íntegra - Ministério da Cultura

Propaganda
SENHOR MINISTRO
SENHOR EMBAIXADOR DO BRASIL NO REINO DA BÉLGICA, ANDRÉ AMADO
SENHOR PRESIDENTE DO EUROPALIA INTERNACIONAL, COMTE JACOBS DE HAGEN
SENHORES COMISSÁRIOS-GERAIS, SÉRGIO MAMBERTI E PIERRE ALAIN DE SMET
SENHOR DIRETORA DO EUROPALIA INTERNACIONAL, KRISTINE DE MULDER
SENHOR DIRETOR EXECUTIVO DO COMISSARIADO BRASILEIRO, MARCELO DANTAS
SENHOR CURADOR-GERAL, ADRIANO DE AQUINO
SENHORES CURADORES
DE MÚSICA, BENJAMIN TAUBKIN
DE TEATRO, DANÇA E CIRCO, JOÃO CARLOS COUTO
DE LITERATURA E CONFERÊNCIAS, FLORA SUSSEKIND
SENHORAS
E
SENHORES,
Ministério da Cultura
Gabinete da Ministra
Foi com grande honra que o Brasil recebeu o convite para ser o país
homenageado na edição 2011 do Festival Europalia. Com um histórico de 22
edições de grande êxito e um total de 18 países homenageados, o Festival
Europalia talvez seja hoje o mais importante acontecimento multidisciplinar
cultural do continente europeu. Além de primar pela excelência dos eventos que
promove, o Europalia tem sabido fazer da cultura um veículo indispensável ao
diálogo entre as nações. Prova disso foi a acertada decisão de estender aos BRICs
o convite para virem à Bélgica e países vizinhos exibirem o melhor de sua
produção cultural e de sua reflexão sobre a cultura. Após as bem-sucedidas
homenagens à Rússia, em 2005, e à China, em 2009, agora é a vez do Brasil
desembarcar no coração da Europa com sua mensagem de espontaneidade,
entusiasmo e alegria. Nas palavras de um famoso compositor brasileiro: “Chegou
a hora dessa gente bronzeada mostrar seu valor!”
Sempre fomos um país admirado no exterior pela força de nossa cultura.
Hoje, no entanto, chegamos aqui com algo mais. Chegamos com a altivez de uma
nação que está avançando nas conquistas sociais sem perder a delicadeza de seu
espírito. Na última década, logramos, talvez pela primeira vez em nossa história,
conciliar as conquistas democráticas com o crescimento econômico e a justiça
social. Estamos vencendo a batalha contra a fome, ao mesmo tempo em que
2
Ministério da Cultura
Gabinete da Ministra
resgatamos o dinamismo de nossa economia. Graças a isso, temos hoje uma nova
classe média que já corresponde a 60% da população brasileira. E, até 2016,
segundo estimativas do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA),
erradicaremos a pobreza extrema em nosso país.
Nos últimos 10 anos, mais de 40 milhões de brasileiros saíram de uma
situação de marginalidade econômica e social para se tornarem cidadãos plenos.
Cidadãos que anseiam pelo bem estar material e por melhores oportunidades de
estudo e de trabalho. Mas, sobretudo, cidadãos que trazem dentro de si um enorme
desejo de produzir, difundir e consumir cultura. Pois não há Brasil, nem
brasileiros, sem o samba, sem o choro e sem a bossa nova; sem o frevo, o baião ou
o maracatu; sem o carnaval, as festas de São João e as oferendas de ano novo a
Iemanjá. Nosso país e nossa gente se constroem pelo bailar constante de corpos
ousados e também pela dor sublimada na força do teatro; pelo mergulho interior
da literatura e pela expressividade implacável do cinema; pelo gênio do artesanato
popular e pela inventividade da arte contemporânea. Ser brasileiro é viver cultura.
Por tudo isso, somos hoje um país em voga no cenário internacional. Nosso
desafio consiste em mostrar que tais atenções vão além do mero modismo e que o
Brasil tornou-se de fato um protagonista. Não apenas nas trocas econômicas ou no
concerto das nações, mas também no âmbito da produção cultural e da reflexão
sobre a cultura. Nada mais bem-vindo, portanto, que este convite do Festival
3
Ministério da Cultura
Gabinete da Ministra
Europalia. De 04 de outubro de 2011 a 15 de janeiro de 2012, teremos a
oportunidade de mostrar ao público europeu o melhor de nossa cultura, em todo o
vigor de sua diversidade e relevância para o mundo contemporâneo. Serão muitas
e muitas exposições, apresentações musicais, espetáculos de dança e teatro,
mostras de cinema, conferências, palestras e mesas redondas – expondo um pouco
do que de melhor se faz no Brasil.
Por certo, muito temos a nos beneficiar com a realização deste Festival. A
cultura representa hoje um segmento de crescente importância na economia
mundial, e nada melhor para nossos artistas e criadores do que divulgarmos nossa
cultura junto ao público europeu. Também do ponto de vista de nossa imagem no
exterior será interessante podermos mostrar um Brasil moderno e vibrante, sem
alguns dos clichês que costumam turvar a compreensão daquilo que realmente
somos. Mas pensamos, sobretudo, nesta edição do Festival Europalia que iremos
promover como um estímulo ao diálogo e ao intercâmbio entre o Brasil e a Europa
no campo da cultura. Nenhuma cultura pode viver isolada em si mesma. A fonte
de toda criatividade e de toda verdadeira renovação está no convívio estimulante e
respeitoso com a diferença. Para sermos ainda mais brasileiros, precisamos ser
cada vez mais abertos e plurais. Precisamos abraçar com entusiasmo este Festival
e celebrarmos com toda a espontaneidade de que somos capazes a alegria de
estarmos aqui. Vendo, ouvindo e respirando cultura.
4
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards