9075 Prevalência de micro-organismos produtores de

Propaganda
Prevalência de micro-organismos produtores de
carbapenemase KPC isolados no LACEN/GO
Cassiane Casanova1; Ana B. M. Lima1; Ana B. A. C. Cardoso1, Carlos O.
Porto1; Larissa M. S. Deliberalli1; Robmary M. Almeida1; Wânia S. Ramos1;
Zânia P. A. C. M. Faria1
1
Laboratório de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros – LACEN/GO, Av. Contorno, 3556, Setor
Jardim Bela Vista, Goiânia-GO
INTRODUÇÃO: A resistência a carbapenêmicos é um grave problema de
saúde pública de âmbito mundial, particularmente pela elevada mortalidade e
pelo número reduzido de opções terapêuticas. A Klebsiella pneumoniae
Carbapenemase (KPC) aparece como uma das carbapenemases de grande
relevância pela sua rápida e ampla disseminação. OBJETIVO: Determinar a
prevalência de micro-organismos produtores de carbapenemase KPC isolados
de amostras clínicas de pacientes internados em unidades de saúde pública
vinculados à Secretaria de Estado da Saúde de Goiás no período de
janeiro/2013 a dezembro/2015. MÉTODO: A identificação e o perfil de
suscetibilidade foram realizados por meio do sistema VITEK 2® (bioMérieux)
associado aos testes bioquímicos manuais e disco-difusão (Kirby-Bauer). A
triagem fenotípica para detectar possível produção de KPC foi executada por
meio do teste de Hodge modificado. A genotipagem para confirmar presença
de blaKPC em bactérias resistentes aos carbapenêmicos foi realizada por
reação em cadeia da polimerase em tempo real pelo LAPIH/FIOCRUZ/RJ.
RESULTADOS: Foram identificados 79 bactérias que albergam o gene blaKPC
provenientes de diferentes amostras clínicas. Os micro-organismos isolados
foram: 62 Klebsiella pneumoniae (78,4%), 6 Pseudomonas aeruginosa (7,5%),
4 Enterobacter cloacae (5,0%), 3 Escherichia coli (5,0%), 3 Proteus mirabilis
(3,7%) e 1 Citrobacter freundii (1,2%). CONCLUSÃO: O monitoramento de
micro-organismos produtores de blaKPC nas instituições de saúde se torna
papel fundamental para reduzir a disseminação e transferência horizontal de
genes codificadores de KPC. A implantação de um programa de controle de
micro-organismos resistentes, com o uso racional de antimicrobianos e a
conscientização multiprofissional são ferramentas importantes para a redução
da resistência bacteriana nas instituições de saúde.
Palavra-Chave: genes MDR, resistência beta-lactâmica, Enterobacteriaceae
Apoio: Laboratório de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros (LACEN/GO),
Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO).
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards