Método de estudos

Propaganda
Sugestão para método de Estudo.
Adaptação da Palestra sobre Métodos de Estudo ministrada
pelos profs. Vitor Kümpel e Luiz Antonio do Complexo
Jurídico Damásio de Jesus, em 21/09/04
Quem não tem auto-estima não aprende, pois se auto-limita.
Eu sou capaz de memorizar, aprender. Isso tem que ficar gravado em nosso cérebro.
Eu preciso acreditar, preciso querer. O poder de autodeterminação, de autoconfiança.
Transformar a idéia em realidade. O ser humano é o único que pode imaginar algo e
transformar em concreto.
Fator tempo - é necessário perseverança. É a natureza que faz o trabalho de
assimilação para você. Não desista no meio do caminho.
Os espanhóis quando chegaram na América, o primeiro barco que chegou, o espanhol
colocou fogo em todos os barcos que haviam trazidos para cá. E disse: “Vocês não voltam
daqui enquanto não conquistarem essas terras.” – E nossas vidas daqui para frente vão ser
assim. Entramos num barco que não tem mais volta. Só saímos dessa depois que
conquistarmos o diploma, passar no exame da OAB, para alguns alcançar títulos acadêmicos
de mestre ou doutor, para outros ser aprovado num concurso público..
Quando você acredita, a química cerebral vai mudando, os neurotransmissores vão se
modificando
É necessário ousar, ter coragem. A vida não aceita passividade. Se você não
ousar a vida deixa você como você está. A vida é um espelho. Como você se enxerga será
como você será.
“ O cérebro constrói o mundo de acordo com os interesses particulares do indivíduo”
- Interesse sincero em construir esse caminho.
Domínio das Informações:
III-
Memória ativa, próxima ou imediata, memória de curto prazo.
Memória de longo prazo, remota ou mediata.
Se você deixar a informação na memória de curto prazo ela não migra para a memória
de longo prazo.
A de longo prazo é que vai nos interessar.
O grande segredo é potencializar o registro das informações da memória de curto
prazo para longo prazo.
Memória são padrões de conexão entre células nervosas.
Memória recém codificada: vai para a de curto prazo.Ou ela vai para o registro
duradouro de longo prazo ou ela é descartada.
Estudo de Ebbing Hans:
-
Em 1 hora
Em 9 horas
Em 1 dia
Em 2 dias
- esquecemos 56% do que é lido;
- esquecemos 8%
- esquecemos 7 %
- esquecemos mais 6%.
Ou seja em 1 mês você só tem 23% das informações retidas.
Quanto mais você ataca a informação mais perto menos é a perda. Por isso que é
necessário fazer revisões constantes umas perto das outras sempre.
Quem sabe mais, não é porque é mais inteligente do que o outro. É porque
revisou mais. Não deixe para revisar muito tarde. Quanto mais cedo revisar
melhor. A repetição é a chave para o pré-conhecimento
Em todas as grandes descobertas o homem estava calmo. O cérebro para raciocinar
tem de estar tranqüilo. Se você revisar de manhã uma matéria que estudou a noite,
você assimila melhor, pois de manhã você está relaxado.
Decisão para e resposta:
Hipocampo: Ele que escolhe quem entra e quem não entra no cérebro. Ele é
quem tem a chave para o registro duradouro. O hipocampo é um gerente seu. Ele é que
é a chave para a memória de longo prazo.
É necessário ter interesse, pois sem isso nada vai para frente, sem o interesse a
informação não vai para a memória de longo prazo.
Concentração: Exige-se esforço a capacidade de se concentrar, e isso desgasta o
cérebro e você passa a sentir sono. Ter sono é um ótimo sinal que a concentração está
indo bem.
Hemisfério Esquerdo do Cérebro:
É responsável pelo raciocínio, pela memória.
Para se aprender é preciso interagir os 2 hemisférios do cérebro.
Hemisfério direito:
Trabalhar sem tensão. Trabalha com o pensamento, com a imaginação. Por isso
que os exemplos quando se está estudando são importantíssimos.
A informação entra pelo lado esquerdo, vai para o direito e volta para o
esquerdo e aí sim ela é assimilada.
É necessário que a informação tenha significado emocional. Por isso que é
necessário trabalhar contente, de bem com a vida.
Você tem que ser feliz hoje. Não é o fato de você ser Advogado, Juiz,
Delegado, Consultor ou Promotor que você vai ser feliz. A felicidade está dentro de si.
Ritmo da Atividade Cerebral:
De 6 herts para frente é a atividade cerebral em que o cérebro assimila as idéias
(12,13,14 herts) - Menos que isso não entra informação no cérebro. Você agüenta
ficar a 20 herts somente no máximo a 40, 50 minutos. Não dá para ficar 6 horas
direto estudando porque o seu cérebro não vai assimilar nada.
1 parada a cada 50 minutos, no máximo 1 hora. Parar de 10 a 15 minutos. (quando
você dá essa parada, e come uma maçã, por exemplo, você está aprendendo. (O
Kümpel acaba com todas as maçãs do complexo. Tem uma fruta na frente dele ele
traça) – Falar no telefone também descansa o cérebro. Tem de se fazer uma atividade
prazerosa nesse período de descanso).Sono - Exercício Físico Aeróbico.
Leitura e Concentração:Não adianta fazer leitura dinâmica. É necessário a conexão
de dados.
Ciclos do Sono:
É fundamental a importância do sono para a estrutura química do cérebro.
1ª fase: Desligamento do ambiente externo.
2ª fase: Sono profundo, onde começa a entrar o aprendizado.
3ª fase: Sono profundo e aprendizagem.
Com o sono você está aprendendo.
No mínimo 6 horas de sono por noite. Mas o ideal são 8 horas.
A importância dos olhos: ( Alguns são visuais, outros são auditivos- ouvintes, e
outros aprendem mais vendo imagens.)
Leitura visual – o olho é o último sentido do cérebro. Quanto mais iluminado
for o cérebro mais ele aprende. A luz, o sol, é importantíssimo. O depressivo gosta de
escuridão.
No exame, ou chamada oral, não olhar para baixo. Olhar para o olho do
examinador. Pois nisso eles já estão te avaliando.
Falar com você mesmo é a hora que você armazena os dados.
É importante você fechar os olhos e se auto-ensinar em silêncio. Esse é o
último estágio, esta etapa é fundamental.
Na hora de dormir falar – Eu estudei o que ?!!! Reler mentalmente tudo o que
estudou durante o dia.
1. Intrapessoal:
Facilidade de se comunicar consigo próprio.
Estabelecer metas – tempo de duração.
Você tem de ser honesto consigo mesmo. Você pode enganar a todos
mesmo a você mesmo.
2. Não estudar 7 dias por semana. É necessário descansar 1 dia. Longevidade é
programação. Fazer as coisas sempre no mesmo horário, do mesmo jeito, pois o
cérebro é ritmado. Enquanto eu mantiver o ritmo eu não vou ter problemas
cerebrais.
3. Inteligência Emocional:.
A memória aumenta proporcionalmente ao motivo. (motivação)
A motivação mais a repetição é igual a retenção.
Repetir é assimilar. Repetir a exaustão o movimento.
Retenção de memória aumenta proporcionalmente ao seu uso. A leitura não
adianta. É necessário memorizar o ponto. ( o caderno, livros, etc...) Alguns pontos mesmo que
você não revise você já sabe porque você memorizou.
É melhor memorizar o ponto 20 vezes do que ler o livro inteiro. (ler não adianta)
Ex.: Você se dedica 4 horas para estudar uma matéria. Desse período, reserve uma
hora para rever mentalmente tudo o que você estudou, assimilou. Não pode se tornar leitura,
a leitura não é memorização.
OS 10 PASSOS PARA O BOM ESTUDO
1º) Interesse: Auto-Controle. Dominar a sua disposição. (reconhecer o que o está distraindo).
A memória precisa ser disciplinada. Dormir um pouco depois do almoço pode
ajudar, mas não é para dormir a tarde inteira. Não pode ser assim, tem que ser prático tem de
se programar, sem perder tempo.
Tem que estudar o que não gosta, é importantíssimo. Ficar em cima do que já
sabe não compensa.
Se a pessoa ler em voz alta para ela mesma, não tem como se distrair.
2º) A motivação é a imposição de horários.
Cumprir a risca os horários. Fazer uma programação semanal em relação a
todas as matérias. Ler a matéria do dia dada, pois o seu plano de estudos é mais lento do que o
ritmo dado na aula. Ou seja, deve-se seguir o seu próprio plano de estudos, e reservar um
horário no final do dia para dar uma boa lida, no que foi dado naquele dia.
Muitas vezes o saber pouco mais saber bem, é mais importante do que Ter lido
tudo e não ter memorizado nada.
É melhor memorizar de cabeça para baixo a sinopse do que ler o livro
inteiro do Tourinho. Sinopse é jóia se memorizada, claro.
3) Auto-Controle – corresponde a 30%
Estabelecimento de metas. Quanto eu vou conseguir andar em cada matéria por
semana. A pessoa só pode ser dar direito a lazer se cumprir a meta. Caso você não faça isso,
você fica com sentimento de culpa na cabeça. Você sai na balada e fica com aquele
sentimento de culpa na cabeça. O que eu estou fazendo aqui? Deveria estar em casa
estudando.
4) Compreensão da matéria:
Memorizar entendendo o que está memorizando.
A memorização deve seguir um sentido lógico; dedutivo ou indutivo.
Sempre começa a estudar pelo conceito, depois natureza jurídica, requisitos, etc..etc...
Obs: Alunos que não tem o conhecimento de uma determinada matéria gostam
de ler o Código anotado, e muitas vezes se atrapalham. Para a compreensão inicial da matéria
é melhor a sinopse do que o anotado, pois é mais enxuto, e segue uma lógica. E o Cód. muitas
vezes não segue uma lógica.
Sempre estudar da parte geral para a parte especial.
Métodos dos laços mentais:
Fazer a associação das idéias. Fazer o mapa mental. Sempre estudar um ponto
e interagir com outros pontos e com outras matérias. Só se faz a associação de idéias depois
de estar tudo memorizado na cabeça.
Regras das impressões extraordinárias:
Fazer palavras chaves para que você relembre textos inteiros. Não escrever
frases, fazer palavras chaves nos rascunhos, que só você vai entender. E montar uma fichinha
que ao lê-la você conseguirá dar uma aula para qualquer parente, de 2 horas.
Ou seja, fazer palavras chaves que faça com que você relembre textos inteiros.
Nos intervalos, você só relê as fichinhas. Se você estudou uma vez bem estudado, você nunca
mais erra, ou esquece. (esse é o mapa mental)
Artifícios Menenômicos: formar palavras com as iniciais das letras.
Ex.: ISA - Infanticídio, Suicídio, Aborto.
5) Meta mediata e imediata:
Meta mediata: passar nas avaliações, nos exames, nas seleções, nos concursos.
Meta imediata: Meta semanal de estudos.
Se eu sei que eu tenho que caminhar 10 Km, eu preciso caminhar de 1Km em 1Km,
até percorrer o percurso todo.
Prosseguir até a meta mediata, ultrapassando as metas imediatas.
Ex.: 1ª semana ler 10 págs. e memorizar. Com o tempo ir aumentando
gradativamente.
Eu estudo 1 hora e descanso 10 minutos.
7) Fenômeno da reminiscência: Princípio do espacejamento. Um momento de descanso
mais vale do que dois momentos seguidos de estudo. É melhor estudar 1 hora, descansar 10
minutos, e depois estudar mais 1 hora, do que estudar 2 horas seguidas.
Não perder tempo com preparativos. Ser honesto no horário.
Decorar, mas somente depois que entendeu. Decorar sem entender não adianta.
8) Fazer mapas mentais – colocar 30, 40 páginas, em uma só.
Criar um todo coerente e manter as parte coerentes e associarem-se entre si.
Em 1 folhinha você consegue colocar os tópicos e através disso você
desenvolve uma dissertação.
 Leitura  compreensão
 Algumas revisões - E só então você consegue colocar tudo no mapa mental.
9) Recitação (falar alto) :
- Garante memória permanente.
- Ajuda a poupar tempo.
- Mostra qual o assunto de maior dificuldade.
- Assegura maior permanência da memória do material aprendizado.
Como você vai estudar isso no Centro de Estudos ?!! Por isso que é importante você
acostumar a falar alto em casa. Falar com você mesmo. Pois já é um exercício para o
dia de chamada oral ou exame oral também é importantíssimo mostrar serenidade.
10) Memória Seletiva:
Esquecer aquilo que não importa. Pois te ajuda a guardar as coisas importantes.
Como eu vou esquecer aquilo que não importa ?!! Basta não revisar !!!
É mais importante REVER do que AVANÇAR
“Para um texto ser seu, você tem que ler 6 vezes” – Até a sexta leitura um
texto é um texto, após isso ele passa a fazer parte de sua alma.
O que não se deve fazer:
Não acreditar na sua capacidade de compreensão, a ponto de se demorar mais do que
precisa em um determinado ponto. O tempo é precioso. É necessário saber dosar as matérias.
Dar ênfase maior a certas matérias..
Não estudar com mais de um manual.
Fazer resumo de tudo não dá. Então, ter um material em mãos, necessário para
memorizar. A sinopse te economiza tempo.
Leitura atenta, recitação, e memorização. Ter material enxuto. Como eu vou fazer
revisão de 2000 folhas do Tourinho. Não dá.
A sinopse é boa se você puder memorizá-la. Não é produtivo ficar resumindo a tarde
inteira. O ideal é enxugar para entender a matéria e poder memorizá-la.
Ter uma visão panorâmica da matéria.
Ficar atento as regras de memorização.
Ter organização no trabalho.
Não desanimar com os problemas da vida.
Inteligência:
- Cada um tem o seu ritmo.
O Aluno melhor informado e estimulado. Melhor desenvolvimento intelectual, maior
facilidade que os outros
Clareza no objeto + confiança na capacidade + técnicas corretas
“Deus não fez o homem para ser perdedor. O homem é que se fez perdedor. A
felicidade está dentro de você. Não é entrar numa carreira pública que vai te deixar
mais feliz. A felicidade é o agora. Ter tranquilidade. Este preço é o tempo. Mas pagando
esse preço você verá a alegria se materializar. A alegria de passar no concurso. Todos os
que de coração aberto se dispuserem a fazer isso, atingirão seus objetivos.” Vitor
Kümpel
OBS.: ESTA PALESTRA FOI TRANSCRITA A MÃO, ENQUANTO O PROFESSOR FALAVA,
ERA COPIADO NO CADERNO, AO PASSO QUE COMO TODO HUMANO, AS PALAVRAS PODEM
ESTAR SUJEITAS A FALHAS, MAS PROCUROU-SE CHEGAR O MAIS PERTO DA VERDADE DITA
EM SALA, DA VERDADE FALADA PELO PROFESSOR.
ESSE TRABALHO SÓ FOI POSSÍVEL, POIS NA XEROX DO DAMÁSIO, SE
ENCONTRA UM RESUMO DESTA PALESTRA COM OS PRINCIPAIS PONTOS
ABORDADOS. ESPERO QUE POSSA TER AJUDADO UM POUCO, A ORIENTÁLOS NESSSA LONGA JORNADA QUE TEREMOS PELA FRENTE. BOA SORTE. E
BOM ESTUDOS !!!
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Criar flashcards