LEVANTAMENTO DE ESPÉCIES DE INSETOS VETORES DE

Propaganda
LEVANTAMENTO DE ESPÉCIES DE INSETOS VETORES DE POTENCIAL
IMPORTÂNCIA MÉDICA E VETERINÁRIA NO MUNICÍPIO DE CAPÃO DO LEÃO,
RS
Thamiris Barbosa dos Santos1, Matheus dos Santos Camargo1, Paulo Roberto Sousa Bunde1,
Patricia Jacqueline Thyssen1
1. UFPEL – Universidade Federal de Pelotas
[email protected]
Os dípteros muscóides estão entre os principais grupos de insetos com habilidade de utilizar as
condições ambientais criadas ou modificadas pelo homem em busca de novos nichos
ecológicos. A associação entre os insetos e o homem ocorre com maior freqüência em regiões
onde a produção de lixos, resíduos industriais, excrementos de animais domésticos e humanos
tornam-se substratos fundamentais para o desenvolvimento de determinadas espécies. Com o
objetivo de mapear as espécies com potencial importância médica e veterinária, devido à
capacidade de carrearem agentes etiológicos de diversas doenças parasitárias
epidemiologicamente significativas, foi feito um levantamento das espécies de insetos que
ocorrem na região e registrado seu comportamento de atratividade a substratos de origem
orgânica em decomposição. Para o estudo foram utilizadas armadilhas confeccionadas com
garrafas plásticas mantidas no ambiente por 72h, cada qual contendo um tipo diferente de isca
(fígado bovino, moela e peixe) para comparar a preferência de um dado grupo de insetos a um
determinado tipo de recurso. As coletas foram realizadas no mês de janeiro no Horto Botânico
Irmão Teodoro Luís no município de Capão do Leão, RS. Ao todo 219 espécimes pertencentes
às ordens Diptera (86%) e Hymenoptera (14%) foram coletados. Calliphoridae (n= 67),
Sarcophagidae (n= 53), Phoridae (n= 34) e Fanniidae (n= 24) foram os dípteros mais
representativos com relação à abundância, diversidade, além de terem sido registradas mais de
uma espécie dentro de cada táxon com baixa seletividade ao tipo de recurso, ou seja, por
explorarem uma gama variada de substratos para alimentação e/ou reprodução podem
efetivamente serem bons vetores de parasitas. Entre as espécies identificadas neste estudo
conclui-se que atenção maior deva ser dada ao controle de Lucilia eximia (n= 46) e Chrysomya
albiceps (n= 16) (Diptera: Calliphoridae), as quais apresentam registro na literatura veiculando
ovos de protozoários e helmintos.
Download
Random flashcards
Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

Criar flashcards