Mar 21 Gabarito Módulo Ecologia

Propaganda
GABARITO MÓDULO ECOLOGIA
Prof. Ednaldo
Curso Matutino
Resposta da questão 1: [C]
O projeto tenta prever os efeitos associados ao
aquecimento global ao forçar a vegetação a captar o
CO2 atmosférico, reconhecidamente, um gás estufa.
Resposta da questão 2: [B]
[II] Falsa. Os átomos de carbono da Terra estão
armazenados
nos
organismos
vivos,
em
combustíveis fósseis, na crosta e na atmosfera
terrestre.
[IV] Falsa. A respiração aeróbica é responsável pelo
lançamento do gás carbônico no ambiente.
Resposta da questão 3: [B]
O sequestro de carbono do ambiente é realizado por
organismos
autotróficos
fotossintetizantes
e
quimiossintetizantes.
Resposta da questão 4: [A]
A relação entre bactérias do gênero Rhizobium e
raízes de plantas, principalmente leguminosa
constitui uma relação ecológica de mutualismo. As
bactérias convertem o N2 atmosférico em íons
Resposta da questão 9: [A]
As algas constituintes do fitoplâncton são os
melhores bioindicadores de poluentes, porque
ocupam o primeiro nível trófico nas cadeias e teias
alimentares de que participam. O declínio
populacional desse nível compromete todas as
populações que dele dependem no ambiente
impactado.
Resposta da questão 10: [D]
[II] Falso. A predação provocou o aumento da
população
dos
consumidores
secundários,
representados pelos insetos que se alimentam do
crustáceo Artemia.
Resposta da questão 11: [B]
A interpretação biológica é correta, porque a matéria
é
reciclada
na
natureza,
pela
atividade
decompositora de bactérias e fungos.
Resposta da questão 12: [D]
amônio (NH4 ) que é utilizado pelas plantas em seu
metabolismo e, em troca, recebem proteção e
nutrientes orgânicos produzidos pelos vegetais.
Resposta da questão 5: [A]
A energia que entra na biosfera, principalmente pela
ação dos organismos fotossintetizantes é utilizada na
produção de açúcares, que pode ser transformado
em diversas substâncias orgânicas, tais como o
amido, ou utilizada como combustível nos processos
de transferência energética.
Resposta da questão 6: [D]
O peixe-leão se comporta na cadeia alimentar como
um consumidor secundário (carnívoro), pois
alimenta-se do peixe papagaio, um consumidor
primário.
Resposta da questão 7: [A]
Os animais herbívoros de um aquário são
consumidores primários e se alimentam de plantas
aquáticas e algas. Além disso, os organismos
autótrofos realizam a fotossíntese e produzem o gás
oxigênio, enquanto o aquário estiver iluminado.
Resposta da questão 8: [C]
O segundo ambiente expressa melhor as
quantidades relativas maiores dos produtores
(vegetação)
em
relação
aos
consumidores
carnívoros (cobras e raposas).
Página 1 de 3
Conclusão: O declínio da população de raposas
vermelhas provocou o aumento do número de
camundongos-de-patas-brancas
que
são
hospedeiros do carrapato transmissor da bactéria
causadora da doença de Lyme.
Resposta da questão 13: [D]
A produtividade primária bruta de um ecossistema é
a quantidade de energia luminosa transformada em
matéria orgânica, pela fotossíntese, realizada pelos
organismos autótrofos da base da teia alimentar.
Resposta da questão 14: [C]
Em ecossistemas terrestres a maior biomassa
encontra-se nos vegetais que ocupam o nível trófico
dos produtores. Em ecossistemas marinhos a maior
biomassa encontra-se no nível trófico ocupado pelos
consumidores primários (zooplâncton), porém a
capacidade reprodutiva das algas do fitoplâncton é
maior do que a dos organismos do zooplâncton.
Resposta da questão 15: [E]
O conjunto de interações recíprocas entre a
comunidade de seres vivos e os fatores ambientais,
em determinada área, compõem um ecossistema.
O Ensino Levado a Sério
Resposta da questão 16: [C]
Os arrecifes de corais são locais de grande
biodiversidade, pois incluem muitas espécies de
animais e algas marinhas. Junto com os corais
convivem poríferos, platelmintos, nematelmintos,
anelídeos, moluscos, artrópodes, equinodermos,
cordados e inúmeros representantes do filo
protoctistas.
Resposta da questão 17: [C]
O escurecimento da água impede a passagem de
luz. Consequentemente, ocorrerá a queda da taxa
fotossintética dos organismos autótrofos que nela
vivem.
Resposta da questão 18: [D]
A lontra-marinha que habita as regiões litorâneas da
costa sul do Alasca é uma espécie ecologicamente
chave, porque controla a população de ouriços-domar. A predação exercida pelos mamíferos evita que
os equinodermos devastem as populações das algas
de que se alimentam.
Resposta da questão 19: [E]
A taxa de mortalidade na população vegetal não é
constante, porque muitas sementes não conseguirão
germinar e diversas plantas jovens não se
desenvolvem, porque servem de alimento para
herbívoros ou são vítimas de parasitas.
Resposta da questão 20: [E]
As curvas de sobrevivência I, II e III podem
representar, respectivamente, tartarugas marinhas,
roedores e seres humanos. Em tartarugas marinhas
a taxa de mortalidade infantil é muito alta. Em
roedores, a taxa de mortalidade é, praticamente,
constante durante a vida. Em seres humanos, a taxa
de mortalidade é alta em idades avançadas.
Resposta da questão 21: [E]
As folhas grudentas das plantas da espécie Philcoxia
minensis capturam e digerem vermes subterrâneos
garantindo sua sobrevivência e reprodução em
ambientes inóspitos com restrição hídrica e de
nutrientes minerais.
Resposta da questão 22: [D]
Gabarito Oficial: [C]
Gabarito SuperPro®: [D]
As relações ecológicas propostas na alternativa [D]
são interespecíficas, isto é, envolvem indivíduos de
espécies diferentes, enquanto as demais alternativas
apresentam relações possíveis, de acordo com o
diagrama proposto pela questão.
Alternativa D: incorreta
Protocooperação: relação interespecífica harmônica.
Herbivorismo: relação interespecífica desarmônica.
Inquilinismo: relação interespecífica harmônica.
Amensalismo: relação interespecífica desarmônica.
Página 2 de 3
Resposta da questão 23: [C]
As relações ecológicas propostas em [I], [II] e [III]
são, respectivamente, casos de mutualismo,
parasitismo e predação.
Resposta da questão 24: [B]
A recuperação da vegetação em uma área
devastada corresponde a uma sucessão ecológica
secundária.
Resposta da questão 25: [C]
A ocupação por espécies pioneiras em uma área
inabitada caracteriza o início de uma sucessão
ecológica.
Resposta da questão 26: [D]
O controle biológico de pragas em variedades de
plantas resistentes aos inseticidas é uma estratégia
que não causa impacto sobre a população de insetos
polinizadores, porque são utilizados predadores ou
parasitas específicos das pragas que se quer
controlar.
Resposta da questão 27: [E]
Plantas xeromórficas com adaptações para a
sobrevivência em ambientes quentes e áridos são
encontradas na caatinga nordestina (4). Vegetais
dotados de rizóforos (sustentação) e pneumatóforos
(respiração aérea) são observados em mangues (1).
As plantas epífitas que crescem sobre outras plantas,
aumentando
a
eficiência
fotossintética
são
encontradas em florestas tropicais.
Resposta da questão 28: [E]
O mexilhão dourado representa elevado impacto
ambiental, por ser uma espécie exótica capaz de
ocupar novos nichos ecológicos e proliferar em
ambientes onde não existem predadores naturais
que possam controlar seu crescimento populacional.
Resposta da questão 29: [A]
A deriva genética favorece especiação em
populações pequenas e isoladas. Esse fenômeno
ocorre em consequência da fragmentação e
degradação dos ecossistemas naturais.
Resposta da questão 30: [A]
Os machos e fêmeas de mosquitos da espécie
Aedes aegypti vivem no mesmo local (habitat),
porém ocupam nichos ecológicos distintos por se
alimentarem de forma diferenciada. Os machos se
comportam como consumidores primários (1º nível
trófico), enquanto as fêmeas ocupam níveis tróficos
superiores por se alimentar de sangue de animais.
Resposta da questão 31: [A]
[Resposta do ponto de vista da disciplina de
Química]
Dentre as hipóteses formuladas para explicar a
O Ensino Levado a Sério
ocorrência da “terra preta”, a mais plausível seria a
da decomposição gradativa de restos de peixes e
caça (fósforo e cálcio) e a deposição da fuligem
(carvão) gerada pela queima de madeira, empregada
no cozimento de alimentos.
[Resposta do ponto de vista da disciplina de
Biologia]
A ocorrência da “terra preta” em certas regiões
amazônicas pode ser causada pela decomposição
gradual de restos de peixes e caça e deposição da
fuligem da queima de lenha no cozimento dos
alimentos pelos habitantes do local.
Resposta da questão 32: [A]
Mamíferos como macacos e antas, ao comerem
frutos, contribuem com a dispersão das sementes
das plantas angiospermas. As abelhas, ao visitarem
as flores para coletar néctar e pólen, garantem a
polinização cruzada dos vegetais em sua área de
atuação.
Resposta da questão 33: [D]
A garça e o gavião são animais carnívoros,
consumidores terciários que ocupam o quarto nível
trófico das cadeias alimentares de que participam.
Resposta da questão 39: [B]
As castas de formigas de um formigueiro formam
uma sociedade. Os liquens são associações
mutualísticas de algas e fungos. Os corais são
colônias de pólipos anatomicamente unidos e uma
bromélia crescendo sobre um galho de árvore é um
caso de inquilinismo.
Resposta da questão 40: [C]
As monoculturas reduzem a diversidade das
colmeias, porque limitam o tipo de insetos
polinizadores.
Observação: O pólen adere às cerdas dos insetos
polinizadores.
Resposta da questão 41: [D]
A competição intraespecífica (I) é prejudicial para
ambos os leões envolvidos na disputa pela presa. O
ganhador é beneficiado (II) e o outro prejudicado. As
hienas se alimentam dos restos deixados pelos
leões, sendo beneficiadas (III).
Resposta da questão 42: [D]
Durante a sucessão ecológica ocorre aumento do
número de espécies e da complexidade funcional do
ecossistema.
Resposta da questão 34: [E]
A transferência de matéria e energia ao longo das
cadeias e teias alimentares nos ecossistemas,
envolve
o
aproveitamento das
substâncias
resultantes da atividade decompositora, realizada por
bactérias e fungos.
Resposta da questão 43: [C]
Não existe o equilíbrio ecológico estático, mas sim
um equilíbrio dinâmico. Os seres vivos e os
ecossistemas sofrem mudanças causadas pelos
fatores abióticos e bióticos do meio em que vivem.
Resposta da questão 35: [C]
A pirâmide de energia nunca poderá ser invertida,
porque a quantidade de energia transferida de um
nível trófico para o seguinte, sempre será menor do
que a quantidade de energia recebida do nível trófico
anterior.
Resposta da questão 44: [A]
O bioma 1 indica a floresta tropical pluvial
amazônica,
caracterizada
por
estratificação
determinada pelas diversas alturas das principais
árvores que compõem esse domínio vegetal
brasileiro.
Resposta da questão 36: [A]
A eutrofização das águas é uma consequência do
despejo de esgoto e lixo nas águas continentais e
litorâneas.
A morte dos organismos fotossintetizantes causa a
diminuição do oxigênio liberado pelos microorganismos produtores.
Resposta da questão 45: [A]
A vegetação do Cerrado brasileiro caracteriza-se por
apresentar cobertura predominante de gramíneas,
arbustos e árvores de pequeno porte com folhas
pequenas.
As regiões atingidas pelas queimadas no bioma
floresta Amazônica são as florestas altas, de terra
firme e não sujeitas a inundações periódicas.
Resposta da questão 37: [E]
Todas as afirmações estão corretas e relacionadas
às consequências do uso de fertilizantes sintéticos
em lavouras.
Resposta da questão 38: [E]
A carga biótica máxima suportada por determinado
ambiente depende de fatores como a densidade
populacional, a disponibilidade de alimento, espaço e
competição.
Página 3 de 3
Resposta da questão 46: [E]
Os componentes dos bloqueadores solares deveriam
ser biodegradáveis para não comprometer a saúde
humana e dos animais aquáticos.
Resposta da questão 47: [C]
O problema ecológico causado pela introdução de
novas espécies, transgênicas ou não, e novas
práticas agrícolas pode limitar o aparecimento e
adaptação de variedades nativas.
O Ensino Levado a Sério
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards