Enviado por Do utilizador7941

WOBBLER AROMATICO

Propaganda
ESCOLA SENAI JOÃO MARTINS COUBE
Bruno Camargo Sulato
Elias Carvalho Alves
Gabriel Paulino Rossi
Vitor Hugo Alves Marciano
WOBBLER AROMATICO
Bauru
Julho/2020
2
Bruno Camargo Sulato
Elias Carvalho Alves
Gabriel Paulino Rossi
Vitor Hugo Alves Marciano
WOBBLER AROMATICO
Trabalho apresentado à Disciplina de
Projetos como requisito para conclusão
do Curso Técnico em Processos Gráficos
da Escola SENAI João Martins Coube.
ORIENTADOR: Gilberto e Marcel
BAURU
julho/2020
3
Bruno Camargo Sulato
Elias Carvalho Alves
Gabriel Paulino Rossi
Vitor Hugo Alves Marciano
ORIENTADOR: Gilberto e Marcel
WOBBLER AROMATICO
Trabalho aprovado por:
___________________________________
(Nome do componente da banca)- titulação dele
___________________________________
(Nome do componente da banca)- titulação dele
______________________________
(Nome do componente da banca)- titulação dele
Bauru, 03 de julho de 2020.
4
AGRADECIMENTOS
Primeiramente agradecemos a Deus por cada dia que nos permitiu estar no
Senai aprendendo algo novo e em segundo lugar, queremos agradecer aos nossos
professores pelo conhecimento transmitido.
5
RESUMO
Produtos de perfumaria, por estar expostos no varejo, sofrem violação do
frasco. Nesse sentido este trabalho busca estudar uma solução de marketing e
publicidade que possa colaborar para que não haja violação do produto.
Esse trabalho visa a criação de um produto publicitário, um material de
marketing e publicidade que possa evitar desperdício. Esse material consistira na
criação de um wobbler, material de gôndolas que vai trazer em si um aroma
aplicado.
Sabemos que em mercados e comércios no setor de perfumaria, as pessoas
ao passarem nas gôndolas para adquirirem os seus produtos, antes mesmo de
escolherem e colocarem em seu carrinho de supermercado, os clientes geralmente
abrem e passam em si mesmo para sentirem a fragrância do produto a ser
adquirido, com isso as marcas de perfumaria acabam perdendo e tendo um certo
prejuízo, tendo em vista colocam um pouco mais do produto.
Através de várias pesquisas em campo como em sala de aula e após
embasamentos técnicos, concluímos que o wobbler aromático é viável, pois ele é
algo novo no mercado nesse segmento, é uma forma de publicidade no qual vai
geral um aumento nas vendas, vai agregar algo novo ao produto, evitar violação do
produto por parte dos clientes e além disso, qualquer gráfica pode produzir esse
wobbler aromático, desde que tenha os maquinários necessários para a produção.
Palavras-chaves: Wobbler aromático, violação dos produtos e aumento nas vendas.
6
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO
8
2 OBJETIVOS
9
2.1 Objetivo Geral
9
2.2 Objetivos Específicos
9
3 JUSTIFICATIVA
10
4 MICROENCAPSULAÇÃO
11
5 MARKETING OLFATIVO
11
5.1 Aplicação Diversa
12
6 AROMAS QUE VENDEM
13
7 CONCEITO NOVO
14
7.1 Fragrâncias, olfato e neuromarketing
15
7.2 Memória Olfativa: Descubra o que é e sua importância
15
7.3 A importância do marketing olfativo no meio empresarial
16
7.4 Marketing Olfativo: Conheça os incríveis benefícios para a
sua empresa
16
7.5 Marketing olfativo no mercado
16
7.6 Marketing olfativo em números
17
7.7 Marketing olfativo conquista o mercado
17
7.8 A tecnologia Microencapsulado
17
7.9 Tecnologia de Microcápsulas
18
7.10 Marketing Olfativo – O que é e para que serve
18
7.11 Pesquisa Mercadologica (Pesagem dos Produtos)
18
8 ENTENDENDO MAIS SOBRE O MARKETING OLFATIVO
20
8.1 Marketing olfativo cresce, mas faltam profissionais treinados
20
8.2 Faltam Profissionais (Faltam prossionais capaticados na área)
21
9 WOBBLER E DANGLER, A ESTRATÉGIA CERTA NO PDV
22
9.1 Wobbler: o que é isso e como ele pode ajudar suas vendas?
23
9.2 Quais são as vantagens do wobbler?
23
9.3 Wobbler preço (Especial)
23
10 COMO APLICAR ISSO NA ÁREA GRÁFICA
25
10.1 Gráfica que fabricam wobbler
25
10.2 Aplicações dos produtos da gráfica de wobbler
25
7
10.3 Tipos de impressões e métodos de fabricação de Wobbler
25
10.3.1 Serigrafia
25
10.3.2 Impressão offset
26
10.3.3 Flexografia
28
10.3.4 Digital
30
11 METODOLOGIA
31
11.1 Acabamento/enobrecimento
31
12 CRONOGRAMA DE DESENVOLVIMENTO
34
13 CONCLUSÃO
35
14 REFERÊNCIAS
36
8
1. INTRODUÇÃO
Produtos de perfumaria, por estar expostos no varejo, sofrem violação do
frasco. Nesse sentido este trabalho busca estudar uma solução de marketing e
publicidade que possa colaborar para que não haja violação do produto.
9
2. OBJETIVOS
Esse trabalho visa a criação de um produto publicitário, um material de
marketing e publicidade que possa evitar desperdício.
2.1. OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Esse material consistira na criação de um wobbler, material de gôndola que vai
trazer em si um aroma aplicado.
10
3. JUSTIFICATIVA
Sabemos que em mercados e comércios no setor de perfumaria, as pessoas
ao passarem nas gôndolas para adquirirem os seus produtos, antes mesmo de
escolherem e colocarem em seu carrinho de supermercado, os clientes geralmente
abrem e passam em si mesmo para sentirem a fragrância do produto a ser
adquirido, com isso as marcas de perfumaria acabam perdendo e tendo um certo
prejuízo, tendo em vista colocam um pouco mais do produto.
11
4. MICROENCAPSULAÇÃO
No ano de 1930 foram iniciadas as primeiras tentativas da microencapsulação,
porém só surgiu em 1954 o primeiro produto encapsulado. Basicamente a
microencapsulação consiste em uma tecnologia de empacotamento de matérias, as
quais podem ser encontradas no estado líquido, sólido ou gasoso. A
microencapsulação possui uma capacidade de liberar o conteúdo encapsulado de
forma controlada e sob condições específicas.
A partir disso, essa técnica vem sendo estudadas e empregadas em diversas
áreas como: Indústrias, farmacêutica, química, agroquímica e alimentícia.
5. MARKETING OLFATIVO
Um estudo feito pela Universidade Rockefeller nos Estados Unidos releva que
o aumento das compras por impulsos sobe em até 38% com os aromas. Onde este
que 35% vem da memorização do olfato e 5% da visão. Está informações são
repassadas pela Airomas, de Barueri (SP).
Como explica Eliana Machado, diretora comercial da empresa:
“O Marketing Olfativo tem efeito comprovado e
causa um impacto emocional positivo.”
Com isso transmitir a identidade da marca com exclusividade da fragrância
vincular com a marca.
“O uso de aroma personalizado cria vínculo com o
público, registrando a marca de forma mais efetiva
em sua memória e permanecendo em seu
subconsciente.”
Isto pode induzir a mudanças de humores das pessoas e alterarem os seus
comportamentos, tanto no coletivo quanto no individuo, podendo ser inclusive
aplicados em eventos e lojas, favorecendo a identificação de marcas, produtos e
serviços e criando um círculo de bem-estar para os clientes.
Efeito instantâneo:
“O clique é imediato quando o consumidor se conecta com o cheiro da
marca”.
Osklen, Les Lis Blanc, Trousseau, Bo.Bô, Zara Home, Lush, Daslu e Tânia
Bulhões são alguns exemplos de marcas que estabeleceram uma relação
olfativa afetiva com o consumidor e se tornaram uma referência, Alessandra
Tucci especialista em perfumaria, estratégia e inovação.
Uma ‘persona olfativa’, que é valiosíssimo para a marca, produto ou serviço,
criando uma emoção com o consumidor e conexão. Promovendo um acolhimento
especial no espaço das empresas.
Multiplicadores:
Nossa missão é contribuir para que eles realizem
seus sonhos de forma perene e sustentável,
12
contribuindo com a diminuição da mortalidade de
novas empresas que, por falta de planejamento e
preparo, acabam encerrando prematuramente
suas atividades, completa Alessandra Tucci.
Um detalhe de destaque: Há diferentes fragrâncias voltadas ao mercado do
marketing olfativo e usadas com outros produtos, como por exemplo perfumes.
A princípio tudo é possível, é uma questão de
gosto, técnica e objetivo final de cada marca.
Em grandes cidades, o marketing olfativo é bastante utilizado, em pequenas
cidades existem uma demanda muito grande para trabalhar com as fragrâncias para
trabalhar nas empresas.
5.1. Aplicação Diversa
Grande ferramenta de poder para o varejo:
As possibilidades de ganhos com a inserção de Ferramentas que utilizam agir
diretamente nas emoções e na memória dos clientes com os aromas. Acordando
sentimentos de várias formas, como por exemplo alegria, tranquilidade, bom humor,
concentração e entre outras sensações.
Estimulante para o aumento do volume de vendas e agregação de valores na
marca, fixando e atraindo a memória do cliente no varejo, dando identidade olfativa
ao local, que no ato da venda agregue prazer ao consumidor.
A área comercial são algumas das diversas organizações que se importam e
valorizam as questões de aromatização dos seus ambientes. O ser humano tem
cinco sentidos: visão, paladar, tato, audição e olfato. Com o Marketing Olfativo é
possível tornarem uma marca atraente, com desejo e com reconhecimento e
diferenciarem o seu produto por meio do cheiro e atrairem o seu público alvo.
Respiramos e sentimos a sensação de cheiro o tempo inteiro, com o olfato que
é um sentido mudo que podemos relembrar tempos, com a imaginação com a nossa
ponta do nariz localizando em nosso armazenamento na memória do cérebro,
trazendo boas lembranças, sensações de prazeres ou algo que consiga remeter aos
encantamentos dos passados.
Utilizando está importante ferramenta, a qual tem uma poderosa intuição de
despertarem lembranças e sensações nosso corpo, para favorecerem e aumentarem
as suas vendas com a empresa.
Um aroma no estabelecimento pode ser muitas
variâncias: aumentar as vendas dos produtos, criar
sensações, memorizar a marca, fazer com que o
cliente fique mais tempo dentro da loja, e,
consequentemente, compre mais, além de
proporcionar uma experiência agradável e
memorável, Milena Siqueira.
Como exemplos podemos citar as datas comemorativas: O cheiro de chocolate
na Páscoa, os Panetones no natal e outras datas que com as fragrâncias remetem
memórias agradáveis.
13
Futuro:
Que por ser algo novo aqui no Brasil, tem uma gama de mercado ainda
inexplorável para ser agregados com empresas nova no segmento.
Dicas para executar bem:
Conhecimento: criar algo com um aparato técnico para a fragrância estar em
conformidade com o alinhamento da marca em sua personalidade e valores.
Qualidade: Um dos aspectos mais principais, afinal é onde perfumará o
espaço, garantirá que o seu cliente goste de permanecem ou utilizarem aqueles
serviços ou produtos por uma maior duração de tempo.
Equipamento: Está associado em como será liberado está fragrância no ar,
uma dica que vem agregando é a liberação adequada em quantidades de iguais,
para não causar excessos ou falta dos componentes e equilibrarem com a qualidade
do ar.
Originalidade: Criar uma experiência inovadora e que o marketing olfativo
trabalhe junto com outros aspectos sensoriais para o consumidor identificar aquela
marca/produto o mais breve e rápido possível.
6. AROMAS QUE VENDEM
Um cheiro de pão quentinho saído do forno ou um café passado na hora, não
tem quem não resistam as essas sensações ou lembranças, como grama recémcortada e o odor da chuva caindo, graças à evolução da tecnologia e à busca de
aperfeiçoamentos dos produtos e marcas, com isso podem ser reproduzidos
artificialmente, os aromas e sendo utilizados como um instrumento de marketing
para fidelização dos clientes.
Uma boa composição olfativa é capaz de atrair a
atenção do cliente, podendo aumentar o tráfego
no estabelecimento, a velocidade de visitação, o
tempo de permanência dentro da loja, despertar a
fome e até a libido - afirma Eduardo Caritá,
Proprietário da Croma Microencapsulados.
