Efeitos top down e bottom up sobre guildas de insetos aquáticos

Propaganda
Efeitos top down e bottom up sobre guildas de insetos
aquáticos, uma avaliação experimental.
Alex S. Braga¹; Isabela C. Rocha¹; Tadeu J. A. Guerra²; Henrique Paprocki³
¹ ³ Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Museu de Ciências Naturais. Av. Dom
José Gaspar 290, Bairro Coração Eucarístico, CEP: 30575-610, Belo Horizonte, MG, Brasil.
[email protected]; [email protected];
² Universidade Federal de Minas Gerais. Departamento de Biologia. Av. Antônio Carlos 6627,
Bairro Pampulha, CEP: 31270-910, Belo Horizonte, MG, Brasil.
Este trabalho teve como objetivo avaliar efeitos Top Down e Bottom Up sobre
as guildas de insetos aquáticos em um segmento do Rio do Peixe Tolo, Bacia
Hidrográfica do Rio Parauninha, distrito de Itacolomi - MG. Desse modo,
desenvolvemos um experimento de avaliação em blocos, com 4 tratamentos
diferentes em cada bloco. O experimento foi montado em amostradores
cilíndricos cheios com uma seleção de seixos uniformes e 65 gramas de folhas
desidratadas. Os amostradores foram confeccionados utilizando cano de PVC
200mm de diâmetro, cor branca, cortados em anéis de 60 mm de largura. Os
mesmos foram cobertos por uma rede de nylon, cor verde, com abertura de
rede de 2 mm e 300 mm de comprimento abertos nas duas extremidades,
exceto para exclusão de predadores fechados com uma tela de abertura de
rede de 4 mm. Todos os tratamentos foram compostos de 15 seixos de
tamanhos padronizados com diâmetro médio de 80 mm, o 1º sem matéria
orgânica e sem exclusão de predadores, o 2º sem matéria orgânica e com
exclusão de predadores, o 3º sem exclusão de predadores e com matéria
orgânica e o 4º com matéria orgânica e com exclusão de predadores. Estes
blocos foram repetidos 10 vezes através de um trecho de aproximadamente
600 metros de riacho sendo colocados em condições similares de altura da
coluna d’água e correnteza. O tempo de colonização avaliado no experimento
foi de 35 dias, durante os meses de abril a maio de 2012. O número total de
organismos coletados em um bloco experimental foi de 1922 indivíduos para os
4 tratamentos, distribuídos em: Ephemeroptera (60,93%); Diptera (20,97%);
Trichoptera (11,91%); Plecoptera (3,85%); Coleoptera (1,51%); Odonata
(0,83%). A distribuição das ordens apresentou-se de forma similar entre os 4
tratamentos, embora os dípteros foram mais abundantes nos tratamentos que
tiveram a inserção de matéria orgânica.
Palavras-chave: insetos bentônicos; substrato artificial; matéria orgânica.
Apoio: PROBIC PUC Minas.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards