tratamento de feridas e cuidado de enfermagem

Propaganda
TRATAMENTO DE FERIDAS E CUIDADO DE ENFERMAGEM: UMA
REVISÃO SISTEMÁTICA
ALVES, Sâmya Maria Andrade1; BEZERRA, Sinara Araújo1; ESTRELA, Aline
Roberta Silva1; SOUSA, Camila Marques de 1; FONTINELE, Araceli Moreira De
Martini2; MENDES, Euricléia Ferreira Araújo3
Introdução: As feridas são modificações da pele ocasionadas por traumas, processos
inflamatórios, degenerativos, circulatórios ou por distúrbios do metabolismo. O
tratamento destas lesões tem recebido atenção especial dos profissionais da área de
saúde, principalmente da área da enfermagem, que muito têm contribuído para o avanço
e consequente sucesso do tratamento. Como parte da assistência de enfermagem, é
imprescindível o desenvolvimento de um plano de cuidados pautado nas principais
necessidades do portador da ferida. Dessa forma, o enfermeiro, dotado de um saber que
lhe é peculiar, poderá estabelecer metas factíveis, obtendo assim, melhor qualidade da
assistência. Objetivo: Analisar a assistência de enfermagem no tratamento destas lesões
com base na literatura científica. Metodologia: trata-se de uma revisão sistemática, na
qual foram consultadas as bases de dados Lilacs, Scielo e Medline, de 2001 a 2009.
Resultados: Por meio do levantamento bibliográfico, foi observado que no ambiente
hospitalar, as estratégias de prevenção de úlceras por pressão e cuidados com a
integridade tissular inclui alguns elementos chaves que consistem em: avaliar o risco
para integridade da pele prejudicada devido perfusão tissular ineficaz, relacionada a
diminuição na oxigenação, resultando na incapacidade de nutrir os tecidos a nível
capilar do paciente. Os estudos ressaltam que esse diagnóstico de enfermagem deve ser
observado na admissão do paciente em qualquer serviço de saúde e a reavaliação
periódica deve ser realizada, baseada nos seguintes critérios: inspecionar a pele
diariamente e protegê-la contra excesso de umidade, ressecamento, fricção e
cisalhamento; realizar tratamento precoce ao detectar anormalidades e usar superfícies
de suporte e alívio da carga mecânica, a fim de minimizar os efeitos do excesso de
pressão causado pela imobilidade. Em relação à sistematização da assistência de
enfermagem, alguns estudos relataram a realização da prescrição de enfermagem em
alguns estabelecimentos de saúde funcionam como rotina de cada setor, porém, sem
252 | P á g i n a
estar individualizada para cada paciente. Conclusão: Concluiu-se que é de suma
importância o desenvolvimento e aplicação da SAE como metodologia de trabalho nos
estabelecimentos de saúde onde se desempenham os cuidados de enfermagem que tem
como alicerce os cuidados posteriores a procedimentos cirúrgicos ou clínicos e a
prevenção de agravos a integridade do ser como um todo, pois é um processo que torna
o cuidado mais qualificado prezando-se pela satisfação do usuário com os cuidados de
enfermagem prestados com fundamentação científica.
PALAVRAS-CHAVES: Assistência de Enfermagem. Tratamento de Feridas.
Sistematização da Assistência de Enfermagem.
________________________________
1 – Integrantes do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde do Adulto e do Idoso pelo Hospital
Universitário da Universidade Federal do Maranhão. Bacharel em Enfermagem pela Universidade Federal do
Maranhão
2 - Enfermeira do Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão. Mestranda do Programa de PósGraduação em Saúde Materno-Infantil da Universidade Federal do Maranhão
3 - Bacharel em Enfermagem pela Universidade Estadual do Maranhão
253 | P á g i n a
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards