Discurso sobre brasileiros no exterior Sr. Presidente, Nobres

Propaganda
Discurso sobre brasileiros no exterior
Sr. Presidente,
Nobres colegas deputados,
Sras. e senhores que assistem à TV Câmara,
Venho a esta tribuna chamar a atenção dos nossos telespectadores, dos
nobres parlamentares, e do governo federal, para a situação dos brasileiros
que vivem no exterior, em especial àqueles que trabalham e movimentam a
economia de nosso país.
Segundo dados do Ministério das Relações Exteriores (MRE), existem
cerca de quatro milhões de brasileiros vivendo no exterior, sendo a maioria
composta por trabalhadoras e trabalhadores que deixaram o país em busca de
melhores oportunidades de emprego e renda. Destaco, aqui, a situação dos
cerca de 300 mil brasileiros que vivem no Japão e que, anualmente, enviam
para o Brasil 2,5 bilhões de dólares.
A crise econômica afeta a vida desses brasileiros. Diariamente
quinhentos trabalhadores retornam ao Brasil, engordando as filas de
desemprego e enfrentando dificuldades para se adaptarem. Muitos deles não
conseguem, por exemplo, matricular seus filhos nas escolas brasileiras, devido
à diferença de sistemas de educação entre Brasil e Japão e às dificuldades em
providenciar os documentos necessários para tanto.
Esta semana brasileiros desempregados realizaram um piquete na porta
da fábrica de autopeças Asmo, na cidade japonesa de Kosai, província de
Shizuoka. A empresa tinha nas suas linhas de montagem cerca de mil
brasileiros. Segundo cálculos do Sindicato de Trabalhadores Estrangeiros, até
o começo de março sobrarão menos de 200 dekasseguis. Na cidade de
Nagóia, capital da província de Aichi, 1.500 brasileiros participaram de uma
manifestação para exigir direitos trabalhistas, pedir por emprego e também por
atenção do governo japonês para as questões sociais. A província de Aichi é a
que abriga a maior quantidade de brasileiros no Japão – são cerca de 70 mil.
Foi lá onde houve os maiores cortes nas indústrias.
Além desses problemas, o Ministério das Relações Exteriores (MRE)
registrou 1.150 casos de brasileiros desaparecidos no exterior nos últimos
cinco anos. Apesar de o Ministério reconhecer que esse não é o número exato
de casos, é uma situação que merece atenção, pois os países que têm as
maiores comunidades de brasileiros no exterior – Estados Unidos, Paraguai e
Japão - são também aqueles que concentram a maior parte dos
desaparecimentos.
Temos, ainda, os numerosos casos de brasileiros barrados em
aeroportos internacionais fora do país. Ano passado, um de cada quatro
brasileiros que chegavam à Espanha era proibido de entrar no país.
Enfim, senhor presidente e demais colegas, peço a vossa atenção para
nossos compatriotas no exterior. Busquemos soluções, junto ao governo
federal, para auxiliar esses brasileiros da melhor medida possível em meio à
crise que assola o mundo.
Muito obrigado.
William Woo
PSDB/SP
Download
Random flashcards
Criar flashcards