INDICADOR DIABETES

Propaganda
INDICADOR - Diagnóstico e definição de diabetes para inscritos no projeto CAMÉLIA.
Grupo demográfico: - pacientes inscritos no projeto CAMELIA.
Numerador: - pacientes com glicemia de jejum entre 100 e 125. Quando um teste aleatório, sem
jejum, de glicose plasmática acusar um resultado > 100 e < 200 o teste em jejum também vai ser
repetido ou então o teste oral de tolerância à glicose (TOTG) será realizado.
Denominador: - Todos os pacientes do Camélia.
Medidas: - Dosagem da glicose plasmática, coletada conforme previsto no projeto Camélia.
Definição do caso: - de acordo com critérios internacionais, a classificação da condição dos
pacientes em diabetes e intolerância à glicose.
A detecção será feita com a medida da glicose plasmática, preferencialmente com a de jejum. Para
o diagnóstico, o TOTG deve ser feito em pacientes com uma glicêmica entre 100 e 126 mg/dl.
Se for encontrado num exame aleatório, sem jejum, um nível de glicose entre 100 e 200 mg/dl, num
rastreamento oportuno, deve ser repetido o exame de glicemia em jejum ou um TOTG deve ser
realizado.
Usar-se-á o consenso da FID (Federação Internacional de Diabetes) 2005 que se reporta ao
consenso OMS (Organização Mundial de Saúde) 1999; deve ser usado para diagnóstico de
diabetes; Este inclui a importância de não diagnosticar diabetes em um só exame laboratorial na
ausência de sintomas. Também usar-se-á a definição da ADA – 2003 para intolerância à glicose.
VALORES mg/dl
Diabetes Mellitus
(em jejum)
depois de dextrose 75g – 2h
Intolerância à glicose
(em jejum)
depois de dextrose 75 g – 2h
> 126
≥ 200
100 –125
140 – 199
Fonte – adaptado da Organização Mundial de Saúde 1999, FID 2005 e ADA 2003.
Conhecimento: - Há muitos casos que não estão diagnosticados e há casos limítrofes que usam
definições antigas, sendo portanto não-tratados.
Significância: - Diabetes e pré-diabetes são fatores de risco para várias complicações em inúmeros
sistemas orgânicos, entretanto podem ser modificáveis – a terapia pode alterar o curso natural da
doença.
Limitação de indicador: - Não há
Limitação dos dados obtidos: - A pesquisa do projeto CAMÉLIA não expressa a população como
um todo já que não é feita de uma amostra aleatória, envolve famílias pré-selecionadas, tendo em
vista o estudo da agregação familiar.
Objetivo: - Investigar a agregação familiar em Diabetes.
Dados adicionais:
Relação familiar(pais biológicos)
Escolaridade
Idade, sexo, peso, altura, cintura, circunferência de quadril, IMC ou percentil
Pressão Arterial
Atividade física, hábitos alimentares, consumo de bebidas alcoólicas, tabagismo.
História patológica pregressa, medicação em uso.
Referências:
1. World Health Organization. Defi nition, Diagnosis and
Classifi cation of Diabetes Mellitus and its Complications.
Report of a WHO Consultation. Part 1: Diagnosis and
Classifi cation of Diabetes Mellitus. Geneva: WHO
Department of Noncommunicable Disease Surveillance,
1999: 1-59. http://www.who.int
2. World Health Organization. Screening for Type 2
Diabetes. Report of a World Health Organization and
International Diabetes Federation meeting.
WHO/NMH/MNC/03.1 Geneva: WHO Department
of Noncommunicable Disease Surveillance
3. The Expert Committee on the diagnosis and classifi cation
of diabetes mellitus. Follow-up report on the diagnosis of
diabetes mellitus. Diabetes Care 2003; 26: 3160-67.
Download
Random flashcards
Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards