originalmente lançado

Propaganda
Conj.
Código
Período
Turma
Data
3º
B21
T
A
02/8/2005
OBSERVAÇÕES:
- RESPOSTAS À TINTA E SEM RASURAS.
- CADA QUESTÃO VALE DOIS PONTOS.
1 - (UNIRIO) "Em relação ao que foi outrora, nossa terra transformou-se num esqueleto de um corpo
descarnado pela doença. As partes gordas e macias desapareceram e tudo o que resta é a carcaça
nua."
(Platão)
Apesar do constante movimento do homem em
direção à simplificação e a destruição dos
ecossistemas, já notado por Platão no século
IV antes de Cristo, a natureza apresenta
mecanismos contrários a essa tendência. Os
impactos, sejam antrópicos ou naturais, são
absorvidos, e a natureza tende a se
reestruturar,
atingindo
o
máximo
de
complexidade que o ambiente permitir. Como
exemplo de reestruturação de ecossistemas há
o processo de assoreamento em pequenas
lagoas, ilustrado nas etapas do esquema a
seguir.
Analise a seqüência de etapas e responda:
a) Qual o nome que se dá à substituição de comunidades que ocorre ao longo do processo?
b) Como se denomina a etapa IV?
c) A produtividade líquida de um ecossistema é determinada pela biomassa acumulada ao longo
de um período, sendo resultado da diferença entre a taxa fotossintética e a taxa de respiração.
Sabendo-se que a produtividade líquida varia ao longo do processo, qual deve ser a proporção entre
as taxas fotossintética e de respiração quando esse processo atingir a última etapa?
2 - a) (CESGRANRIO) Uma preá que vivia na beira de um charco, alimentando-se de capim, foi
capturada por uma cobra que, mais tarde, foi apanhada por um gavião. Mas a história poderia ser
outra, e o gavião poderia ter caçado um rato ou outra ave. Por sua vez, a cobra poderia ter capturado
um passarinho que havia comido um inseto.
Este ambiente, com inúmeros animais e vegetais, à beira de um charco de água doce, durante o dia,
sofre flutuações de temperatura, luminosidade, maior ou menor pH e até alterações de salinidade.
O texto refere-se a uma comunidade ou a um ecossistema?
b) (UFBA) “É interessante contemplar as margens exuberantes de um lago, ricas em plantas de
numerosas espécies, com pássaros cantando nos arbustos, insetos voando e saltando ao redor e
vermes rastejando na terra úmida e pensar que essas formas, admiravelmente construídas, tão
diferentes entre si, e em complexa interdependência, foram produzidas por leis que agem ao nosso
redor.”
DARWIN, Charles. A origem das espécies.
Qual conceito ecológico está descrito no fato de que as formas vivas são “tão diferentes entre si, e em
complexa interdependência”?
c) (UFLA) O Tapirus terrestris (Linnaeus, 1758), a popular "anta", é o maior herbívoro terrestre do
novo mundo, ocorrendo em regiões do CERRADO, MATA ATLÂNTICA E AMAZÔNICA,
freqüentemente às MARGENS DE RIOS E RIBEIRÕES. Alimenta-se freqüentemente de folhagens,
raízes e frutos e produz de 2 a 3 filhotes por ninhada. Os filhotes são amamentados pela mãe até que
possam alimentar-se sozinhos.
Quais os conceitos ecológicos descritos nos trechos com letras maiúsculas e nos grifados,
respectivamente?
3 - (UFRJ) Em 1912 foi lançado ao mar um navio transatlântico, que naufragou no Atlântico Norte a
cerca de 600 quilômetros da costa. No dia do naufrágio o casco do navio encontrava-se limpo, pois
tratava-se de sua viagem inaugural. Redescoberto em 1985, a cerca de 1.000 metros de
profundidade, o navio foi filmado por equipes de pesquisadores. Nos filmes se pode notar que os
destroços estavam recobertos por inúmeras espécies de invertebrados marinhos fixos, tais como
esponjas, cnidários e poliquetas.
a) Como são classificadas as inúmeras espécies de invertebrados marinhos fixos aos destroços
do navio?
b) Que relação existe entre a atividade do fitoplâncton e a manutenção do nível de oxigênio no
ambiente?
4 – Em uma planta aquática, as células estomáticas das folhas flutuantes estão fazendo fotossíntese
e recebendo água das células vizinhas, que por sua vez recebem água de outras células,
compensando a que perderam. Nesta situação, como deverão estar os estômatos e as células
vizinhas, quanto à turgescência?
5 - (VUNESP) Um grupo de estudantes montou o seguinte experimento: quatro tubos de ensaio foram
etiquetados, cada um com um número, 1, 2, 3 e 4. Uma planta de egéria (planta aquática) foi
colocada nos tubos 1 e 2. Os tubos 1 e 3 foram cobertos com papel alumínio, de modo a criar um
ambiente escuro, e os outros dois foram deixados descobertos. Dentro de cada tubo foi colocada uma
substância indicadora da presença de gás carbônico, que não altera o metabolismo da planta. Todos
os tubos foram fechados com rolha mantidos por 24 horas em ambiente iluminado e com temperatura
constante. A figura representa a montagem do experimento.
Sabendo-se que a solução indicadora tem originalmente cor vermelho-clara, a qual muda para
amarela quando aumenta a concentração de gás carbônico dissolvido, e para vermelho-escura
quando a concentração desse gás diminui, responda:
a) explique o que ocorreu no tubo 1 para que a cor da solução, ao final do experimento, ficasse
amarela.
b) explique o que ocorreu no tubo 2 para que a cor da solução, ao final do experimento, ficasse
vermelho-escura.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

Criar flashcards