Conferência de Copenhague

Propaganda
Conferência de Copenhague
Chance de um pacto mundial pelo clima?
Senhor Presidente, senhoras e senhores deputados
De 7 a 18 de dezembro de 2009, acontece a próxima conferência da Organização das
Nações Unidas (ONU) sobre mudanças climáticas. Será sediada em Copenhague
(Dinamarca) sob o título de 15ª CONFERÊNCIA DAS PARTES DA CONVENÇÃO
MARCO DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE A MUDANÇA CLIMÁTICA/ COP-15 – ou
simplesmente CONFERÊNCIA DE COPENHAGUE.
A CONFERÊNCIA DE COPENHAGUE da ONU vem sendo precedida pelo anúncio
preocupante feito pelo CONGRESSO CIENTÍFICO INTERNACIONAL SOBRE
MUDANÇA CLIMÁTICA (Copenhague, em maio) sobre as emissões de gases que
aceleram o efeito estufa, prevendo cenários futuros de aquecimento global e
alterações no clima piores daqueles verificados nas previsões antecipadas em 2008
pelo IPCC (Painel Intragovernamental de Mudanças Climáticas) da própria ONU;
Um resultado concreto que foi gerado por esse tipo de negociação internacional entre
países foi o PROTOCOLO DE KYOTO, que estabeleceu parâmetros internacionais
para a redução das emissões dos gases de efeito estufa, especialmente o carbono
(CO2), através do MDL (Mecanismo de Desenvolvimento Limpo). Esse protocolo foi
discutido e apresentado em 1997 no Japão e para entrar em vigor, precisou que os
países responsáveis por 55% das emissões mundiais o ratificassem, o que ocorreu em
2005, após entrada da Rússia em 2004;
Espera-se que a CONFERÊNCIA DE COPENHAGUE estipule metas de emissões de
gases até 2020 para os países industrializados;
É fundamental que países e populações pobres e exploradas do mundo, que são as
que mais sofrem com a crise ambiental e pagam pela crise econômica, formulem
imediatamente suas pautas de reivindicações para o processo de negociação entre as
nações imperialistas e os países pobres, acerca do futuro da humanidade, que passa
pelo aquecimento global e a CONFERÊNCIA DE COPENHAGUE.
O Goddard Institute for Space Studies, dirigido por James Hansen, anunciou que
nesse mês o mundo esquentou estonteantes 0,63 graus centígrados. Quer dizer, mais
do que o aquecimento na totalidade do século 20.
A questão do aquecimento global é consequência da CRISE AMBIENTAL MUNDIAL,
provocada pelo modelo econômico neoliberal, que aprofundou a utilização dos
recursos do Planeta Terra em prol da multiplicação da riqueza, para alguns, e da
pobreza para a maioria.
A CRISE AMBIENTAL é gerada pelo modelo neoliberal, que transforma as relações
humanas em meras trocas de mercadorias e constrói um imaginário que todas as
coisas do mundo podem ser quantificadas monetariamente. Valores humanos e
recursos naturais essenciais para a vida, jamais poderão ser quantificados – esse
grave erro é que gera a crise ambiental global e o medo de uma catástrofe climática.
Nesse sentido, a CONFERÊNCIA DE COPENHAGUE é uma oportunidade de afirmar
modelos de produção que revertam a destinação de bilhões de dólares para atividades
do sistema produtivo capitalista, que na prática aprofundam a CRIDE AMBIENTAL e o
AQUECIMENTO GLOBAL. Para isso é necessário políticas que modifiquem a
racionalidade capitalista e anti-ambiental da produção e priorizem nações e
populações pobres do Planeta Terra.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards