Crianças estão sujeitas á diversos tipos de acidentes e o controle

Propaganda
TRAUMA DE MEMBRO INFERIOR EM CRIANÇA PROVOCADO POR
ACIDENTE DE BICICLETA: RELATO DE CASO
Adriana Gomes Rosa¹
Jonatas Baminger¹
Karina Gomes Tuesta ¹
Ronaldo Jose Gonçalves Araujo¹
Valdeane Aparecida de Andrade¹
Willian Carlos Millan²
ESTÁGIO – CURSO DE ENFERMAGEM
Crianças estão sujeitas a diversos tipos de acidentes e o controle destes agravos representa um
grande desafio para a saúde pública. É necessário adotar estratégias para prevenção e redução
de acidentes por causas externas, realização de orientações precisas para as crianças, pais,
responsáveis e educadores. As lesões traumáticas provocadas por raios de bicicleta ocorrem
comumente de forma acidental, acometem geralmente os membros inferiores, com variáveis
graus de gravidade. Estudos têm demonstrado que a maioria dos acidentes ocorre na faixa
etária de 8 a 12 anos, entre meninos. Essas crianças são geralmente atendidas nos setores de
emergência e muitas vezes os pais só procuram atendimento com a piora do edema e do
aspecto da lesão. O objetivo deste estudo foi apresentar um caso clínico de criança com lesão
em membro inferior por acidente provocado por raio de bicicleta. A metodologia utilizada foi
estudo descritivo tipo relato de caso. O presente estudo de caso foi de uma criança com 11
anos de idade, procedente da periferia do município de Ji-Paraná/RO, com história clínica de
queda por acidente de bicicleta a seis dias. No momento da admissão, apresentava
hipertermia, algia em região tibial, ferida contaminada de grau 3 medindo 5 centímetros de
diâmetro, bordas irregulares, lacerada, perfurante, com exsudato de coloração amarelada e
presença de tecido necrótico. A assistência de enfermagem implementada foi: curativo
utilizando solução isotônica e pomada tópica com ação de debridamento enzimático,
bactericida e antibiótico e hidratação ao redor da pele lesionada com ácidos graxos essenciais.
Medicamento intravenoso: analgésico, antitérmico e antibiótico. No quinto dia de tratamento,
a lesão evoluiu para a fase proliferativa com tecido de granulação no leito e a criança recebeu
alta para tratamento domiciliar. A cuidadora foi orientada sobre a realização de curativo duas
vezes ao dia, manutenção da ferida limpa e seca, assegurando a integridade da pele. O estudo
evidencia que lesões provocadas por raios de bicicleta no segmento distal dos membros
inferiores de crianças são freqüentes, sendo importante frisar a importância de medidas
preventivas e educativas para evitá-las, tais como o uso de protetores junto aos raios das
bicicletas e o uso de capacete. A assistência de enfermagem realizada foi efetiva, e,
juntamente com a conduta médica, garantiram a melhora do quadro do paciente.
Palavras Chaves: Criança. Enfermagem. Trauma.
____________________
¹Acadêmicos do curso de enfermagem do Centro Universitário luterano de Ji-Paraná (Ceulji/Ulbra). E-mail:
[email protected]
² Professor orientador do Curso de Enfermagem do Ceulji/Ulbra. Mestre em Saúde Coletiva. E-mail:
[email protected]
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards