abrir arquivo

Propaganda
20 º CBP- Febrap - VIVÊNCIAS SOCIOPSICODRAMÁTICAS.
Título: Os três porquinhos e as estruturas clínicas: reflexões sobre psicopatologia psicodramática.
Diretor: MANOEL MENDONÇA SOUZA, Mestre em Ciência da Religião (UFJF) e Filosofia (UFJF); Médico
(UFJF); CRM-MG 11.878; Psiquiatra (ABP); Professor da Faculdade de Psicologia (CES-JF); Didata em
Psicodrama (SOBRAP-JF); Psicodramatista – Focos Psicoterápico e Sócio Educacional, Professor
Supervisor, Terapeuta de Aluno (FEBRAP).
Ego-auxiliares: Valéria Alves de Moraes Lopes, Psicóloga - CRP 04/7853; especialista em Psicologia
Clínica;Psicodramatista pela SOBRAP/JF; Psicodramatista Didata Supervisor - Focos Psicoterápico e
Sócio-Educacional - FEBRAP
Proposta de trabalho: SOCIODRAMA O aquecimento inespecífico se desenvolverá através da história infantil “Os Três porquinhos”, como
disparador para o aquecimento específico: reflexão vivencial sobre a teoria de papéis (psicológicos e
sociais) e a estruturação da personalidade.
A dramatização será o palco de uma construção poética e metafórica vinculando as estruturas clinicas
(psicose, atuadores [perversão] e neurose) à história dos três porquinhos (psicose- Palhaço; atuadoraPalito; neurose-Pedrito e o lobo mau - a realidade). Fundamenta-se teoricamente no conceito de
estruturas clínicas (Fonseca, 2015) como organização psíquica que possibilita a compreensão do
funcionamento mental do sujeito, sua maneira de se posicionar no mundo e a construção do seu “pathos”
psíquico”. Articula-se a esse conceito a interpretação de Bettelheim (1979, p. 53) da história infantil.
Segundo este autor, as ações dos três porquinhos apontam para a evolução do psiquismo humano: “da
personalidade dominada pelo id para a personalidade influenciada pelo superego, mas essencialmente
controlada pelo ego”.
O compartilhar terá seu enfoque na maneira como a história dos três porquinhos remete cada sujeito à
vivencia do princípio do prazer em oposição ao princípio da realidade, as consequências do
desenvolvimento e do desempenho dos seus papéis psicológicos e sociais que advêm desse
amadurecimento.
Objetivos: Vivenciar a história infantil “Os Três porquinhos”; refletir sobre a teoria de papéis e a
estruturação da personalidade; ampliar a compreensão e o manejo da psicopatologia psicodramática.
Referência bibliográfica:
1.
2.
3.
4.
5.
BETTELHEIM, B. A Psicanálise dos contos de fadas, Rio de Janeiro: ed. Paz e Terra, 1979.
FONSECA, J. Interseções entre Moreno e Lacan: a triangulação e o reconhecimento do
“Ele”. In: SALTINI, Cláudio; FLORES, Herval Gonçalves. Lacaneando: ideias, sensações e
sentidos nos seminários de Lacan. Rio de Janeiro: Wak Editora, 2010.
___________. Psicoterapia da relação – Elementos de psicodrama contemporâneo. São Paulo:
Ágora, 2000.
MORENO, J.L. Psicodrama, Tradução: Álvaro Cabral. 2. Ed. São Paulo: Cultrix, 1978.
__________ Quem sobreviverá?: Fundamentos da sociometria, da psicoterapia de grupo e
do sociodrama: edição do estudante, Tradução: Moysés Aguiar. São Paulo: Daimon, 2008.
Número de participantes: 30 (trinta) pessoas (ou determinado pela organização do congresso)
Equipamentos: Aparelho para tocar CD.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards