1) O que o Inpe faz? 2) Como posso trabalhar no Inpe? 3) Como

Propaganda
1) O que o Inpe faz?
O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) foi criado em 1961 com o objetivo
de capacitar o país nas pesquisas cientificas e nas tecnologias espaciais. Ao longo dos
anos, suas atividades se ampliaram e a importância dos estudos vão desde assuntos
complexos sobre a origem do Universo a aplicações de ciências como nas questões de
desflorestamento das nossas matas. O Instituto é centro de excelência, e referencia
internacional, em pesquisas de ciências espaciais e atmosféricas, engenharia espacial,
meteorologia, observação da Terra por imagens de satélite e estudos de mudanças
climáticas.
2) Como posso trabalhar no Inpe?
O Inpe é uma instituição pública federal, vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia
e Inovação. Para ser funcionário, é preciso prestar concurso público. Um bom começo
para quem quer seguir a carreira técnico-científica é se inscrever nos programas de
iniciação científica, que permitem ao estudante de graduação desenvolver um projeto
sob orientação de pesquisadores/tecnologistas. O programa é apoiado pelo CNPq com
a concessão de bolsas. Outro caminho, para os já graduados, são os cursos de
mestrado e doutorado oferecidos pelo Inpe, com possibilidade de obtenção de bolsa
de estudo. Além de funcionário público, você pode estagiar, estudar ou trabalhar em
caráter temporário no Inpe. Todas as oportunidades de estágio, bolsas de estudos,
contratação temporária e concursos públicos são constantemente atualizadas no
portal do Inpe.
3) Como visitar o INPE?
O Inpe mantem um Programa permanente de visitas às suas instalações, individuais ou
em grupo. Para visitar o Inpe, ligue (12) 3208-6979 ou envie um e-mail para
[email protected]
4) Como obter fotografias e vídeos institucionais do INPE?
As imagens do Inpe estão disponíveis neste link.
Os vídeos institucionais do Inpe estão disponíveis neste link.
5) O Inpe mantem cursos de graduação e pós-graduação?
O Inpe oferece, apenas, cursos de pós-graduação nas áreas de Astrofísica, Geofísica
Espacial, Computação Aplicada, Meteorologia, Sensoriamento Remoto e Engenharia e
Tecnologia Espacial.
6) O Inpe faz foguetes?
Não. De acordo com as diretrizes do Programa Espacial Brasileiro, o Inpe é o
responsável pelo Programa de Satélites, enquanto o DCTA – Departamento de Ciência
e Tecnologia Aeroespacial coordena o Programa de Veículos Lançadores de Satélites –
os foguetes.
7) O Inpe é igual à NASA?
A NASA (sigla em inglês para National Aeronautics and Space Administration;
Administração Nacional do Espaço e da Aeronáutica) é muito maior do que o Inpe. É
uma agência do Governo dos Estados Unidos da América, criada em 1958, responsável
pela pesquisa e desenvolvimento de tecnologias e programas de exploração espacial.
O Inpe se dedica a essa área (e também a outras áreas, como meteorologia e ciências
ligadas ao meio ambiente), mas não é uma agência. No Brasil, existe a Agência Espacial
Brasileira, que congrega todas as instituições do país ligadas ao Programa Espacial
Brasileiro.
8) Quais são as áreas de atuação do INPE?
As áreas de atuação são:
a) Ciências Espaciais e Atmosféricas
Pioneira do INPE, esta área compreende a investigação física e química de fenômenos
que ocorrem na atmosfera e no espaço exterior, de interesse para o país. Realiza
pesquisas e experimentos nos campos da Aeronomia, Astrofísica e Geofísica Espacial.
b) Engenharia Espacial
Área voltada para o desenvolvimento de sistemas e tecnologias espaciais destinadas a
diversas aplicações, como a execução de projetos e construção de satélites e sistemas
de solo. Realiza desenvolvimentos nos campos da Mecânica Espacial e Controle,
Eletrônica Aeroespacial, Sistema de Solo e Manufatura.
c) Observação da Terra
Envolve o conhecimento científico e tecnológico nos campos de sensoriamento
remoto e geoprocessamento, levantamento de recursos naturais e monitoramento do
meio ambiente. Realiza atividades de pesquisa, desenvolvimento e aplicações nos
campos de Sensoriamento Remoto e Processamento de Imagens Digitais.
d) Previsão de Tempo e Clima
Desenvolve pesquisas e atividades nos campos das Ciências Meteorológicas,
Meteorologia por Satélites, Previsão de Tempo e Climatologia. As atividades
operacionais de previsão de tempo e clima são executadas por meio de um
supercomputador que possibilita gerar resultados confiáveis, com boa antecedência.
e) Ciência do Sistema Terrestre
Área voltada para a detecção e atribuição de causas das mudanças ambientais globais
e regionais; geração de cenários de mudanças ambientais globais e regionais, e
avaliação de impactos nos sistemas sócio-econômico-ambientais.
f) Infra-estrutura do Programa Espacial
Laboratório de Integração e Testes (LIT) – Especialmente projetado e construído para
atender às necessidades do Programa Espacial Brasileiro, representa hoje um centro
de excelência relevante para o desenvolvimento tecnológico. Dotado das mais
avançadas tecnologias para testes e integração de sistemas espaciais, o LIT é
considerado um dos mais complexos laboratórios de pesquisa e desenvolvimento de
tecnologia espacial do hemisfério sul.
Centro de Rastreio e Controle de Satélites (CRC) – É responsável pela operação em
órbita dos satélites desenvolvidos pelo INPE ou em cooperação com instituições
estrangeiras. Também dá suporte às missões espaciais de terceiros. Engloba atividades
realizadas em São José dos Campos e nas estações terrenas de Cuiabá (MT) e Alcântara
(MA), operando 24 horas por dia, 365 dias por ano.
g) Laboratórios Associados
Área voltada para a pesquisa básica e para o desenvolvimento tecnológico em campos
afins ao INPE. Os laboratórios estão divididos em Sensores e Materiais, Plasma,
Computação e Matemática Aplicada, e Combustão e Propulsão.
Download