PROGRAMA - Reocities

Propaganda
IESB
ESTÉTICA & CULTURA DE MASSA-2000
Prof. Eufrasio Prates
PROGRAMA
Ementa
Análise e questionamento da Estética, na sua acepção clássica de filosofia ou teoria do belo,
conjuntamente a uma apreciação contextual do fenômeno artístico nas suas respectivas epocalidades
históricas. Exame crítico da Cultura de Massa, considerada como produtora de formas de
entretenimento difundidas pelos meios de comunicação e pelas novas tecnologias e avaliada como a
realização eficaz de uma nova experiência estética da coletividade ou como uma alienante e
perniciosa indústria cultural.
Objetivos
Introduzir conceitos básicos das áreas envolvidas (arte, estética, cultura) do ponto de vista sincrônico
(sócio-político-ideológico) e diacrônico (“historiológico”). Refletir sobre a emergência de questões
“estético-culturais” em uma realidade sob impacto de novas tecnologias (informática, multimídia,
cibernética, realidade virtual etc.) e da pragmática dos mass media. Capacitar o aluno a analisar e
interpretar a dimensão estética nos meios de comunicação de massa, de forma a permitir-lhe um
maior grau de crítica, autonomia e legitimidade em sua prática profissional.
Conteúdo Programático
1. Pré, Modernidade e Pós-modernidade
1.1. Conceitos básicos
 Estética, cultura, arte, interpretação (símbolo), indústria cultural
 Paradigmas: modernidade e pós-modernidade
1.2. Quadro histórico comparativo introdutório
 Arte primitiva, arcaica, clássica, moderna e contemporânea
2. Estética
2.1. Origens
 Pré-socráticos, Platão e Aristóteles (aisthesis, mímesis e catársis)
2.2. Estética clássica
 Kant (autonomia da estética) e Hegel (filosofia da arte a caminho da religião e da filosofia)
2.3. A Morte da Arte como renascer
 Estética contemporânea (Escola de Frankfurt, Heidegger, Eco e outros pós-modernos)
 Arte contemporânea (“Ismos”, performance, happening etc.)
3. Indústria Cultural e Semiótica
3.1. Análise da obra de arte em relação aos MCM
 Da dicotomia erudito-popular à complementaridade dos sinsignos simbólicos dicentes
 Philip Glass, Frank Zappa, Peter Greenaway, Peter Chung et alii
3.2. Fragmentação e Interatividade nos novos media (de massa?)
 Arte multimidiática hipertextual, obras abertas?
 Século XXI: ciberestética?
Procedimentos Didáticos
 Aulas expositivo-participativas
 Leituras extra-classe
 Painéis, seminários, apreciação de obras e debates
Avaliação
 Resenha/exercício escrito
 Seminários
 Critério: Relevância, Profundidade, Criticidade e Metodologia.
IESB
ESTÉTICA & CULTURA DE MASSA-2000
Prof. Eufrasio Prates
Bibliografia
ADORNO, T. W.
TEORIA ESTÉTICA. SP, Martins Fontes, 1988.
BARTHES, Roland.
MITOLOGIAS. RJ, Bertrand Brasil,1993.
BASTOS, Fernando.
PANORAMA DAS IDÉIAS ESTÉTICAS NO OCIDENTE. Brasília, Edunb,
1987.
BAUDRILLARD, J.
À SOMBRA DAS MAIORIAS SILENCIOSAS: O FIM DO SOCIAL E O
SURGIMENTO DAS MASSAS. SP, Brasiliense, 1985.
COHN, Gabriel (org).
COMUNICAÇÃO E INDÚSTRIA CULTURAL. SP, T.A.Queiroz, 1987.
CUBITT, Sean.
DIGITAL AESTHETICS. London, Sage Publications, 1998.
EAGLETON, Terry.
A IDEOLOGIA DA ESTÉTICA. RJ, Jorge Zahar, 1993.
ECO, Umberto.
APOCALÍPTICOS E INTEGRADOS. SP, Perspectiva, 1970.
ECO, Umberto.
A DEFINIÇÃO DA ARTE. Lisboa, Presença, 1972.
ECO, Umberto.
INTERPRETAÇÃO E SUPERINTERPRETAÇÃO. SP, Martins Fontes,
1993.
ECO, Umberto.
TRATADO GERAL DE SEMIÓTICA. SP, Perspectiva, 1991.
FERRY, Luc.
HOMO AESTHETICUS. SP, Ensaio, 1994.
FREITAG, Barbara.
TEORIA CRÍTICA: ONTEM E HOJE. SP, Brasiliense, 1986.
HOUSER, Arnold.
HISTÓRIA SOCIAL DA LITERATURA E DA ARTE. SP, Mestre Jou, 1972.
LÉVY, Pierre.
AS TECNOLOGIAS DA INTELIGÊNCIA - O FUTURO DO PENSAMENTO
NA ERA DA INFORMÁTICA. RJ, Ed. 34, 1993.
LÉVY, Pierre.
O QUE É O VIRTUAL. RJ, Ed. 34, 1996.
LIMA, Luiz Costa (org).
TEORIA DA CULTURA DE MASSA. RJ, Paz e Terrra, 1982.
LYOTARD, J. F.
O PÓS-MODERNO. RJ, José Olympio, 1986.
MORIN, Edgar.
CULTURA DE MASSA NO SÉCULO XX. RJ, Forense, 1977.
NUNES, Benedito.
INTRODUÇÃO À FILOSOFIA DA ARTE. SP, Ática, 1989.
PRATES, Eufrasio.
MÚSICA QUÂNTICA: UM NOVO PARADIGMA HOLONÔMICO in
COMUNICAÇÃO E ESPAÇO PÚBLICO. Brasília, Edunb, n. 1, Jan/1997.
PRATES, Eufrasio.
PASSEIO RELÂMPAGO PELAS IDÉIAS ESTÉTICAS OCIDENTAIS.
Brasília, Valci Ed., 1999.
PUTERMAN, Paulo.
INDÚSTRIA CULTURAL: A AGONIA DE UM CONCEITO. SP,
Perspectiva, 1994.
SANTAELLA, Lúcia.
ESTÉTICA: DE PLATÃO A PEIRCE. SP, Experimento, 1994.
SANTAELLA, Lúcia e NÖTH, Winfried. IMAGEM, COGNIÇÃO, SEMIÓTICA, MÍDIA. SP,
Iluminuras, 1998.
 VATTIMO, Gianni.
O FIM DA MODERNIDADE: NIILISMO E HERMENÊUTICA NA
CULTURA PÓS-MODERNA. SP, Martins Fontes, 1996.
Visite o site http://www.geocities.com/eureka/8979
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards