psicologia

Propaganda
INTRODUÇÃO À PSICOLOGIA
CONCEITO: O QUE É A PSICOLOGIA?
Psicologia é a ciência que estuda o comportamento humano (comportamento: qualquer
ação motora ou verbal) e os processos mentais (pensamento, inteligência, memória,
etc...), nos aspectos conscientes (intencional e deliberado) e inconscientes (casuais e
incontroláveis).
PSICOLOGIA é uma CIÊNCIA:
Ciência é uma das formas de conhecimento (Ciência, Filosofia, Teologia, Senso
Comum...), que se caracteriza pela utilização do método científico na busca de
evidências para as teorias que formula sobre os fenômenos estudados.
Método científico:
objeto: fenômenos naturais: não transcendentais: espíritos, aura, encostos, etc;
atitude: empírica: perceptível por um dos cinco sentidos;
método: observação controlada (sistematizada) de dados sobre o tema investigado;
técnicas: utilizadas na coleta de dados: padronizadas e válidas;
critério de verdade: teste empírico: baseado em evidências;
certeza: relativa: corroboração (válido aqui e agora), não confirmação (sempre e eternamente);
produto: tese, teoria.
Teoria científica:
É baseada num Quadro Teórico de Referência (idéias articuladas coerentemente)
Paradigma (visão de mundo comum): o quê? como? por quê?, para quê?...
Exemplos de teorias científicas: Teoria da Gravidade (Newton), da Relatividade (Einstein), do
Reforço (Skinner), do Inconsciente (Freud), das Motivações Humanas (Maslow)...
Psicologia: há uma diversidade de teorias pré-paradigmáticas.
PSICOLOGIA: Questionamentos básicos:
Pessoa x situação: Até que ponto o comportamento é resultado de processos internos a
qualquer pessoa (como pensamentos, sentimentos, motivações, atitudes, valores, personalidade e
genes) ou o comportamento é causado por fatores externos à pessoa (como incentivos, punições,
características do ambiente, presença de outras pessoas, regras da sociedade e determinantes
culturais)?
Natureza x criação: A pessoa que nos tornamos é produto de tendências inatas (características
hereditárias que herdamos de nossos pais e que se combinam nos genes que possuímos e que vão
amadurecendo com a idade) ou nos tornamos um reflexo de nossas experiências de vida e da
maneira como fomos educados?
Estabilidade x mudança: Será que as características que desenvolvemos durante a infância são
mais ou menos permanentes e fixas ou será que as pessoas são capazes de mudar ao longo de suas
vidas?
Diversidade x universalidade: Quais as características que fazem com que (a) todos os seres
humanos sejam iguais entre si? (b) sejam iguais apenas a algumas pessoas? (c) e quais as
características que são exclusivamente suas e de mais ninguém?
Mente x corpo: Quais são as bases biológicas (atividade do sistema nervoso) para as nossas
experiências subjetivas (pensamentos e sentimentos)?
Pressupostos:
A Psicologia desenvolveu-se num contexto histórico-social (Onde e quando o
conhecimento foi produzido?);
A Psicologia é empírica (baseada em evidências observadas e não em achismo);
A Psicologia é teoricamente diversa (há diferentes Teorias Psicológicas:
Comportamental, Psicanalítica, Humanista, Cognitivista...);
O comportamento é determinado por causas múltiplas (as questões são complexas e
não se resumem a: João bebe porque é sem-vergonha!);
Nosso comportamento é moldado por nossa herança cultural (crenças, valores,
tradições e costumes dos nossos grupos sociais);
Hereditariedade e Meio Ambiente influenciam mutuamente o comportamento
(tendências genéticas + condições do ambiente);
Nossa experiência do mundo é extremamente subjetiva (cada um constrói uma visão
do mundo a partir do seu ponto de vista).
Campo de Trabalho:
Áreas de Atuação:
Psicologia Clínica e da Personalidade,
Psicologia Escolar e Educacional,
Psicologia Organizacional e do Trabalho,
Psicologia Institucional e Comunitária,
Outros: Psicologia do Esporte, Psicologia do Consumidor, Psicologia do Turismo, Psicologia da
Religião, Psicologia Militar, Psicologia da Arte, Psicobiologia, Psicofarmacologia, etc.
Objetos de estudo da Psicologia: Temas estudados
Há uma diversidade de objetos de estudo da Psicologia e são exemplos de temas
estudados:
Os transtornos mentais: neuroses, psicoses, o retardo mental;
O processo de aprendizagem;
As etapas do desenvolvimento infantil: afetivo, motor, social, moral, etc.;
As diferentes motivações para um comportamento humano;
O papel da linguagem no pensamento humano;
A memória e o esquecimento seletivo;
A criatividade (causas, conseqüências, barreiras e estímulos);
A influência do grupo no comportamento do indivíduo, e vice-versa;
A influência de nossos valores e atitudes em nossas percepções.
O QUE NÃO É PSICOLOGIA? CUIDADO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Psicologia de senso comum:
É um tipo de psicologia popular, mas que não se baseia no estudo sistemático dos
fenômenos psicológicos, através do método científico.
É fruto do conhecimento acumulado no dia-a-dia: ter psicologia para atrair alguém, vender um
produto, ouvir nossos problemas, etc...
É fruto também da apropriação simplista de conhecimentos da psicologia científica: amiga com
carência afetiva, professor neurótico, tia histérica, pessoa complexada, etc...
- Psicologia e as práticas adivinhatórias:
Práticas adivinhatórias: tarô (cartas), astrologia (mapa astral), horóscopo (previsão para os
signos), búzios (conchas), runas (pedras), numerologia (nomes e datas), iridologia (leitura da íris
dos olhos), cafeomancia (leitura em borras de café), florais de Bach (essências), quiromancia
(leitura das mãos), etc.
Tais práticas não possuem critério científico comprovado e não podem ser usadas em
nome da Psicologia e, caso isto ocorra, os profissionais podem ser punidos por
charlatanismo e desempenho inadequado da profissão.
- Idéias errôneas a respeito da Psicologia:
Muitas pessoas leigas têm uma visão errada da Psicologia e fazem alguma confusão.
Receio em conversar com um psicólogo por temer que seus pensamentos e sentimentos mais
secretos sejam devassados pelo olhar de raio x do profissional.
Erro em crer que algumas pessoas já nascem psicólogas, por serem boas em dar conselhos.
Desinformação ao acreditar no poder mágico dos testes psicológicos.
Confusão entre Psicologia e Auto-ajuda (O alquimista; O diário de um mago; Quem mexeu no
meu queijo? Homens são de Marte e mulheres são de Vênus; Eu estou ok, você está ok? etc.).
Confusão entre psicólogo, psiquiatra e psicanalista.
O comportamento humano seja monocausado, ao invés de considerar que possui causalidade
múltipla, quando na verdade é determinado por aspectos internos (biológicos e históricos) e
externos (familiares, comunitários, sociais e culturais).
Download
Random flashcards
Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards