release

Propaganda
Consultoria do SENAI atende indústrias
alimentícias do Sul de Santa Catarina
Projeto faz diagnóstico de 13 empresas e orienta profissionais sobre boas
práticas de fabricação
Florianópolis, 05.12.2012 – Treze empresas de pequeno e médio porte
da região de Criciúma estão participando de uma consultoria tecnológica em
boas práticas de fabricação para indústrias de alimentos, realizada pela
unidade do SENAI em Chapecó. O trabalho é realizado por solicitação da
Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina
(Cidasc) e Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa
Catarina (Epagri). As empresas participantes recebem subsídio do Sistema
Brasileiro de Tecnologia (SIBRATEC).
As Boas Práticas de Fabricação (BPF) são um conjunto de princípios e regras
para o correto manuseio de alimentos, de matérias primas até o produto
final, de forma a garantir a saúde e a integridade do consumidor. A
consultoria teve início em setembro, com uma capacitação sobre manuseio
adequado de alimentos. Na fase seguinte, todas as empresas passaram por
um diagnóstico para levantar condições atuais de atendimento às normas
sanitárias e elaboração de um plano de ação.
Na fase final, as indústrias passaram por uma consultoria individual para a
implementação de melhorias dentro do programa de boas práticas, com
gerenciamento de um especialista. Também são orientadas para elaboração
de documentação para controle (como Manual de Boas Práticas de
Fabricação e Procedimentos Padrão de Higiene Operacional).
O trabalho conta também com o apoio da unidade móvel de alimentos do
SENAI - que tanto pode fazer análises rápidas no próprio local quanto
coletar amostras para serem analisadas no laboratório de Alimentos da
unidade do SENAI em Chapecó, que possui a estrutura necessária para
análises microbiológicas e físico-químicas mais completas.
A consultoria do SENAI em Chapecó, Marilúcia Bonassi, explica que as
empresas de menor porte têm dificuldade para acompanhar, sozinhas, a
grande quantidade de portarias e circulares na área de alimentos. “Daí a
importância da consultoria, que leva orientação para as empresas e seus
responsáveis técnicos”, explica.
Sobre o SENAI Santa Catarina
Entidade integrante do Sistema FIESC, o SENAI Santa Catarina apoia a
indústria com a formação de profissionais de nível técnico, superior (com
cursos de tecnologia) e pós-graduação. Também oferece cursos de formação
de aprendizes e de formação profissional inicial e continuada (qualificação e
aperfeiçoamento), além de oferecer cursos sob demanda para empresas e
instituições, inclusive na modalidade a distância. No ano de 2010, o
SENAI/SC registrou mais de 90 mil matrículas.
Sua atuação também contribui para o aumento da competitividade da
indústria catarinense por meio de consultorias a empresas e serviços
laboratoriais (avaliação da qualidade e da conformidade, caracterização de
matéria prima, ensaios de proficiência e materiais de referência certificada).
Ao todo, foram realizados em 2010 cerca de 173 mil ensaios laboratoriais,
108 mil horas de consultorias ambientais, tecnológicas e em gestão, além de
contribuir para que 532 indústrias a captassem recursos de inovação.
Assessoria de Imprensa
Sistema FIESC
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Criar flashcards