evolução enem

Propaganda
EVOLUÇÃO
BIOLÓGICA-ENEM
TEORIA CRIACIONISTA
Todas as espécies foram criadas por
um ato divino, de acordo com os
livros sagrados de diversas religiões;
FIXISMO é uma complementação do
criacionismo, que a forma que todas
as espécies sempre foram as
mesmas desde o princípio dos
tempos, não tendo sofrido qualquer
modificação, sendo fixas e imutáveis.
Em fins do século XVIII e principio do
século XIX, começou a surgir uma
nova ideia defendida por vários
jovens cientistas que admitia que os
seres vivos poderiam, com o passar
do tempo, sofrer modificações e
inclusive, originar novas espécies.
Foi revolucionária na época, e
denominada inicialmente como
TRANSFORMISMO e hoje conhecida
por EVOLUCIONISMO.
Criacionismo (Fixismo)
x
Evolucionismo.
O que é evolucionismo ?
Estudo da origem das espécies e das
modificações sofridas ao longo do
tempo ...
Teorias Evolucionárias
–
Teoria de Lamarck
Primeira teoria
científica sobre a
evolução
Pontos básicos:
Lei do Uso e desuso
Lei da transmissão dos
caracteres adquiridos
Importância:
Combateu o fixismo
Jean-Baptiste Pierre
Antoine de Monet
(1744-1829)
Peixes cavernícolas
Cobra com patas?
MAS QUAL FOI O ERRO NA
TEORIA DE LAMARCK?
As características adquiridas não são
transmitidas.
August Weissmann,
em laboratório,
realizou experimentos
usando ratos,
cortando as suas
caldas por seguidas
gerações, concluindo
que nem por isso os
seus descendentes
nasciam anuros.
Teorias Evolucionárias
–
Teoria de Darwin
(1809-1882)
Pontos básicos:
Seleção Natural
Variabilidade
Alfred Russell Wallace (1823 - 1913)
Sendo mais jovem do
que Darwin estava a
trabalhar nas mesmas
teses e a chegar às
mesmas conclusões.
Incentivou Darwin a
publicar mais
rapidamente seu livro
“a origem das espécies”
DARWINISMO – SELEÇÃO NATURAL
Viagem de cinco anos para as Américas e
Oceania (1831 à 1835).
Arquipélago de Galápagos
* tentilhões semelhantes entre si, mas com
forma de bicos diferentes devido ao tipo de
alimento disponível em cada ilha.
Evidências
EMBRIOLOGIA
Anatomia comparada
Órgãos análogos (Semelhantes em
aparência e/ou função, mas com
diferente origem embrionária).
Órgãos homólogos (mesma origem embrionária,
mas podem exercer diferentes funções).
Evidências
Convergência de forma
Exemplo: Baleias e peixes
Convergência adaptativa
Irradiação adaptativa(divergência)
Registros fósseis
Exemplo: Archaeopiteryx
e celacantus (fóssil vivo)
Evidências Bioquímicas
Composição química semelhante
Código genético (DNA e RNA)
Evidências
– Órgãos vestigiais
– Exemplo: Cóccix e apêndice;terceiro molar;pêlos
– A presença destas estruturas vestigiais revela a ação
de uma evolução no sentido regressivo, privilegiando
indivíduos com estruturas cada vez menores, como
os dentes em algumas espécies de baleias, dedos
laterais nos cavalos, apêndice humano, ossos das
patas em cobras, etc.;
Dizem que é Darwin, mas não é...
1)
2)
3)
4)
5)
O homem veio do macaco;
A sobrevivência do mais forte;
Seleção natural = “cada um por si”;
Os homens são infiéis por natureza;
O ser humano é mais evoluído dos
animais.
ENTÃO
ONDE
DARWIN
ESTAVA
ERRADO?
ELE NÃO SABIA EXPLICAR COMO SURGIAM
AS VARIAÇÕES NAS ESPÉCIES!!!
AFINAL, NÃO CONHECIA OS FUNDAMENTOS
DA GENÉTICA!
MUITO MENOS SABIA O QUE ERA
MUTAÇÃO!!!
Neodarwinismo ou Teoria Sintética
da Evolução
Acrescentam aos princípios de Darwin a
genética (como as mudanças ocorrem).
Princípios:
– populações também contém variação
genética através de mutação ao acaso;
– populações evoluem por mudanças nas
freqüências gênicas;
– a diversificação vem através da
especiação;
TEORIA SINTÉTICA DA EVOLUÇÃO –
NEODARWINISMO
Associação da teoria darwinista aos
conceitos de genética
Mutação : alteração do código genético
Recombinação genética : crossing-over e
fecundação
Seleção natural
Seleção
Natural
Mutação
Variabilidade
Recombinação
Genética
Adaptação
ESPECIAÇÃO
Existem vários fatores que impedem que os
indivíduos de diferentes populações se cruzem
Habitat(mesma região hábitos diferentes);
Comportamental (ritual reprodutivo);
Sazonal (épocas de reprodução diferentes);
Estrutural (fecundação inviável naturalmente).
Formação de híbridos
Se membros das 2 populações copulam,
podem ocorrer diversos fatos, no caso de
isolamento reprodutivos:
Os genes estão modificados a ponto de
inviabilizar o híbrido; o zigoto até se
forma, mas morre em seguida.
O híbrido se forma , nasce, é normal em
todos os aspectos, porém é infértil, não
tem a capacidade de gerar descendentes.
O híbrido se forma e nasce, é normal e
fértil. Porem os descendentes deste
híbrido são fracos e estéreis.
Elysia chlorotica
A Elysia chlorotica é uma
pequena lesma marinha com
3 cm de comprimento que
vive na costa atlântica da
América do Norte, e que
consegue uma proeza até
hoje
desconhecida
na
Natureza entre os seres do
reino Animal: depois de
comer uma alga adquire a
capacidade de fotossintetizar,
característica das plantas e
das algas.
SELEÇÃO ARTIFICIAL
MUTAÇÕES
EVOLUÇÃO HUMANA
Caracteristicas que permitiram a
evolução do homem:
Bipedatismo
Dedo polegar opositor
Cérebro volumoso
Evolução cultural
Filogenética Humana
Durante o processo evolutivo, novas espécies foram surgindo e as mais
adaptadas ao ambiente perpetuaram-se, proporcionando a biodiversidade
conhecida hoje. O surgimento dessa biodiversidade dependeu dos
mecanismos evolutivos. Associe as duas colunas, relacionando os
mecanismos evolutivos com a maneira como cada um atua.
1.Mutação 2. Recombinação gênica 3. Seleção natural 4. Migração
( ) Altera a frequência gênica pela entrada ou saída de indivíduos
da população.
( ) Cria novos genes que poderão ou não favorecer o aumento da popul.
( )Escolhe os indivíduos melhor adaptados a determinado meio ambient.
( ) Cria novos genótipos que poderão ser favoráveis ou não a ddo grupo.
A sequência correta dessa associação, de cima para baixo, é:
A) 1, 2, 3, 4.
B) 1, 4, 2, 3.
C) 4, 1, 3, 2.
D) 4, 2, 1, 3.
Pesquisadores da Universidade Regional do Cariri (URCA)
desenterraram fósseis de duas espécies de ouriços-do-mar
no sertão nordestino. Os fósseis desses animais foram
datados como tendo vivido há 110 milhões de anos, quando
os dinossauros ocupavam boa parte da Terra.
A presença desses fósseis no sertão nordestino é uma prova
de que:
A) o ouriço colonizou o sertão nordestino.
B) o mar cobria o sertão no passado.
C) os animais foram transportados pelos humanos.
D) os grandes açudes faziam parte do semiárido.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards