Cristianismo – Nascimento e Expansão O Cristianismo surgiu

Propaganda
Cristianismo – Nascimento e Expansão
O Cristianismo surgiu durante o
Alto Império, numa província
romana, na Palestina,
região
árida e pobre, que no decorrer
de 600 anos foi dominada por
grandes
povos
Romanos).
Judeus,
(Gregos
Habitada
um
religioso
povo
e
por
muito
(monoteístas),
acreditavam que Deus enviaria
um
Messias
libertá-los
da
(salvador)
para
dominação
e
exploração romana. Por outro
lado,
havia
guerrilheiros
um
grupo
(zelotas)
de
que
acreditavam que o Messias viria
como um deles e lideraria um
revolta que conseguiria por fim
ao domínio de Roma.
Nesse contexto nasceu Jesus,
numa família humilde e com numerosos irmãos. O pai era carpinteiro, profissão que
seguiu durante algum tempo. Recebeu instruções numa escola da sinagoga, o que
era comum para os meninos judeus. Embora tenha nascido em Belém, passou toda
a sua infância em Nazaré, essa etapa de sua vida que pouco se conhece. Aos 30
anos, passou a conviver com pessoas humildes, falava de maneira simples, sem
nenhuma autoridade, sempre disposto a ouvir o outro, mostrando-se interessado e
preocupado com o próximo. Diferente de outros mestres ia até os necessitados e
não esperava que viessem até ele, participava de festas e brincadeiras de forma
alegre e descontraída. Pregava o perdão e não o castigo. Nas suas andanças,
passou a ser seguido por doze homens, os apóstolos, que anunciavam nas aldeias e
vilas a chegada do Messias.
Pregava a existência do reino de Deus, um lugar onde apenas aqueles que
desejassem poderiam entrar, para tanto era preciso desprender-se dos bens
materiais, saber amar e perdoar o próximo, ser humilde, conversar com Deus,
através de orações, pedindo apenas o necessário.
A sua popularidade começou a preocupar os sacerdotes judeus, que não
acreditavam que este era o Messias, e denunciaram-no às autoridades romanas,
dizendo que se julgava o novo rei dos Judeus e possivelmente era um
revolucionário. Traído por um de seus apóstolos, Judas, que levou os soldados
romanos até o local onde Jesus costumava rezar, foi preso, julgado pelo povo judeu
incitado pelos sacerdotes e crucificado na sexta-feira às 15 horas, sob as ordens do
então governador romano Pôncio Pilatos.
Incomodados com o crescimento do Cristianismo e com os
mistérios que envolviam os cristãos que se negavam a
participar das cerimonias religiosas realizadas pelos romanos
bem e a aceitar que o Imperador fosse um dos representantes
dos deuses na terra, as autoridades Romanas começaram a perseguir os cristãos.
As perseguições tornaram-se cada vez mais constantes, muitos foram atirados às
arenas para serem devorados vivos pelas feras. Em Roma existiam inúmeras
religiões de origens variadas, porém só o Cristianismo era perseguido.
Após a morte de Jesus, os apóstolos percorreram o Império Romano espalhando os
ensinamentos deixados por Jesus, conhecidos como a "Boa Nova", conquistando
muitos adeptos entre os grupos mais humildes, aumentando significativamente o
número de cristãos.
Em 67, Nero promoveu um verdadeiro massacre aos Cristãos, incendiou Roma e
culpou-os por isso. Nada disso os intimidou, pelo contrário reuniam-se nas
catacumbas onde celebravam seus cultos. Histórias macabras eram contadas em
relação aos rituais cristãos, diziam que matavam crianças e bebiam seu sangue, na
realidade referiam-se à comunhão o momento em que o pão e o vinho
representavam a carne e o sangue de Cristo.
Em 313, o Imperador Constantino, através do Edito de Milão, liberou os cultos
cristãos e em 391 o Imperador Teodósio, proibiu todos as outras religiões, excepto
o Cristianismo, adoptando-a como a religião oficial do Império
Referências
http://www.rainhadapaz.g12.br/projetos/historia/linha_tempo/antiga/roma/cristianismo.htm
Download
Random flashcards
Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards