Conteúdo Especialidade de Mapa e Bússola

Propaganda
Especialidade de Mapa e Bússola
Seção I - Mapa
1. O que é um mapa Topográfico?
Um mapa topográfico é uma representação gráfica detalhada e precisa dos relevos naturais e artificiais, representa
uma área e seu relevo através de curvas de nível.
2. O que é encontrado em um mapa topográfico?
É encontrado no mapa topográfico, Área de representação, Escala, Curva de nível, Sistema UTM, Mapas
adjacentes, Revisões, Longitude e Latitude, Declinação magnética, Legenda.
3. O que é mapa Ortofoto.
É uma representação fotográfica de uma região da superfície terrestre, no qual todos os elementos apresentam a
mesma escala, livre de erros e deformações, com a mesma validade de um plano cartográfico.
4. Considere as afirmações.
 Um mapa topográfico é uma representação gráfica detalhada e precisa dos relevos naturais e artificiais,
representa uma área e seu relevo através de curvas de nível.
 É encontrado no mapa topográfico, Área de representação, Escala, Curva de nível, Sistema UTM, Mapas
adjacentes, Revisões, Longitude e Latitude, Declinação magnética, Legenda.
 As pessoas usam mapas topográficos para a engenharia, conservação, gestão ambiental, planejamento
urbano, criação de projetos de obras públicas e atividades ao ar livre como a pesca, acampamento ou
caminhada.
5. Ser capaz de identificar, pelo menos 20 símbolos encontrados em mapas topográficos para cada uma das
categorias abaixo:
 Trabalho
1 – Construções Humanas
2 – Locais com Água
3 – Características de vegetação
Lago
Estrada de ferro
Rodovia ou auto estrada
Igreja
Rio
Poço
Área aberta
Vegetação
densa
Pomar
6. O que é elevação.
Elevação é a representação numérica referente a altitude do local.
7. O que é intervalo entre curva de nível.
Intervalo entre curva de nível é a equidistância de altura entre uma curva e outra.
8. Tipos de relevos.
 Vales





Cumes
Penhasco
Escarpas
Montes
Montanhas
um acidente geográfico cujo tamanho pode variar de uns poucos
quilômetros quadrados a centenas ou mesmo milhares de quilômetros.
Extenso rochedo escarpado.
Declive muito íngreme de terreno, provocado por erosão.
Parte de uma superfície que se eleva em relação ao espaço circundante.
Elevação significativamente alta e de base extensa em um terreno.
9. Considere as afirmações sobre escala.
 A escala é definida como a relação da distância real entre dois pontos quaisquer na superfície da Terra com
a distância entre esses dois pontos num documento cartográfico.
 Para medir a distância linear, basta traçar uma linha partindo de um ponto até outro ponto (de um objeto a
outro) utilizando por base as divisórias do mapa.
 Para converter a distância linear para a distância real, devemos pegar o comprimento da linha traçada que é
igual a distância das divisórias do mapa e multiplicar pela escala.
10. Conhecer e explicar o seguinte, com relação ao mapa
 Universal Transversa de Mercator (UTM) utiliza um sistema de coordenadas cartesianas
bidimensional
para dar localizações na superfície da Terra.
 Na américa do Sul temos 5 fusos
 O nome do fuso horário onde Joinville fica é “PAPA”
 O sistema de coordenadas UTM é baseado no plano cartesiano e usa o metro (m) como unidade para medir
distâncias e determinar a posição de um objeto
11. Conhecer e explicar o seguinte, com relação a leitura de mapas:
a. Norte Quadrícula - É o norte tomado a partir das linhas de coordenadas de um mapa ou uma carta.
b. Norte Verdadeiro - É o ponto por onde passa o eixo de rotação da Terra
c. Norte Magnético - É a direção determinada pela agulha magnética de uma bússola orientada segundo o
campo magnético natural da Terra.
d. Declinação Magnética - É a diferença "em graus" apontado pelo norte magnético terreno e o norte
geográfico, determinado pelo eixo de rotação do planeta, que não tem obrigação de coincidir com a atração
magnética.
e. Convergência Meridiana - A convergência meridiana indica o quanto estão deslocados para leste ou oeste
do norte verdadeiro.
Seção II - Bússola
12. Quais são os 8 principais pontos cardeais, suas abreviações e graus correspondentes?
 Norte
(N – 0\360º)
 Nordeste
(NE- 45º)
 Leste
(L – 90º)
 Sudeste
(SE – 135º)
 Sul
(S – 180°)
 Sudoeste
(SO – 225º)
 Oeste
(O – 270°)
 Noroeste
(NO – 315°)
13. Identificar o tipo de bússola mais popular entre trilheiros.
Bússola militar ou Prismática
14. Conhecer as partes de uma bússola.
15. Conhecer e explicar o seguinte, relacionado á bússola, azimute e coordenadas.
 O que é azimute: é uma medida de direção horizontal, definida em graus.
 Como calcular a coordenada pelo mapa: Item prático
 Como reverter uma coordenada geográfica em coordenada magnética. Item prático
 O que é desvio e como corrigir isto: Via de regra a agulha da bússola não aponta para o Norte porque sofre
um desvio chamado Declinação Magnética.
 Como calcular e seguir um contra azimute: Item prático
16. Conhecer e explicar os seguintes métodos de descobrir a localização atual em um mapa.
 O que é ressecção: é uma habilidade de orientação vital, no qual você faz referência a duas ou mais distantes
características do terreno local, a fim de identificar a sua localização.
 Use o método de 2 pontos: Item prático
 Use o método de 3 pontos: Item prático
 Explique como usar o triângulo de erro de Lehmann: Item prático
17. Saber e explicar como orientar-se usando seu mapa por:
 Inspeção visual: Item prático
 Usando a bússola: Item prático
18. Construir uma bússola de emergência utilizando materiais improvisados.
 Método ponta da sombra
 Usando a Constelação Órion
 Usando a Constelação Cruzeiro do sul
 Relógio de Pulso
Seção III – Direção sem o auxílio de uma bússola
19. Sobre formas de orientações:
 Cruzeiro do Sul
Depois de localizar a constelação do Cruzeiro do Sul o observador deve traçar uma linha reta imaginária da
Estrela de Magalhães (a estrela mais afastada das outras três), quatro vezes e meio do tamanho de toda a
constelação, feito isso, só traçar uma linha vertical em sentido da Terra, ai está o Polo Sul.
 Constelação de Órion
Prolongando uma linha imaginária que passe pela estrela central do Cinturão de Orion, passando pelas 3
estrelas da «cabeça», vamos encontrar a Estrela Polar.
 Relógio de Ponteiro
Para me basear por um relógio de ponteiro é necessário que aponte o número 12 em direção ao sol, fazendo
isso encontre a metade do espaço entre o número 12 e o ponteiro que marca ás horas e trace uma linha reta,
em frente será o norte e atrás será o sul. Caso esteja no horário de verão use como referência a marca de 1
hora em vez de 12 horas.
 Ponta da Sombra
Enterre uma vareta de pau em pé, de modo que você possa ver a sombra, quanto mais fina e alta a vareta mais
preciso será, marque a ponta da sombra com um pequeno objeto, como uma pedra ou um arranhão no chão,
espere entre 10 e 15 minutos depois marque a nova posição da ponta da sombra com outro objeto pequeno ou
arranhão, desenhe uma linha reta no chão entre as duas marcas, fique com a primeira marca (oeste) à sua
esquerda e a outra (leste) à sua direita.
Seção IV - Prática
20. Demonstrar como:
 Ler 6 coordenadas usando o Grid UTM.
 Calcular uma coordenada pelo mapa.
 Converter uma coordenada geográfica para uma coordenada magnética.
 Determinar o azimute.
 Localizar uma posição com a ressecção.
21. Com base no conhecimento adquirido no item "c" requisito 4 da Seção II, navegar até uma coordenada
geográfica utilizando um azimute magnético.
22. Prove sua habilidade no uso de um mapa e bússola, seguindo um curso de cross country com, pelo menos,
10 leituras dadas ou pontos de controle.
23. Durante o cumprimento dos requisitos 2 e 3 desta seção, manter um registro detalhando:
 Referencias do mapa utilizado (incluindo dados da Grid, escala, etc.)
 Coordenadas Geográficas e Magnéticas e os azimutes
 Observações sobre o percurso tomado
24. Sobre pontos Cardeais, colaterais e subcolaterais (Intermédio).
Download
Random flashcards
Criar flashcards