GAbArITo: d resoLuAção

Propaganda
UFU – JUNHO/2012
A filosofia agostiniana sobre o conhecimento apresenta uma semelhança importante com o pensamento de Platão.
Para santo Agostinho (354-430), Deus é
a suprema verdade e, por ser onisciente
(conhecer tudo) é a única origem possível do saber [...]. Nenhum conhecimento
verdadeiro pode ser introduzido na mente de uma pessoa a partir de fora, por
meio do ensino ou de observação.
CHALITA, Gabriel. Vivendo a Filosofia,
São Paulo, Atual, 2006, p. 125.
Considerando a concepção de conhecimento
em Agostinho, e o texto acima, é possível afirmar que
A) o conhecimento que se origina nos sentidos
é verdadeiro.
B) o conhecimento é interior e individual, portanto, não há verdades absolutas.
C) nenhum conhecimento verdadeiro é possível, pois não se pode ensiná-Io a ninguém.
D) o conhecimento verdadeiro advém do Mestre interior.
Gabarito: D
Resoluação:
O texto motivador, por meio da passagem “nenhum conhecimento verdadeiro pode ser introduzido na mente de uma pessoa a partir de
fora [...]”, auxilia o candidato a perceber que a
única alternativa viável é a acima indicada. A
letra “A” atribui aos sentidos uma função que
Agostinho designa a Deus, que é o conhecimento. As alternativas “B” e “C” concordam sobre
a inexistência de um conhecimento verdadeiro,
proposição também recusada pelo pensador.
F
I
L
O
S
O
F
I
A
Download
Random flashcards
A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards