Slides - A Odontologia e o Câncer Bucal

Propaganda
A Odontologia e o Câncer Bucal
Profa Dra Liliane J Grando
Doutora em Estomatologia
Professora da Graduação e Pós-graduação em Odontologia/UFSC
Professora da RIMS/ HU/UFSC - Alta Complexidade
Coordenadora do Ambulatório de Estomatologia e do
Serviço de Odontologia Hospitalar/ HU/UFSC
Ambulatório de Estomatologia do HU/ UFSC: 20 anos de muitas histórias
Alterações Bucais associadas ao Tabagismo
Alterações Bucais
associadas ao Tabagismo
O tipo mais comum de
Câncer Bucal é o
Carcinoma Espinocelular (CEC)
INCA, 2015 http://www1.inca.gov.br
Carcinoma Espinocelular :
úlcera crateriforme clássica
Úlcera
crateriforme,
bordos elevados,
base endurecida,
indolor quando
pequena, com
áreas de necrose
central
Carcinoma Espinocelular :
Lise óssea de limites imprecisos em roído de traça reabsorção
dental apical em “ponta de lápis”, “flutuação” dental
Evolução das Lesões Cancerizáveis
Neville; et al (2004)
Lesões Cancerizáveis: Leucoplasia
Acantose e hiperceratose
Lesões Cancerizáveis: Eritroplasia
Carcinoma in situ
Lesões Cancerizáveis: Queilite Actínica
Hiperceratose
Atrofia do epitélio
Degeneração basofílica
do conjuntivo
Lesões Cancerizáveis:
Leucoplasia Verrucosa,
associada ao HPV
Carcinoma
Espinocelular:
apresentações clínicas
variáveis
CEC com diferentes localizações anatômicas
CEC em
língua
CEC com invasão dos tecidos adjacentes
CEC com
invasão dos
tecidos
adjacentes
CEC com metástase em linfonodos
CEC com
metástase à
distância,
em pulmões
CEC e seus
aspectos de
invasão óssea:
Aspecto de “roído de
traça” e “flutuação
dental”
Bem diferenciado
CEC:
características
histopatológicas
Moderadamente diferenciado
Pouco diferenciado
A decisão sobre a
melhor opção de
tratamento é uma
responsabilidade
médica!
Câncer de Boca
Tratamento Cirúrgico:
1a opção
Sequelas cirúrgicas:
Dificuldades de fonação e mastigação
Sequelas cirúrgicas:
dificuldades de fonação e degluticão
Sequelas cirúrgicas extra-orais
Reabilitação oral com Prótese Bucomaxilofacial
Câncer de Boca
Tratamento Cirúrgico
com Radioterapia
adjuvante:
para tratamento de margens
comprometidas
Sequelas da radioterapia:
RADIODERMITE
Sequelas da radioterapia: TRISMO
Sequelas da
radioterapia:
MUCOSITE ORAL
Sequelas da radioterapia:
HIPOSSALIVAÇÃO
Sequelas da radioterapia:
ALTERAÇÕES DA QUALIDADE DA SALIVA
Sequelas da radioterapia:
INFECÇÕES FÚNGICAS OPORTUNISTAS
Sequelas da radioterapia:
CÁRIE DE RADIAÇÃO (menos de um ano)
Sequelas da radioterapia: OSTEORRADIONECROSE
Sequelas da radioterapia:
OSTEORRADIONECROSE
Sequelas da radioterapia: OSTEORRADIONECROSE
PDT
Preparo de boca, profilaxia para a
OSTEORRADIONECROSE
Sepultamento dental
Sepultamento dental
Câncer de Boca
Tratamento
Radioterápico com
quimioterapia
adjuvante:
para tratamento único de lesões
inoperáveis
Sequelas da quimioterapia:
MUCOSITE ORAL e INFECÇÕES FÚNGICAS OPORTUNISTAS
Sequelas da quimioterapia:
INFECÇÕES FÚNGICAS e MUCOSITE ORAL
Importante!
O minucioso exame físico da
cavidade oral constitui ainda o
melhor método de detecção
precoce das alterações epiteliais
Biópsia
Padrão Ouro
Biópsias Incisionais
Pinça SacaBocado
Obrigada!
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards