicos e sociais.
Com isso a pesquisa forneceu subsídios para que as decisões da empresa sejam
voltadas para o atendimento de mercado. É o que se pode chamar de administração “de fora
para dentro”.
2.2 Desenvolvimento e administração de produtos
O autor descreve que a meta primeira do desenvolvimento e administração de produtos
é lançar os produtos certos, na época certa, para as pessoas certas, com os preços e condições
certas. Para isso é necessário um constante esforço de acompanhamento das tendências do
mercado e pesquisa de tecnologia de produto.
A segunda grande meta é chegar ao porta-fólio, ao mix ou conjunto de produtos
ótimos. Esse é um conjunto de produtos ofertados que maximize a satisfação do consumidor e
o retorno da empresa. Para isso é necessário que os produtos mantenham a máxima sinergia
entre si, isto é, para que cada contribua para a administração e retorno dos demais.
É fundamental, tanto quanto lançar novos produtos, que a empresa tenha um trabalho
sistemático e racional de atualização dos produtos existentes de retirada de linha daqueles
produtos que não mais atendam aos requisitos de atração do consumidor ou retorno para a
empresa. Isso também é tarefa da gestão de produtos.
2.3 Comunicação
Tanto quanto uma filosofia séria e voltada para o consumidor e fabricar produtos
adequados e de boa qualidade, o autor descreve que a empresa precisa comunicar-se
eficazmente com o mercado para mostrar sua qualificação, atraindo mais clientes e até mesmo
tornando mais eficiente os serviços à clientela. A comunicação em marketing engloba a
propaganda, cuja função é mostrar bem o que a empresa faz bem, mais as atividades de
divulgação interna e externa, seja através de veículos de massa, como a tv e os jornais, seja
por meio de folhetos, catálogos, manuais e até mesmo de contato face a face do pessoal que
atua na linha de frente de contato com a clientela.
9
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
Rosa (1992), ainda explica que no entrando, a empresa vai além das plataformas de
comunicação. O feitio e o preço do produto, a cor e a forma de embalagem, a roupa e o
comportamento do vendedor, a decoração do local, a identidade visual da empresa – tudo
comunica algo aos compradores. Todo contato com a marca transmite uma impressão que
pode fortalecer ou enfraquecer a visão do cliente sobre a empresa.
Para promover uma comunicação eficiente, os profissionais de marketing precisam
compreender os principais elementos que compõe essa comunicação. Dois elementos
representam as principais partes envolvidas na comunicação – o emissor e o receptor. Outros
dois representam as principais ferramentas de comunicação – a mensagem e o meio. Outros
quatro elementos representam as principais funções da comunicação – codificação,
decodificação, resposta e feedback.
O desenvolvimento de uma comunicação eficaz abrange oito etapas: a) identificar o
público-alvo, b) determinar os objetivos da comunicação, c) elaborar a mensagem, d)
selecionar os canais de comunicação, e) estabelecer o orçamento total de comunicação, f)
decidir sobre o mix de comunicação, g) medir os resultados da comunicação e h) gerenciar o
processo de comunicação integrada de marketing.
2.4 Vendas e distribuição
A obra de José Antonio Rosa esclarece que, não basta produzir bons produtos e
divulgar eficientemente sua existência. È necessário levar tais produtos até os distribuidores –
atacadistas, varejistas, representantes – e motivar tais canais a empenharem talento e energia
para uma oferta sólida dos produtos da empresa a clientela.
Esse processo começa com a ação de equipe de vendas, que cumpre as funções de
informar, orientar e influenciar o mercado para aquisição dos produtos da empresa.
Condizentemente com uma boa filosofia de marketing, o esforço de vendas não deve ser o de
vender a qualquer um e a qualquer custo, de influenciar mesmo o cliente e que não necessita
do produto. A questão é vender qualificadamente, orientando a clientela e influenciando
dentro do estrito limite da qualidade e adequação dos produtos.
A segunda etapa do processo diz respeito sobre os distribuidores, para que tenham
mais empenho em levar os produtos da empresa até os clientes finais. A influência positiva
sobre os distribuidores se assenta numa política comercial justa e atraente, através do qual
esses distribuidores encontrem a recompensa pelo seu trabalho. Além disso, a empresa deve
10
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
exercer um esforço sistemático e intenso de apoio ao distribuidor e de atendimento das
reivindicações que advenham dele.
2.5 Serviço pós-venda
A relação da empresa com o cliente torna-se mais sólida e intensa a partir do momento
em que uma venda foi feita. O autor descreve que desse momento em diante a empresa
efetivamente voltada para o mercado não cessa seus esforços de relacionamento, mas procura
estabelecer os canais adequados para garantir a satisfação do cliente e sua conquista efetiva.
Para isso, estabelecem redes de assistência, serviços de atendimento a reclamações ou a
consultas, e implanta outras atividades do gênero.
11
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
3. MARKETING DE SERVIÇO
Gilbert A. Churchill, Jr. 2005, relata que marketing de serviço que do ponto de vista
do marketing, bens e serviços não são drasticamente diferentes. Ambos são produtos
destinados a oferecer valor aos clientes em uma troca. Ambos devem ser oferecidos em locais
apropriados por preço aceitáveis. Ou seja, é preciso coletar e interpretar informações sobre o
que os compradores potenciais valorizam.
O processo de identificar e satisfazer as necessidades dos mercados-alvo e criar valor
para eles seja essencialmente o mesmo para bens e serviços, pois a natureza dos serviços cria
desafios especiais. É necessário ficar atento entre as diferenças entre serviços e bens.
Serviço é qualquer ato ou desempenho, essencialmente intangível, que uma parte pode
oferecer a outra e que não resulta na propriedade de nada. A execução de um serviço pode
estar ou não ligada a um produto concreto.
3.1 Caracterização dos serviços
Gilbert A. Churchill, Jr. (2005, p. 293), descreve de forma clara as características que
distinguem serviços de bens.
Características
Serviços
Bens
Relação com os clientes
Relação freqüente com
os clientes.
Na sua maioria é uma relação
impessoal é breve, embora a
força e a freqüência das relações
estejam aumentando.
Perecibilidade
Produtos que não podem
ser estocados.
Bens podem ser colocados em
estoque e usado num momento
posterior.
12
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
Intangibilidade
O cliente possui apenas
recordações ou resultados
obtidos, como um corte de
cabelo.
Produtos que podem ser
comercializados ou dados
para outros.
Inseparabilidade
Serviços que geralmente não
podem ser separados da
pessoa que os fornece, como
a consulta a um médico.
Bens que normalmente são
produzidos por determinadas
pessoas e vendidos por
outras.
Esforço do cliente
O cliente acompanha a
produção dos serviços.
O envolvimento do cliente
pode se limitado a comprar o
produto e usá-lo.
Uniformidade
Devido à inseparabilidade e
ao alto envolvimento, cada
serviço pode ser único, com
uma possível variação de
qualidade.
As variações na qualidade e
as diferenças em relação a
padrões podem ser corrigidas
antes que os clientes
comprem os produtos.
Cada uma dessas características representa desafios e requer certas estratégias,
segundo Gilbert A. Churchill, Jr, 2005. Os profissionais de marketing devem encontrar
maneiras de tornar tangível o intangível; aumentar a produtividade dos prestadores de
serviços; melhorar e padronizar a qualidade do serviço fornecido, e conciliar o fornecimento
de serviços durante períodos de pico e de baixa com a demanda do mercado.
Já Ian Cheston, 1991, acredita que a organização de serviços enfrenta três tarefas de
marketing: 1) ela precisa diferenciar sua oferta, sua entrega ou sua imagem. 2) ela precisa
administrar a qualidade do serviço, para que possa satisfazer as expectativas do cliente, ou
excedê-as. 3) ela precisa gerenciar a produtividade do profissional de serviços, fazendo com
que trabalhe de maneira mais inteligente, aumentar a qualidade de serviços em detrimento de
alguma qualidade, inventar novas soluções de produtos, desenvolver serviços mais eficazes,
apresentar aos clientes incentivos para substituírem o trabalho da empresa pelo seu trabalho e
utilizar a tecnologia para economizar tempo e dinheiro.
13
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
CAPÍTULO II – CARACTERIZAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO
4. TRADO TECNOLOGIA EM PISOS E ENGENHARIA
A Empresa Trado Tecnologia em Pisos e Engenharia é reconhecida por sua
competência e respeito aos seus clientes e fornecedores. Possui uma equipe técnica que
garante agilidade, eficiência e qualidade que os projetos industriais e comercias requerem.
Uma empresa capacitada na área da Engenharia Civil nos setores de pisos, e
revestimentos de alta resistência e construção civil, que proporciona uma prestação de serviço
diferenciada, tanto na implantação de um projeto como em sua manutenção e recuperação,
sempre levando aos seus clientes soluções inovadoras com o melhor custo benefício,
procurando a satisfação com os resultados final.
As matérias-primas utilizadas são produtos reconhecidos no mercado, visando um
trabalho eficiente e ágil. Credenciada junto a Polipiso do Brasil, que além de fornecer
produtos de alta tecnologia, proporciona treinamento e qualificação necessária para aplicação
dos produtos, garantindo assim a garantia solidária.
Cada projeto realizado recebe uma atenção especial, com um atendimento
personalizando, disponibilizando uma equipe com ampla experiência e tecnicamente
competente onde cada coordenador segue um cronograma elaborado pela equipe técnica e
com uma supervisão eficaz e presente em todas as etapas de desenvolvimento até o termino
das execuções. Trabalhando em parceria com seus colaboradores e fornecedores, onde o foco
esta nas soluções ágeis e eficientes para que possa garantir a qualidade do produto final.
4.1 Dados cadastrais
Razão Social: Trado Tecnologia em Pisos e Engenharia Ltda
Endereço: Rua Fernando de Noronha nº 37, Campo Grande / MS, CEP 79.290-110.
Inicio de atividade: 01 / 09 / 2001
CNPJ: 04.651.770/0001-55
Correspondências: Avenida Tamandaré, nº 1267 – Vila Planalto – Campo Grande / MS –
CEP 79.009-790
Telefone: ( 67 ) 3025 4270
14
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
Fax: ( 67 ) 3382 0313
E-mail: [email protected]
Ramo de Atividade: Atuando na área de Engenharia Civil, com ênfase nos setores de pisos e
revestimentos de alta resistência e construção civil.
4.2 Produtos e serviços
4.2.1 Pisos novos
Pisos cimentícios
Trabalha com argamassas cimentícias de alto desempenho para revestimento de piso
industrial. Composta por uma diversificação de agregados minerais e/ou metálica, ou ainda
pigmentados com aditivos. Destinada a execução de revestimentos lapidáveis, pronta a
atender solicitações estéticas e a resistir às agressões intenso de pedestre e impactos de
pequena e média intensidade, ou proporcionando pisos coloridos de efeito estético,
revestimentos de referencia ideal para implantação na indústria.
Pisos resinados
Oferece a proteção necessária contra cáustico, ácidos orgânicos e inorgânicos,
solventes e a maioria dos produtos químicos utilizados atualmente, além de resistência
mecânica máster ao tráfego intenso e pesado como de empilhadeiras, paleteiras, etc.
4.2.2 Restauração de pisos
Pisos cimentícios
Utilização de argamassas cimentícias de alto desempenho, composto em pó, préformuladas a base de cimento especial, aditivos, fibras, agregados minerais e metálicos,
apropriadas ao comportamento do sistema overlay, que através de primers em pó e adesivos,
garantem a ancoragem.
15
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
Pisos Resinados
Aplicando produtos compostos de argamassas para a recomposição de pisos e
estruturas de concreto, bem como para chumbamento e ancoragens de responsabilidade.
Argamassas especiais
Obtém o resultado aplicando produto formulado com cimento Portiland e aditivos
especiais para reparo em piso de concreto desplacado.
4.2.3 Tratamento de Superfícies
Com a aplicação de seladores desenvolvidos para incrementar a resistência física,
proteger e para reagir com diversas matérias químicas existentes ao concreto, ao mesmo
tempo agir como protetores contra ataque de substancia agressivas.
Produtos que proporciona alta resistência ao trafego com ganho de nível estético e
maior facilidade de limpeza, ao mesmo tempo em que agem como protetores contra ataque de
substâncias agressivas e melhora as estabilidades químicas, aumentando significativamente a
resistência à abrasão, aumentando a vida útil do pavimento.
Tendo como opção um sistema de tinta com elevada espessura a base de resinas epóxi,
de notável resistência física e química, proporcionando tecnicamente uma blindagem de alto
desempenho mecânico, químico e estético, destinados a pisos industriais, laboratoriais,
administrativos, comerciais, entre outros.
4.2.4 Tratamento de juntas e reforço de bordas
A finalidade é tratar bordas e juntas em áreas com trafego intenso de veículos de rodas
rígidas, possuindo as solicitações mecânicas e químicas, podendo ser usado em pisos novos e
antigos.
Promovendo além da segurança a toda atividade de circulação envolvida, ganhos reais
com manutenção e produtividade.
São utilizados selantes de auto desempenho para vedação de juntas de dilatação de
paredes, pisos e pavimentos industriais a base de resinas. Após completa secagem, resulta em
elastômero de borracha de poliuretano com excepcional qualidade de resistência a interpéries.
16
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
4.3 Estrutura empresarial
Gestor - Deptº Comercial e Engenharia
Eng° Robson Luiz Martins
Gestora - Deptº Administrativo e Financeiro
Admª Renata Andréia Martins
Gestor - Deptº Custo e Compras
Elinei de Souza Morais
Departamento de engenharia
Setor de Planejamento, Controle e Orçamento
Engº Geziel Nogueira
Igor Felipe Braun
Coordenador de Produção
João Orico Medina
Coordenadores Execução
Cristiano de Mello
Enéias da Silva Mendes
Nilson Toshiro da Silveira
Sub Coordenador Cleverson Ledesma Nogueira
4.4 Relacionamentos comerciais
Independência Alimentos Ltda
Marfrig Frigorífico e Com. de Alimentos Ltda
Friboi Ltda
MGS Foods Indústria e Com. Ltda
Seara Alimentos S/A
Proenge Projetos e Obras de Engenharia Ltda
17
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
Plaenge Empreendimentos Ltda
TRM Engenharia Ltda
Sul Metal Construção Ltda
Tecol Tecnologia, Engenharia e Construção Ltda
Conenge Construções e Engenharia Ltda
Construtora Gaúcha Ltda
Emisa Plaenge Engenharia Ltda
Tauná Engenharia Ltda
Egelte Engenharia Ltda
SD Engenharia Ltda
Enersul – Companhia Energética de Mato Grosso do Sul
Construtora Maksoud Rahe Ltda
Palma Engenharia Ltda
Tortuga S/A
TDB Têxtil S/A
FAB – Força Aérea Brasileira
Infraero
Posto dos Poderes Ltda
Serra da Borba Mineração e Metalurgia S/A
Indústria e Comércio de Bebidas Funada Ltda
4.5 Setor analisado
O período de estágio para análise foi direcionado ao setor de marketing da empresa
Trado Tecnologia em Pisos e Engenharia.
O setor de marketing, da empresa Trado, não esta aproveitando todas as oportunidades
de divulgação de sua marca, houve a preocupação em aprimorá-lo, conhecendo a importância
desse setor para o desenvolvimento das empresas.
18
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
CAPÍTULO III – PROCEDIMENTOS EMPREGADOS
Durante o período de análise do setor de marketing na, Trado Tecnologia em Pisos e
Engenharia, foi apresentada a estrutura física e organizacional da empresa. O
acompanhamento dos processos de mobilização e desmobilização das obras, observando
assim, quais as ferramentas utilizadas e que maneira eram realizados os transportes das
máquinas e equipamentos que atenderia a necessidade dos projetos.
Verificação dos maquinários e equipamentos realizados na prestação de serviço,
analisando seu estado de conservação e funcionabilidade em obra.
A apresentação aos colaboradores que estão em contato direto com a obra foi essencial
para esclarecer dúvidas sobre o comportamento dos clientes mediante a observação do mesmo
quanto à prestação de serviço.
Contatos com empresas especializadas em artes gráficas foram realizados, a fim de
levantar o investimento necessário e o período dispensado para a produção de adesivos,
imantados para os veículos, placas de identificações, necessárias em obras e crachás de
identificação individual.
Para analisar a possibilidade de elaboração de um vídeo institucional a fim de divulgar
uma técnica exclusiva de aplicação de determinados produtos de pisos de alta resistência,
foram realizados contatos com produtoras de vídeos para verificar a viabilidade da produção e
os investimentos necessários.
Visitas a clientes e concorrentes foram realizadas, com o intuito de descobrir qual a
imagem que a empresa Trado transmite para o mercado do Mato Grosso do Sul.
Participações em reuniões entre os gestores da empresa a fim de identificar a
necessidade e de que maneira poderíamos agregar valores ao setor analisado.
19
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
5. CONCLUSÃO/ INTERVENÇÃO
A empresa Trado Tecnologia em Pisos e Engenharia, realizando projetos de pisos de
alta resistência e engenharia civil, mostrou diante da observação obtida no período de análise
que a empresa esta preocupada com a comunicação frente aos seus clientes e colaboradores,
portanto, segue-se o desenvolvimento de ferramentas para agregar valor ao que já existe como
canal de comunicação.
Descrevemos como canais de comunicação, os equipamentos que são utilizados nas
obras desenvolvidas pela empresa, como maquinários, EPIs ( Equipamentos de Proteção
Individual ), ferramentas, veículos e placas de identificação. Esses canais podem ser
explorados para que a marca da empresa seja lembrada em todos as etapas dos projetos tanto
na elaboração de pisos de alta resistência quanto no seguimento de engenharia civil.
Os equipamentos estão em bom estado de conservação e sempre funcionando de
maneira correta, assim como os EPIs, devido à disposição de um colaborador para a
manutenção dos mesmos e quando há necessidade de substituição, é solicitada.
Para os equipamentos, ferramentas e EPIs, que são utilizados nos projetos em
execução, o desenvolvimento de um adesivo de alta qualidade de fixação, que traga impresso
a logo da empresa e informações com o intuito de divulgar o endereço e a forma de contato.
A empresa Trado dispõe de veículos para o transporte de máquinas e de seus
colaboradores, veículos esses em perfeito estado de conservação garantindo toda segurança
necessária para a locomoção.
Os veículos utilizados podem ser também adesivados, para que possa enviar a
mensagem da empresa nos Estados de MS e MT e em outras localidades do país.
Em todos os projetos de execução de engenharia civil, existe a necessidade de uma
placa de identificação contendo o nome do engenheiro responsável pela obra e o número de
inscrição do mesmo, com o intuito de fiscalização do órgão responsável, CREA – Conselho
Regional de Engenharia e Arquitetura.
Em sua maioria as placas são feitas de material de “lata” devidamente pintada, para
que se possam suportar os efeitos do tempo, porém não fica visivelmente agradável, o que a
empresa pode desenvolver uma placa elaborada em PVC, serigrafada, fixada em uma armação
feita com cano galvanizado, e devidamente amarrada e constando todas as informações
necessárias.
20
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
Por mais que os colaboradores utilizem uniformes com a logomarca da empresa, podese acrescentar algo que proporcionará credibilidade, onde a empresa estará divulgando o seu
nome, diante da identificação. A criação de crachás de identificação individual estaria levando
consigo o nome da Trado, e também acabaria auxiliando ao departamento de pessoal.
O desenvolvimento de um vídeo institucional, de no máximo 4 ( quatro ) minutos, que
teria como finalidade a divulgação de técnicas de aplicação exclusivas no Estado de MS e
MT, demonstrando como é realizado a prestação de serviço da empresa Trado bem como o
seu resultado final.
A divulgação da empresa através de um portifólio de produtos e serviços, que
disponibilizaria fotos de serviços prestados (resultados finais), e mostrando o que a empresa
Trado tem para oferecer, divulgado a história da empresa sua missão e visão perante o
mercado, bem como sua estrutura em quanto empresa e divulgação de clientes já atendidos.
Explorando os canais de comunicação existentes na empresa, como colaboradores,
máquinas, equipamentos e outros, podem ser desenvolvidos algumas ações, com baixos
custos, garantindo assim um retorno financeiro.
A comunicação visual pode agregar valor ao serviço prestado, pois existe um
excelente serviço realizado, porém com pouca divulgação deste.
21
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE CAMPO GRANDE
REFERÊNCIAS
Chaston, I. Excelência em Marketing – Como Gerenciar o processo de marketing
buscando um melhor desempenho organizacional – Do original Managing for Marketing
Excellence – Makron Books do Brasil Editora Ltda.
Rosa, J. A. Práticas de marketing para a pequena empresa. Editora STS Publicações e
Serviços Ltda, SP, 1992.
Churchil, G. A. Jr. e Peter, J. P. Marketing Criando valor para os clientes. Editora Saraiva
2° edição, 2005.
Kotler, P. Administração de Marketing. Editora Pretice Hall, 10° ed. SP. 2000.
22
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards