Raiz

Propaganda
Os órgãos vegetativos de uma angiosperma
gema apical do caule
folhas
gema lateral (ou axial)
caule
raízes secundárias
ponto vegetativo da raiz principal
Raiz: órgão de absorção
• Origens
Adventícias
Da radícula
caule
caulículo
radícula
folhas
raízes adventícias
semente em germinação
sistema radicular
fasciculado
RAIZ
 Fixação do vegetal no solo
 Absorção de água e sais minerais
 Em geral são subterrâneas
 Podem ser aéreas (trepadeiras, bromélias)
 Podem ser aquáticas, submersas na água
 Geralmente origina-se da radícula do embrião, de onde
partem ramos secundários – axial ou pivotante
 Podem surgir dos caules ou folhas – adventíceas ou
fasciculada
Regiões de uma raiz
zona de ramos secundários
ou zona suberosa
zona pilífera
absorção de água e sais minerais
zona de alongamento celular
ou de distensão, promovem o
crescimento da raiz
região meristemática ou zona de
multiplicação celular –
dividem-se por mitose
Coifa
proteção da região meristemática.
Morrem, suberificam-se e caem
Tipos de sistema radicular
Pivotante ou Axial
Origina-se da radícula do embrião
Fasciculada ou
Adventícea
Surgem de caules ou folhas
Raízes aéreas
Como o próprio nome diz,
ficam fora do solo, em geral
fixadas em outras plantas,
como é o caso das epífitas.
RAIZ ESCORA
Auxiliam na fixação do
vegetal
RAIZ
TABULAR
RAIZ GRAMPIFORME OU
ADERENTE
SUGADORAS OU
HAUSTÓRIOS
ERVA DE PASSARINHO – HEMIPARASITAS
Clorofilada, autótrofa, retira apenas a seiva
bruta da planta hospedeira.
Aclorofilada, heterótrofa.
Suga a seiva elaborada da
planta hospedeira através
dos haustórios, que
penetram atingindo o floema.
CIPÓ CHUMBO - HOLOPARASITA
PNEUMATÓFOROS
OU RAÍZES
RESPIRATORIAS
O solo alagado da região do mangue é rico em material em decomposição e
pobre em oxigênio. As raízes respiratórias captam o oxigênio diretamente do ar.
RAIZ TUBEROSA
Armazena
reservas, como o
amido.
Raízes
aquáticas
Raízes aquáticas
apresentam um
parênquima aerífero
(aerênquima) muito
abundante, com câmaras
e lacunas, funcionando
como elemento de
respiração e flutuação.
Como exemplo,
podemos citar a planta
aquática Jussiaea que,
além das raízes normais,
possui outras, curtas e
grossas, que armazenam
ar.
CAULES
 Originam-se do caulículo do embrião
 Geralmente aéreo, mas pode ser subterrâneo
 Possui uma gema apical que controla o crescimento
em comprimento do vegetal
 Possui gemas laterais ou axilares, que possuem
tecido meristemático que originará ramos com
folhas, flores e frutos
COLMO
Apresenta áreas denominadas
nós e entrenós.
HASTE
Fino, flexível, ramificado,
típico de ervas e hortaliças
Estolho ou
Estolão
ESTIPE
O caule não é ramificado.
As folhas saem do topo.
Não tem gemas laterais.
CLADÓDIO
É verde, sem folhas. Folhas
modificadas em espinhos
para evitar a perda
excessiva de água.
Presente em plantas
xerófitas. Capaz de realizar
a fotossíntese.
TRONCO
Rizoma – caule cresce paralelo ao solo. Samambaias, gengibre, bananeiras.
TUBÉRCULOS
Acumulam material de reserva, como o amigo. Possuem gemas que
podem gerar novos ramos com folhas.
BULBO
catáfilos
caule
raízes
Folha: local da fotossíntese
Pecioladas
Não pecioladas
pecíolo
limbo
bainha da folha de milho
limbo
Nutrição orgânica: parênquimas e fotossíntese
epiderme
superior
epiderme
inferior
parênquimas
nervura
Folha: estruturas especiais
Estípula
bráctea
Bráctea
flor
gavinha
Reticulinérvias
Folhas compostas
Folhas opostas
Dionaea
Nephentes
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Criar flashcards