Slide 1

Propaganda
HTLV
Vírus Linfotrópicos de células T Humanas
HTLV
Vírus Linfotrópicos de células T Humanas
Taxonomia
•
Família Retroviridae
•
Sub-família Oncovirinae
•
1980 – HTLV-1
•
1982 – HTLV-2
•
2005 – HTLV-3
•
2005 – HTLV-4
Epidemiologia
•
HTLV: primeiro retrovírus descrito em humanos
•
Mundo: 15 a 20 milhões de pessoas infectadas pelo HTLV-1
•
Brasil: ~2,5 milhões de pessoas infectadas pelo HTLV-1
•
Regiões endêmicas a prevalência aumenta com a idade e é
maior no sexo feminino
•
Fonte: Catalan-Soares, 2001; Coelho-dos-Reis, 2007
Epidemiologia
Prevalência de
HTLV I / II
reportadas no
Brasil de 1989
a 1996.
Fonte:
www.scielo.br/img/fbp
e/rsbmt/v35n5/13170f
1.gif
Transmissão
• Transfusão de sangue contaminado pelo vírus
• Compartilhando agulhas, seringas, ou objetos cortantes (lâminas de
barbear, alicates, etc) que contenham sangue contaminado
• Através de amamentação com leite materno de mãe que seja infectada
pelo vírus
• Transmissão de forma vertical – passagem transplacentária
• Através de relação sexual, não protegida - isto é, sem uso de
camisinha - com pessoa infectada pelo vírus
• Fonte:
Ministério
da
(www.ipec.fiocruz.br/pepes/htlv/htlv.html)
Saúde,
2006
Patogênese e imunidade
• Alvo predominante: células T CD4+ e CD8+ (10%)
• Transmissão célula-a-célula
• Integração ao genoma do hospedeiro aleatória
• Transformação celular lenta
Patogênese e imunidade
• O crescimento celular descontrolado pode
transformar neoplasicamente a célula
• Ou promover alterações genéticas ao longo de um
período extenso
• Associados a transtornos neurológicos nãoneoplásicos e outras doenças
• HTLV-I causa leucemia linfocítica aguda de células
T do adulto (ATLL) e mielopatia associada a HTLV-I
(parapesia espástica tropical), uma doença
neurológica não-oncogênica
• Fonte: Murray, 2006
SÍNDROMES
CLÍNICAS
Mielopatia / Paraparesia espástica
tropical (HAM/TSP)
( De 2-3 % )
www.vertebrata.com.br/imagens/fig_corpo_cerv.jpg
Leucemia / linfoma das células T do adulto (ATLL)
( De 1-2 % )
Principais sintomas e
sinais clínicos
Febre, dor abdominal, icterícia,
perda de peso, linfoadenopatia,
hepatoesplenomegalia,
hipercalcemia, infecções
oportunistas e lesões de pele
www.ebc.ee/~mremm/virol/rna/1512.jpg
Dermatite
infecciosa
www.scielo.br/img/revistas/abd/v80s3/a17fig01.jpg
www.scielo.br/img/revistas/abd/v80s3/a17fig07.jpg
Polimiosite
Doença inflamatória
que afeta o sistema
muscular,
provocando
fraqueza muscular,
presença de
blefaroconjuntivite e
de lesão nas narinas
com ulcerações e
crostas.
www.scielo.br/.../jped/v82n6/a04fig03.jpg
Síndrome de
Sjögren
Doença auto-imune
caracterizada pela
infiltração por linfócitos
T das glândulas
salivares e lacrimais,
causando a destruição
de sua estrutura ductal
e secura de mucosas
oral e conjuntival.
www.odontoclube.com.br/images/fig07_061020.gif
Uveíte
Desordem inflamatória intra-ocular
www.oftalmonews.com.br/adm/imagens/120g.jpg
AAH / Artrite
reumatóide
(Artropatia Associada ao HTLV-1)
www.eerp.usp.br/.../neurpe_arquivos/image013.jpg
Diagnóstico laboratorial
• Realizado em duas etapas: triagem e confirmação
• Triagem:
testes
laboratoriais
sorológicos
(ELISA
ou
aglutinação – Sorologia para HTLV)
• presença de anticorpos contra o vírus
• Confirmação: utiliza-se geralmente um teste sorológico
(Western blot) e em casos de indeterminação deste, o teste
PCR (HTLV-PCR)
• Os dois últimos testes, além de confirmarem a infecção,
discriminam se ela é causada pelo HTLV-1 ou HTLV-2
Fonte: www.laboratoriocepac.com.br/informes_int.asp?...
Diagnóstico laboratorial
Diagnóstico Laboratorial
Western Blot (WB)
Reação em
cadeia da
polimerase (PCR)
www.mbidiagnostic.com/.../spic/2005111416246.jpg
www.molecularstation.com
Tratamento, prevenção e
controle
• A cura do HTLV permanece desconhecida e, diferentemente do HIV, não
existe tratamento específico que diminua a proliferação do vírus
• Atualmente, existem poucas opções de tratamento, que funcionam
apenas como paliativos às manifestações patológicas causadas pelo
vírus
• Uma combinação de AZT e interferon-α se mostrou efetiva em alguns
pacientes com ATLL. Entretanto, nenhum procedimento em particular foi
aprovado para o tratamento da infecção por HTLV-I (MURRAY, 2006)
• As medidas tomadas para limitar a disseminação do HTLV-I são as
mesmas usadas para limitar a transmissão do HIV. Precauções sexuais,
triagem do suprimento sanguíneo e aumento da atenção quanto aos
riscos potenciais e às doenças são maneiras de prevenir a transmissão
do vírus
•
Fonte: Murray, 2006; Coelho-dos-Reis, 2007
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

Criar flashcards