resumo de história - 4º ano

Propaganda
RESUMO DE HISTÓRIA - 4º ANO
Capítulo 1- Pindorama
Os diversos grupos indígenas que moravam no litoral brasileiro chamavam esse
local onde moravam de Pindorama, que significa “terra das palmeiras” em tupi. O
nome Brasil foi escolhido porque havia uma grande quantidade de uma árvore
chamada pau-brasil.
Os portugueses costumavam viajar pelo Oceano Atlântico por meio de caravelas,
iam em direção às Índias para comprar pedras preciosas, sedas, louças chinesas
e especiarias. Eles compravam barato nas Índias e as revendiam na Europa por
um preço alto.
Cabral e sua frota ficaram em Pindorama por uma semana e, tudo o que
aconteceu nessa semana foi registrado pelo escrivão Pero Vaz de Caminha numa
carta escrita ao rei de Portugal. Depois desse contato com a população, a
esquadra portuguesa seguiu em direção às Índias.
Na época de Cabral, os reis europeus eram muito autoritários e causavam medo
na população. Por esse motivo, uma das regras impostas por D. Manuel era de
que parte dos lucros conseguidos com a venda dos produtos vindos das Índias
deveria ser dada ao rei e outra regra era de que todas as terras que os
portugueses encontrassem e não pertencessem a nenhum outro reino, seriam de
Portugal.
Capítulo 2- Os primeiros anos dos portugueses no Brasil
Como garantir que as terras de portugueses e espanhóis não fossem ocupadas
por outros reinos?
Para evitar a ocupação, os dois países firmaram o Tratado de Tordesilhas, um
acordo que estabelecia uma linha imaginária, chamada Meridiano de Tordesilhas.
As terras localizadas a leste dessas terras seriam de Portugal, e as que ficassem
a oeste, da Espanha.
Para melhorar as condições de viagem dos navegadores e garantir a posse das
terras, os europeus desenharam mapas.
Como a extração e o comércio de pau-brasil eram muito lucrativos, os
portugueses convenciam os índios a cortar e transportar a madeira em troca de
“presentes” como facas, machados e espelhos. Essa atividade era conhecida
como escambo. As feitorias eram depósitos onde eram guardadas essas madeiras
até que os navios chegassem para levá-las até Portugal.
Com o tempo, outros reinos europeus passaram a cobiçar as terras brasileiras e
por essa razão os portugueses resolveram colonizar o Brasil. Para isso, o rei
português resolveu dividir o território do país em faixas de terra, chamadas
capitanias hereditárias e doá-las as pessoas que viessem ao Brasil pra explorálas. Eles receberam esse nome porque eram transmitidos de pai para filho.
Quem recebia a terra, além de da carta de doação e do título de capitão-mor ou
donatário, também recebia uma lista de direitos e deveres.
Os direitos consistiam em doar parte de suas terras, cultivar as terras, criar regras
e escravizar o índios. E os deveres eram o de pagar impostos a rei, fundar vilas e
povoados, plantar cana-de-açúcar, combater os índios e construir casas.
Atividades:
1- Leia os resumos atentamente e responda as questões:
a) Como era o nome do Brasil antes de ser descoberto por Pedro Álvares Cabral, e o que
significava esse nome para os indígenas?
R: Os diversos grupos indígenas que moravam no litoral brasileiro chamavam esse local
onde moravam de Pindorama, que significa “terra das palmeiras” em tupi.
b) Porque o Brasil recebeu esse nome?
R: O nome Brasil foi escolhido porque havia uma grande quantidade de uma árvore
chamada pau-brasil.
c) Como era chamado o acordo feito pelos portugueses e espanhóis?
R: Para evitar a ocupação, os dois países firmaram o Tratado de Tordesilhas, um acordo
que estabelecia uma linha imaginária, chamada Meridiano de Tordesilhas. As terras
localizadas a leste dessas terras seriam de Portugal, e as que ficassem a oeste, da
Espanha.
d) Explique o que era escambo?
R: Como a extração e o comércio de pau-brasil eram muito lucrativos, os portugueses
convenciam os índios a cortar e transportar a madeira em troca de “presentes” como
facas, machados e espelhos. Essa atividade era conhecida como escambo.
RESUMO DE GEOGRAFIA
O Distrito Federal é a porção territorial da República Federativa do
Brasil destacada para abrigar a capital federal do País, Brasília, é
formado pela cidade de Brasília e pelas regiões administrativas, tais
como Gama, Sobradinho, Guará, Ceilândia e várias outras, que não
faziam parte do projeto original de Lúcio Costa.
 Até a criação de Brasília, a Capital Federal localizava-se na cidade do
Rio de Janeiro(até 1960), antecedida por Salvador (Bahia).
Brasília é a única cidade brasileira cujo administrador não é
denominado prefeito e sim governador, pois a cidade-estado possui
autonomia para instituir e arrecadar tributos próprios aos Estados.


 O Distrito Federal é uma unidade atípica da Federação, com as
seguintes particularidades:
01. Não é um estado federado, mas também não é um município. As
regiões administrativas, portanto, não têm prefeitos.
02. O Distrito Federal não tem capital, mas Brasília, Capital Federal da
República Federativa do Brasil, é a sede do governo do Distrito Federal.
03. O Distrito Federal rege-se por lei orgânica, típica de municípios, e
não por uma constituição estadual. Acumula as competências
legislativas reservadas aos Estados federados e municípios, não vedadas
pela Constituição
Geografia:
1- Localize no mapa político do Brasil o estado onde você mora e:
a) Nomeie o seu estado, e pinte-o de verde
b) Pinte de vermelho os estados que fazem fronteira com o seu.
SP verde
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards