Programas para as Provas

Propaganda
Programas para as Provas
1. Língua Portuguesa e Literatura Brasileira
A prova de Português compreenderá duas questões de Redação e catorze questões objetivas de
Língua Portuguesa e Literatura Brasileira.
1.1 Redação
A prova de redação procurará avaliar se o candidato sabe utilizar a modalidade escrita culta da
língua para explicitar o seu pensamento sobre determinado(s) assunto(s). Ela se constituirá de
questões que exigirão do candidato capacidade de leitura e interpretação para que possa
responder adequadamente aos itens propostos, que poderão ser a elaboração de resumos,
rascunhos, dissertações, descrições, narrações, análises, cartas, etc.
A avaliação levará em conta se:

o candidato discorreu sobre os assuntos propostos, cumprindo adequadamente o que foi
solicitado no enunciado da questão;

os textos foram produzidos com a utilização da norma escrita culta, revelando domínio, por
parte do candidato, das regras gramaticais que organizam a modalidade escrita culta da
língua portuguesa;

os textos foram estruturados de modo coeso, com o emprego adequado dos recursos
coesivos (advérbios, pronomes, conjunções, repetições, etc.) de que dispõe a modalidade
escrita culta da língua portuguesa;

os textos foram desenvolvidos coerentemente (a partir da solicitação proposta),
demonstrando a habilidade do candidato em manter uma seqüência lógica de idéias.
1.2 Língua Portuguesa
Na prova de Língua Portuguesa, o candidato deverá demonstrar capacidade de ler, analisar,
interpretar e reorganizar textos, valendo-se dos vários recursos lingüísticos e culturais de que o
usuário da língua dispõe quando da efetiva organização de textos falados ou escritos. Assim
sendo, o candidato deverá demonstrar domínio das diferentes estratégias lingüísticas das quais
nos utilizamos quando produzimos textos orais ou escritos, atentando para o fato de que todo
discurso social emitido (religioso, político, científico, literário, doméstico, humorístico, etc.) se
efetiva a partir de um sujeito-emissor que fala ou escreve sobre algo (o referente) para alguém
(audiência social), selecionando e organizando as inúmeras possibilidades e recursos lingüísticos
que a língua oferece. Além disso, deve estar atento para o fato de que esse texto ou essa fala
produzidos também são determinados pelo contexto em que se inserem e pelos objetivos
(persuadir, emocionar, fazer rir, ocultar, etc.) que visam concretizar.
O candidato será exposto a vários tipos de textos (jornalístico, literário, científico, religioso,
doméstico, formal, informal, etc.) e deverá demonstrar capacidade de reconhecer as
especificidades técnicas de cada discurso, analisando-as, explicitando-as e reorganizando-as
quando apresentarem inadequações. Deverá, também, interpretar os discursos, imprimindo-lhes
sentido ou reorganizando-os, mudando-lhes a mensagem.
Para tais tarefas, o candidato deve ter familiaridade com a gramática da língua portuguesa e
entender que o real domínio desta é condição para criar discursos compreensíveis e coerentes.
Sendo a língua um produto social, ou seja, formulado e usado pelos falantes, entendemos que há
regras, normas que orientam as construções dos discursos de que nos utilizamos no dia-a-dia.
Essas regras existem a fim de que haja efetiva comunicação entre os falantes e, se assim não
fosse, cada um criaria a sua própria língua, liberta de normas sociais, mas com pouca chance de
inteligibilidade e comunicação.
Para que o candidato possa analisar os diversos discursos que poderão estar presentes na prova
de Língua Portuguesa, é necessário que domine alguns pontos listados a seguir:
Sintaxe:
a) emprego das classes gramaticais;
b) concordância;
c) regência;
d) colocação;
e) coesão;
f) coerência;
g) pontuação.
Semântica:
a) interpretação de texto;
b) conotação e denotação;
c) significação das palavras;
d) figuras.
Modalidades discursivas:
discurso jornalístico, literário, publicitário, etc.
1.3 Literatura Brasileira
Os textos poéticos e ficcionais da Literatura Brasileira são importantes documentos culturais de
nossa história e a leitura e análise deles pode propiciar uma real ampliação do horizonte sóciocultural dos cidadãos. Além disso, o discurso literário veicula, assim como o histórico, o jornalístico
e o científico, uma certa visão da realidade da qual fazemos parte. Dessa forma, é fundamental
que o candidato entre em contato com obras da Literatura Brasileira a fim de que perceba aí um
discurso específico sobre a realidade social. Para isso temos indicado anualmente 4 (quatro) livros
representativos. O candidato deverá ser capaz de situá-los no contexto sócio-literário do qual
fazem parte e com o qual podem travar relações de reprodução, afirmação, constatação,
contestação, exaltação, etc., também percebendo e analisando a fabulação, os temas formalizados
e a sua estruturação, ou seja, os elementos ficcionais e poéticos que os compõem.
O candidato terá, também, que demonstrar conhecimentos sobre a História da Literatura Brasileira,
percebendo as relações que autores e obras representativas de momentos literários específicos
travam com a filosofia, a história e a cultura de cada época. Essa etapa de avaliação se efetivará a
partir de questões teóricas, não necessariamente vinculadas às quatro obras escolhidas e
determinadas para a leitura.
Obras utilizadas na Prova de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira:
a) Dom Casmurro, de Machado de Assis;
b) Leão-de-Chácara, de João Antônio;
c) Meus Poemas Preferidos, de Manuel Bandeira;
d) O Santo e a Porca, de Ariano Suassuna.
.
2. Matemática
2.1 As quatro operações.
2.2 Conceito de área, perímetro e volume.
2.3 Tradução de problemas para a linguagem algébrica.
2.4 Noção de proporcionalidade: fração e razão (semelhanças e diferenças), razão e proporção.
2.5 Variação de uma grandeza em relação a outra: diretamente e inversamente proporcionais.
Idéia de função.
2.6 Porcentagens e juros.
2.7 Representação cartesiana, interpretação de gráficos.
3 . Línguas Estrangeiras Modernas - Espanhol e Inglês
Por reconhecer a relevância da habilidade de leitura em língua estrangeira para as
atividades acadêmicas no ensino superior, as provas de língua estrangeira da Unibrasil
deverão se concentrar na capacidade do candidato de compreender e interpretar
diferentes tipos de texto na língua escolhida.
O conceito de leitura que embasa a elaboração das questões exclui a idéia de
leitura como mera decodificação e a entende como uma interação entre texto e leitor, na
qual o leitor utiliza tanto seu conhecimento da língua como seu conhecimento de mundo
para fazer inferências e produzir sentidos, sem esquecer que, sendo o texto o produto de
uma atividade sociocultural, é preciso observar as condições sociais e históricas de sua
produção e suas circunstâncias imediatas (tipo, fonte, autoria, época, intenções, etc.).
O conhecimento da gramática da língua e do vocabulário será exigido apenas na
medida de suas funções na construção do texto e na produção de sentidos. São exemplos
de conhecimentos lingüísticos específicos necessários à compreensão e interpretação de
textos:
 compreensão das estruturas sintáticas;
 interpretação de elementos coesivos, tais como, pronomes pessoais,
demonstrativos, indefinidos; comparativos, etc;
 reconhecimento de expressões elípticas;
 interpretação de coesão lexical (relacionando termos e palavras no texto);
 interpretação de marcadores discursivos, tais como, organizadores
seqüenciais, conjunções, sinalizadores de ponto de vista, etc.
As provas de Língua Estrangeira Moderna buscarão avaliar a capacidade do
candidato em:
 reconhecer e identificar informações explícitas no texto;
 discernir as idéias principais das idéias secundárias;
 reconhecer a organização geral do texto e sua funcionalidade;
 relacionar idéias internas entre diferentes trechos do texto;
 estabelecer relações entre o explícito no texto e a realidade exterior;
 localizar informações específicas no texto;
 fazer inferências de informações implícitas no texto;
 identificar o gênero e a finalidade do texto;
 perceber o ponto de vista do autor em relação ao assunto tratado pelo texto;
 julgar a qualidade do texto em função de seu(s) objetivo(s).
4. História
Principais habilidades e competências a serem demonstradas pelo candidato na área de História:



identificar, distinguir e ordenar elementos sociais, políticos e econômicos da história
mundial e nacional;
identificar permanências e rupturas no processo histórico;
contextualizar e analisar documentos históricos;
4. 1 O mundo clássico
Os gregos e a evolução política e social de Atenas; colonização grega; helenismo; legado cultural
grego. Os romanos e a evolução política e social de Roma; instituições romanas; o direito romano;
o cristianismo.
4.2 O mundo feudal
A Europa bárbara; a igreja medieval; a cultura medieval; descentralização política feudal; expansão
do islamismo; a burguesia e a urbanização; a formação do Estado nacional na península ibérica.
4.3 O mundo moderno
O absolutismo; o renascimento comercial europeu; o ideário mercantilista; a expansão marítima
européia e o “achamento” da América; o Brasil e a América nos quadros do sistema colonial
europeu; a reforma protestante e a contra-reforma; a crise do sistema colonial português e
espanhol; A Revolução Gloriosa na Inglaterra; a expansão da industrialização européia; a
Revolução Francesa e o Congresso de Viena; o processo de independência e a afirmação do
Estado nacional brasileiro; expansão cafeeira no Brasil e o a transição do trabalho escravo para o
trabalho livre;
4.4 O mundo contemporâneo
A Inglaterra e novo modelo de imperialismo no século XIX; o desenvolvimento dos Estados Unidos
e as suas relações com a América Latina; a República Oligárquica no Brasil; o nacionalismo
europeu no século XIX e a unificação da Itália e Alemanha; a Primeira Guerra Mundial; a
Revolução Russa; os governos totalitários na Europa; a Crise de 1929; a Revolução de 1930 no
Brasil; O governo de Getulio Vargas; A Segunda Guerra Mundial; Democracia e populismo no
Brasil; guerras e revoluções no contexto da Guerra Fria; o regime militar e a modernização
conservadora no Brasil; o processo de redemocratização brasileira; a crise do bloco soviético e o
fim da URSS; neoliberalismo e a globalização;
5. Geografia
5.1 O sistema solar.
5.2 A Terra.
5.3 Atmosfera.
5.4 A hidrosfera.
5.5 Estrutura geológica.
5.6 Geografia urbana.
5.7 América Latina.
5.8 O espaço brasileiro
5.9 Geografia da população brasileira (crescimento, perfil e distribuição geográfica).
5.10 Geografia urbana do Brasil; problemas ambientais dos grandes centros urbanos.
5.11 Recursos minerais no Brasil.
5.12 Fontes de energia no Brasil.
5.13 Questão agrária no Brasil.
5.14 Dinâmica da economia brasileira; a agroexportação e a industrialização.
5.15 – Geografia política.
5.16 – As relações de poder no espaço mundial.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards