MUTIRÃO 2017 - Anglo Guarulhos

Propaganda
MUTIRÃO 2017 – CONCEITOS GRAMATICAIS
Profas. Beatriz, Carolina e Joyce
Resumo teórico





Os advérbios são as classes de palavra que acrescentam circunstâncias
à frase. Apesar de comumente serem apresentados com uma
classificação própria, alguns deles podem variar conforme o contexto.
Formas nominais: particípio, infinitivo e gerúndio – podem assumir
funções de outras classes de palavra em uma frase, sendo mais comum
o particípio assumir a função de adjetivo, o infinitivo assumir a função de
substantivo e o gerúndio assumir a função de advérbio.
Diferença de oração e frase: a oração necessariamente possui um verbo
flexionado. A cada novo verbo flexionado, tem-se uma nova oração, que
deve ser analisada separadamente.
É necessário tomar cuidado com os verbos no futuro do modo
subjuntivo, pois podem ser confundidos com infinitivos.
As questões sobre verbos podem trabalhar com aspectos semânticos do
verbo ou os aspectos de tempo, número e pessoa
Exercícios de sala
Texto para a próxima questão
[...]
- Mas chegará, homem? Perguntou a velha.
- Há de se espichar bem, mulher!
Uma voz os interrompeu:
- Por este preço dou eu conta da roça!
- Ah! É nhô Jão!
Conheciam os velhinhos o capanga, a quem tinham por homem de palavra, e
de fazer o que prometia .Aceitaram sem mais hesitação; e foram mostrar o
lugar que estava destinado para o roçado.
Acompanhou-os Jão Fera; porém, mal seus olhos descobriram entre os
utensílios a enxada, a qual ele esquecera um momento no afã de ganhar a
soma precisa, que sem mais deu costas ao par de velhinhos e foi se deixando
os embasbacados.
José de Alencar, Til.
1) (FUVEST 2015 - Adaptada) Considerada no contexto, a palavra
sublinhada no trecho “mal seus olhos descobriram entre os utensílios a
enxada” expressa ideia de
a) tempo.
b) qualidade.
c) intensidade.
d) modo.
e) negação.
Texto para a próxima questão
A gente Honório Cota
[...]
Desde longe a gente adivinhava ele vindo: alto, magro, descarnado, como uma
ave pernalta de grande porte. Sendo assim tão descomunal, podia ser
desajeitado: não era, dava sempre a impressão de uma grande e ponderada
figura. Não jogava as pernas para os lados nem as trazia abertas, esticava-as
feito medisse os passos, quebrando os joelhos em reto.
(Ópera dos mortos, 1970.)
2) (UNESP 2015 - Adaptada) Analisando o último período do parágrafo
destacado, verifica-se que a palavra “feito” é empregada como:
(A) advérbio.
(B) verbo.
(C) substantivo.
(D) adjetivo.
(E) conjunção.
Texto para a próxima questão
Nota preliminar
1 – Em todo o momento de atividade mental acontece em nós um duplo
fenômeno de percepção: ao mesmo tempo que temos consciência dum estado
de alma, temos diante de nós, impressionando-nos os sentidos que estão
virados para o exterior, uma paisagem qualquer, entendendo por paisagem,
para conveniência de frases, tudo o que forma o mundo exterior num
determinado momento da nossa percepção. [...]
3) (UNESP 2015) “Em todo o momento de atividade mental acontece
em nós um duplo fenômeno de percepção”. Na oração transcrita, que
inicia o comentário de Fernando Pessoa, explique por que, sob o
ponto de vista gramatical, a forma verbal “acontece” está flexionada
na terceira pessoa do singular.
4) (FUVEST 2016) Examine este anúncio de uma instituição financeira,
cujo nome foi substituído por X, para responder à próxima questão
Com base na parte escrita do anúncio, responda.
a) Qual é a relação temporal que se estabelece entre os verbos “conhecer”,
“oferecer”, “proporcionar” e “alcançar”? Explique.
b) Complete a frase impressa na página de resposta, flexionando de forma
adequada os verbos “oferecer”, “proporcionar” e “alcançar”.
Conhecer profundamente os negócios de nossos clientes é só o primeiro passo
que permite que ............................................................ sempre respostas mais
rápidas, ............................................................decisões mais assertivas e
............................................................melhores resultados.
Tarefa Mínima
(UNICAMP 2017)
2) (FUVEST 2015) Examine a tirinha.
a) De acordo com o contexto, o que explica o modo de falar das personagens
representadas pelas duas traças?
b) Mantendo o contexto em que se dá o diálogo, reescreva as duas falas do
primeiro quadrinho, empregando o português usual e gramaticalmente correto.
GABARITO
1) a) Em relação à noiva, afirma-se que ela estava “estreando em
casamentos” e que ela teve a dicção “prejudicada”. No caso do noivo,
ressalta-se que ele “tem muita experiência de altar” e que “representou o
seu papel com firmeza, embora um tanto frio”. Em todos esses trechos,
o narrador do texto comporta-se como um crítico teatral que avalia os
noivos como se fossem atores no palco.
b) Podem-se citar “realmente”,
“altamente” ou “apenas”.
“naturalmente”,
“completamente”,
2) a) A segunda pessoa do plural (vós) e a expressão “Em verdade vos
digo”, empregadas na tirinha de Fernando Gonsales, são marcas típicas
do discurso formal religioso, como comprova, no último quadrinho, a fala
de Níquel Náusea, segundo o qual as traças estavam roendo a Bíblia.
Vale observar que o efeito de humor da tirinha fundamenta-se também
no uso equivocado dessa pessoa do discurso, como se vê em “Queriavos que fostes melhordes”.
b) Uma possível reelaboração das falas do primeiro quadrinho,
empregando o português usual e gramaticalmente correto, seria:
— Como foi o seu dia?
— Queria que fosse melhor!
É importante ressaltar que o uso da segunda pessoa do plural não é usual
no português contemporâneo, como é a terceira pessoa, ainda que o
contexto do discurso formal religioso – destacado no terceiro quadrinho –
explique o emprego dessa forma gramatical na tirinha.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards