6. local de entrega e instalações

Propaganda
COMPANHIA HIDRO ELÉTRICA DO SÃO FRANCISCO – CHESF
DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS GERAIS – DSG
DIVISÃO DE SERVIÇOS AUXILIARES – DASA
SERVIÇO DE ADMINISTRAÇÃO AUXILIAR – SAAA
ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA – SAAA 023 / 2011
FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE
CONDICIONADORES AR TIPO SPLIT SYSTEM
PARA O PRÉDIO DA GERÊNCIA REGIONAL LESTE
ET-SAAA-023/2011
NOVEMBRO / 20011 rev.1
ÍNDICE
1.
2.
3.
4.
OBJETIVO ............................................................................................................................................ 3
NORMAS E RECOMENDAÇÕES ...................................................................................................... 3
DESCRIÇÃO GERAL DO FORNECIMENTO.................................................................................... 3
DOCUMENTAÇÃO ............................................................................................................................. 3
4.1.
DOCUMENTAÇÃO COMPLEMENTAR ................................................................................ 3
4.2.
DOCUMENTAÇÃO SUBSEQÜENTE A PROPOSTA ............................................................ 3
5. INSTALAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS ............................................................................................. 3
5.1.
CONDIÇÕES DE INSTALAÇÃO ............................................................................................. 3
5.2.
SEQÜÊNCIA DE INSTALAÇÃO FRIGORÍFICA ................................................................... 4
5.3.
TESTES DE INSTALAÇÃO ..................................................................................................... 4
5.4.
BALANCEAMENTO DO REFRIGERANTE ........................................................................... 5
6. LOCAL DE ENTREGA E INSTALAÇÕES ....................................................................................... 5
7. PRAZO .................................................................................................................................................. 5
8. GARANTIA .......................................................................................................................................... 5
8.1.
EXTENSÃO DAS GARANTIAS .............................................................................................. 5
9. DESCRIÇÃO DOS EQUIPAMENTOS A SEREM FORNECIDOS .................................................... 6
10.2.
RELAÇÃO DE PRESSÃO E TEMPERATURA DE VAPOR SATURADO ........................... 8
10.3.
FICHA DE PARTIDA................................................................................................................ 9
2
ET-SAAA-023/2011
NOVEMBRO / 2011
1. OBJETIVO
Fornecimento e instalação de condicionadores de ar do tipo split para o prédio da Gerência Regional Leste
– GRL.
2. NORMAS E RECOMENDAÇÕES
Todos os serviços e materiais cobertos por esta especificação, deverão estar de acordo com as últimas
revisões das Normas e Padrões das seguintes organizações:
ISO
International Standards Organization;
ABNT
Associação Brasileira de Normas Técnicas;
ASRHAE
American Society of Heating, Refrigerating and Air Conditioning Engineers;
ASME
American Society of Mechanical Engineers;
ARI
Air Conditioning and Refrigerating Institute;
SMACNA
Sheet Metal and Air Conditioning Contractors National Association;
PORTARIA nº 3.523/GM, de 28.08.98, do Ministério da Saúde.
Resolução nº 09, de 16 de Janeiro de 2003, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.
3. DESCRIÇÃO GERAL DO FORNECIMENTO


Fornecimento e instalação de condicionadores de ar tipo split conforme item 9;
Instalação das unidades de condicionamento de ar conforme item 5;
4. DOCUMENTAÇÃO
4.1. DOCUMENTAÇÃO COMPLEMENTAR
A PROPONENTE que ofertar o menor preço deverá apresentar catálogos em português dos splits objetos
desta especificação, comprovando que as características dos mesmos estão em conformidade com as
especificidades exigidas. Também deverá apresentar a tabela do Procel comprovando que o equipamento é
selo A/B.
4.2. DOCUMENTAÇÃO SUBSEQÜENTE A PROPOSTA
Após a instalação dos condicionadores de ar deverá ser fornecido:
1.
2.
Ficha de partida de cada equipamento conforme modelo apresentado no item 9.2;
Manuais técnicos e de utilização dos equipamentos.
A ficha de partida é item condicional ao recebimento da instalação.
5. INSTALAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS
5.1. CONDIÇÕES DE INSTALAÇÃO
As tubulações deverão ser de cobre rígido, com paredes espessas, sem costura, inclusive curvas e
acessórios, obedecendo ao dimensionamento do fabricante e aos desenhos executivos fornecidos pelo
mesmo. A desumidificação do sistema frigorífico deverá ser aferida com instrumento para este fim,
3
ET-SAAA-023/2011
NOVEMBRO / 2011
devidamente calibrado a fim de atender as recomendações exigidas pelo fabricante do condicionador.
A contratada deverá executar pequenos rasgos e complementos em alvenaria / janelas de vidro, para
passagem de eletrodutos, tubulações frigoríficas e hidráulicas, e fechamento de pequenos vãos deixados
pelos equipamentos retirados.
As unidades evaporadoras tipo high wall, poderão também ser instaladas no teto, conforme orientação do
da CHESF. Neste caso, serão instaladas em cantoneiras de ferro, zincadas à quente, e pintadas em cor
cinza.
Os rasgos realizados na alvenaria para passagem do kit de refrigeração deverão ser fechados com o auxílio
de gesso ou argamassa.
A instalação da alimentação elétrica entre as unidades condensadoras e evaporadora, o quadro de comando
e o ponto de força fornecido pela CHESF deverá ser executada com cabos do tipo PP obedecendo as
bitolas indicadas pelo fabricante e utilizando, se necessário, eletrodutos rígidos em PVC e/ou eletrodutos
flexíveis com alma de aço (tipo seal tube).
Todos os splits deverão permitir religamento automático em caso de falta de energia elétrica.
Após a instalação dos splits deverão ser fornecidas as fichas de partidas contendo no mínimo as
informações descritas no item 9.2.
Caso o refrigerante fornecido pelo fabricante do equipamento seja insuficiente a contratada deverá fornecer
e completar a carga do refrigerante recomendado pelo fabricante.
Para as centrais de ar com capacidade superior a 30.000BTU o circuito frigorífico deverá possuir filtro
secador instalado, além de pressostatos de proteção para a linha de alta e baixa pressão.
Os condensadores deverão estar apoiados em calços de borracha, evitando assim contato direto da
carenagem com o suporte ou a base.
A distância entre as unidades evaporadoras e condensadoras são de até 5 metros.
5.2. SEQÜÊNCIA DE INSTALAÇÃO FRIGORÍFICA
A instalação deverá seguir a seguinte seqüência:
1
Fixar os elementos de sustentação da linha de líquido e gás
2
Medir e soldar os trechos das tubulações conforme os desenhos executivos;
3
As soldas deverão ser efetuadas com phoscoopper 2% em cobre;
4
As soldagens deverão ser realizadas com nitrogênio, no interior dos tubos para evitar a
oxidação do cobre. Para isto o manômetro do regulador de pressão deverá estar marcando
2 psig.
5.3. TESTES DE INSTALAÇÃO
Após a instalação deverão ser efetuados os seguintes testes:

Injetar 50 psig de nitrogênio e realizar inspeção visual em toda a extensão das linhas;

Após os possíveis consertos de vazamentos, pressurizar as linhas até 250 psig. Após equalização
das pressões, martelar todas as soldas e verificar visualmente, com espuma de sabão, possíveis
vazamentos;

Deixar marcar no manômetro a pressão de 250 psig por 24 h com tolerância de menos 5 psig;

Se o manômetro não despressurizar retirar o nitrogênio;

Desidratar todo sistema onde foi realizado procedimento de solda por alto-vácuo, até estabelecer o
valor de 250 mícron de coluna de mercúrio, ou menor, aferido por vacuômetro.
4
ET-SAAA-023/2011
NOVEMBRO / 2011
5.4. BALANCEAMENTO DO REFRIGERANTE
A verificação da necessidade de acréscimo ou retirada de fluido refrigerante no circuito frigorífico deverá
ser realizada a partir da medição da temperatura de superaquecimento do sistema (Tsup) que deverá estar
entre 5ºC e 7ºC, preferencialmente 6ºC, devendo esta medição ser realizada da seguinte forma:
1
Mede-se simultaneamente a temperatura (T 1) e a pressão (P) da linha de retorno após o
evaporador;
2
Com o auxílio da pressão medida P e a tabela de vapor saturado encontra-se a temperatura
de vapor saturado (T2);
3
Calcula-se a temperatura de superaquecimento fazendo-se TSUP=T1-|T2|.
Quando a temperatura de superaquecimento estiver maior que 7ºC deverá ser acrescido refrigerante à
tubulação e abaixo de 5ºC deverá ser purgado refrigerante do sistema. A temperatura de superaquecimento
deverá ser medida novamente após 30min de funcionamento da split, pois este é o tempo necessário para
que o sistema apresente uma estabilidade confiável. No caso da nova temperatura de superaquecimento
estar na faixa não desejável um novo balanceamento deverá ser realizado.
6. LOCAL DE ENTREGA E INSTALAÇÕES
Os condicionadores de ar deverão ser entregues e instalados na, subestação do Bongi s/n – Av General
San Martin Bairro: Bingi - CEP: 50.630-060 Recife- PE.
7. PRAZO
O prazo máximo de fornecimento e instalação dos equipamentos será de 15 dias a contar da data da
emissão da carta-contrato pela Chesf.
8. GARANTIA
A garantia total dos componentes integrantes da instalação será de 1 (Um) ano a contar da data de
recebimento definitivo das instalações.
Durante o prazo de garantia total de 12 meses deverão ser substituídos quaisquer partes ou peças
defeituosas sem ônus para a CHESF.
A garantia não estará condicionada a contrato de assistência técnica com a contratada.
8.1. EXTENSÃO DAS GARANTIAS
A redação do “Termo de Garantia” deve ainda, levar em consideração que:
i.
A aprovação dos documentos pela CHESF, não desobriga a contratada de sua plena
responsabilidade em relação ao perfeito funcionamento do sistema, pela sua entrega sem falhas e
omissões que venham a retardar a montagem, colocação em serviço ou bom desempenho de sua
operação.
ii.
A aceitação, pela CHESF, de qualquer material ou serviço, não exime a contratada da plena
responsabilidade de todas as garantias estabelecidas.
iii.
A “Garantia” deverá ser independente de todo e qualquer resultado dos ensaios realizados, isto é,
quaisquer que tenham sido esses resultados, a contratada responderá por todas as “Garantias”
dentro de seus “Termos”.
5
ET-SAAA-023/2011
NOVEMBRO / 2011
9. DESCRIÇÃO DOS EQUIPAMENTOS A SEREM FORNECIDOS
EQUIPAMENTOS
ITEM
01
02
03
DISCRIMINAÇÃO
Fornecimento
com
instalação
de
condicionador de ar tipo split, Hi-wall,
22.000 BTU/h, controle remoto sem fio,
tensão 220V-2F, 3 velocidades, compressor
scroll ou rotativo, selo A ou B do Procel,
fabricação Springer Carrier.
Nota: Considerar na proposta a retirada
de equipamento existente conforme a
observação abaixo
Fornecimento
com
instalação
de
condicionador de ar tipo split, Hi-wall,
12.000 BTU/h, controle remoto sem fio,
tensão 220V-2F, 3 velocidades, compressor
rotativo, selo A ou B do Procel, fabricação
Springer Carrier.
Fornecimento
com
instalação
de
condicionador de ar tipo split, Hi-wall, 7.000
BTU/h, controle remoto sem fio, tensão
220V-2F,
3
velocidades,
compressor
rotativo, selo A do Procel, fabricação
Springer Carrier.
QTDE
UNID
01
UN
01
UN
01
UN
VALOR
UNIT. – R$
VALOR TOTAL
R$
TOTAL – R$
Obs; Para o item 1 deverá estar incluso no fornecimento e instalação a retirada de split
existente de 36.000 BTU/h (fabricação Eletrolux. controle remoto sem fio, tensão 220V2F, 3 velocidades), e reinstalação em outro ambiente da mesma edificação (prédio da
GRL). Considerar as seguintes distâncias: a) 7 m, entre a unidade condensadora e
evaporadora para fins de dimensionamento das tubulações frigoríficas e, b) 15 metros
entre a unidade condensadora e o ponto de alimentação elétrica fornecido pela Chesf.
6
ET-SAAA-023/2011
NOVEMBRO / 2011
7
ET-SAAA-023/2011
NOVEMBRO / 2011
9.1. RELAÇÃO DE PRESSÃO E TEMPERATURA DE VAPOR SATURADO
TABELA DE VAPOR SATURADO PARA REFRIGERANTE R-22
PRESSÃO (P)
[lb/in2]
TEMPERATURA (T2)
[ºC]
PRESSÃO (P)
[lb/in2]
TEMPERATURA (T2)
[ºC]
57
-0,20
69
4,63
58
0,22
70
5,01
59
0,64
71
5,39
60
1,06
72
5,76
61
1,47
73
6,12
62
1,88
74
6,49
63
2,29
75
6,85
64
2,69
76
7,21
65
3,08
77
7,57
66
3,48
78
7,92
67
3,87
79
8,28
68
4,25
80
8,62
8
ET-SAAA-023/2011
NOVEMBRO / 2011
9.2. FICHA DE PARTIDA
FICHA DE PARTIDA
DADOS GERAIS
Nome da empresa: _________________________________________________
Telefone: ( ____ ) ________ – ________
Data da partida: ____ / ____ / ________
Local da Instalação: ________________________________________________
N°. do contrato: ____________________________
EQUIPAMENTO
Marca: ________________________
Modelo: _____________________________
N°. De série: _________________________
Capacidade frigorífica: _______ TR
MEDIÇÕES
Correntes elétrica do compressor
I1:________ A
I2: ________ A I3: _______A
Corrente elétrica do ventilador do condensador
I1:________ A
I2: ________ A I3: _______A
Corrente elétricas do ventilador do evaporador
I1:________ A
I2: ________ A I3: _______A
Tensão elétrica
R: _________ V S: _________V T: ________V
Temperatura de superaquecimento do sistema
_________ °C
Temperatura de insuflamento de ar no condensador
_________ °C
Pressão manométrica do circuito de alta pressão
_________ psi
Pressão manométrica do circuito de baixa pressão
_________ psi
Pressão de vácuo do sistema antes da colocação de refrigerante
_________  mHg
___________________________________
Fiscal da CHESF

___________________________________
Responsável pela instalação
9
ET-SAAA-023/2011
NOVEMBRO / 2011
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Criar flashcards