A comunicação olfativa é possível devolverem aos clientes cheiros que antes
não sentiam há vários tempos, seja por vários fatores, como poluição ambiental ou
da própria embalagem a vácuo.
Diferentes que muitos pensam, a aplicação das tecnologias novas para o
segmento olfativo não restringe somente às indústrias dos ramos alimentícios ou
cosméticos. Um exemplo, podemos citar as montadoras de automóveis com o
‘cheiro de carro novo’ que atrair os consumidores, com as misturas diversas de
couro e tinta no veículo no exterior, e no Brasil com os atrativos de combinações
como vinil, plásticos e a borracha dos pneus.
14
Cada vez mais a indústria, o varejo e os
prestadores de serviço estão buscando um aroma
próprio para fixar a imagem, avisa Caritá.
Alguns das empresas que utilizam esses tipos de sistema Marketing Olfativo
são: Amor aos Pedaços, Unilever, O Boticário, Natura e o Makro Atacadista, também
utilizado em um evento como no sambódromo carioca no Carnaval com 400 quilos
de microcápsulas que contém óleo de casca de laranja, com o objetivo de promover
o lançamento de um novo suco de fruta. O show das ‘Quatro Estações’ da dupla
Sandy & Júnior, utilizam perfumes de rosas e os musgos para representar a
primavera e o inverno.
7. CONCEITO NOVO
Os americanos foram os primeiros a utilizar o Marketing Olfativo, na década de
70 em Las Vegas, nas mesas de jogos em cassinos para os jogadores ficarem mais
tempos apostando. Chineses e japoneses utilizaram isto em diversos ambientes, e
até o metrô de Paris tem sua própria fragrância. No Brasil ele chegou em meados
dos anos 90 em supermercados para atrairem os clientes e chamarem a atenção
para áreas de pouco tráfegos nos corredores e estimularem o consumo. Depois
utilizados em feiras e exposições, e atualmente em parte do varejo para promoverem
eventos artísticos e culturais.
Com produtos e serviços mais iguais, um diferencial é que atraem e mexem
com emoção do público.
A rede de doces Amor aos Pedaços foi a pioneira em utilizarem essa
ferramenta, com as composições aromáticas criada especialmente para ela com
base de morango e chocolate. Avançando as vendas, como comentários periódicos
de clientes satisfeitos com a novidade.
Importante é escolher um aroma que tenha a identificação do negócio,
despertando sensações agradáveis aos consumidores da casa, mesmo que isso
seja um exercício que pode levar alguns meses, ou até mesmo anos.
Aromas clássicos, disponíveis para todo o
mercado, não surtem efeito porque estão
veiculados a outras referências e podem confundir
o consumidor, que não saberá exatamente onde e
quando sentiu aquele cheiro, explica Amaral.
Uma analise da faixa etária, origem e hábitos do consumidor, entre outros
dados cruzados os conceitos com a marca e do produto.
Em nenhum momento devemos esquecer que o
repertório olfativo tem uma permanência na
memória das pessoas maior do que o visual. A
imagem fixa-se por alguns meses; o cheiro, por
anos. E se apresentar algum envolvimento
emocional, pelo resto da vida, afirma Caritá.
No conceito uma loja voltada ao segmento de mulheres da terceira idade, por
exemplo, como olfatos de perfumes de pó-de-árroz ou lança-perfume. Ao mesmo
tempo é interessante associar que pode ser características de experiências
negativas vividas pelo público, como exemplo, cheiro de fumaça, sangue, velório e
hospitais.
15
A mais remota ligação com qualquer uma dessas
situações pode provocar repulsa no consumidor e
deitar por terra todo um trabalho de imagem da
marca, alerta Caritá.
Outro ponto de extrema importância é utilizarem as dosagens certas da
fragrância no ambiente, ou seja, nem mais, nem menos, somente no ponto.
Independente da metodologia de aplicação: difusão, aspersão, ventilação,
volatilização, evaporação ou nebulização. A regra é trabalhar no limite mínimo das
percepções, que não provoque um mal-estar ou sensibilização, não podendo
impregnarem na pele, roupa ou cabelo dos clientes que venham a causarem fatores
negativos.
7.1. Fragrâncias, olfato e neuromarketing
O TIA (Teste de Associação Implícita) é uma ferramenta para testes olfativos
para a percepção do inconsciente no segmento olfativo, como no exemplo, você
passa na frente de um restaurante e sente o cheiro de uma comida que você não
come a muito tempo, logo o seu inconsciente que está armazenado está sensação
de aroma é acionado e reconstrói uma memória tão vívida que é como se tivesse
degustando o alimento em seu pensamento.
Nesta lógica trazendo o exemplo para o cotidiano, entendemos que, por um
aroma ou fragrância de determinado tipo podem ser primordiais a decisões de
compra com o inconsciente e a influencia para os consumidores.
O nosso sistema humano te uma ligação muito próxima com o sistema olfativo
e o sistema límbico (Circuito neural envolvido com o comportamento emocional de
cada um de nós). Sendo a capacidade do nosso sentido olfativo algo muito claro e
racional com a conexão de um aroma sentido e uma lembrança.
Precisamos entender que o consumidor reage aos estímulos sensoriais de
maneiras diferentes aos métodos. Na neurociência como forma de medição das
reações emocionais e comportamentais com olfativos em seu estímulo, podem
aprimorem cada vez mais a fragrância para conseguirmos o ponto ideal, melhorando
a sua criação e gerando produtos para determinados tipos de consumidores mais
exigentes.
7.2. Memória Olfativa: Descubra o que é e sua importância
Memorias olfativa, se sabe o que é? Bom pode não parecer, mas muita das
vezes esta ao nosso redor. Quem nunca foi tomar um cafezinho e logo lembrou do
cheiro do bolo da avó ou da mãe? Ou aquele perfume que sempre faz lembrarem
daquelas pessoas especiais ou de alguém querida? Pode não parecer, mas são
esses pequenos detalhes que fazem muitas das vezes surgir a memoria olfativa,
principalmente porque o olfato está ligado as emoções humanas.
Muitos dos odores que sentimos, nos provocam varias sensações, positiva ou
negativa. Por causa desse motivo que é bom investir nesse mercado de
aromatizantes prazerosos que possibilita boas recordações.
16
Muitas das vezes quando nos relacionamos com um determinado cheiro, é
porque no passado teve algo importante para você, que fez retomar suas
lembranças, e claro tudo depende das suas emoções daquele momento.
7.3. A importância do marketing olfativo no meio empresarial.
O Marketing Olfativo tem como principal objetivo uma experiência de consumo
e conforto com a atrações dos atos de agregação dos produtos ou serviços.
Os seres humanos ao entrarem em contatos com aromas, formam emoções
que estimulam as células nervosas, atingindo o sistema límbico, desta forma o
cérebro libera estimulantes naturais e relaxantes, influenciam e modificam o
comportamento dos clientes para sua compra.
Pesquisas informam e detalham que a primeira impressão de um cliente é de
85% dos casos de fidelização quando é a sua primeira visita no local.
7.4. Marketing Olfativo: Conheça os incríveis benefícios para a sua empresa.
Lembra quando ficamos com aquela vontade de comer algo depois que
sentimos um certo aroma, como acontece quando passamos por um certo
estabelecimento como um restaurante, padaria ou até mesmo uma barraquinha de
espetinhos não é mesmo?
Da mesma forma que é possível que você já tenha sentido alguma nostalgia ou
veio na memoria algum momento especial da vida logo após sentir um certo cheiro.
Por essa razão o olfato que é um dos sentidos que nós temos mais
importantes, esta exatamente relacionado em nossas memorias, ocasionando
desejos e sensações.
Desta forma funciona o marketing olfativo, um impulso dos clientes por entre
aromas, sendo capaz de voltar o ambiente mais atrativo há eles despertando a
vontade de comprar, isto é uma técnica interessante e muito vezes eficaz na atração
dos clientes e consequentemente aumentar as vendas.
Cada vez mais os estabelecimentos estão aplicando suas apostas no
marketing olfativo, na aromatização de ambientes e entre outros.
Empresas de grandes montadoras de veículos estão apostando no marketing
olfativo “cheiro de carro novo” para que seus compradores despertem a vontade de
adquirir um carro novo.
7.5. Marketing olfativo no mercado
O marketing olfativo nos mercados não é algo recente, esses segmentos nos
mercados começaram por volta de 2005, após a Biomist (empresa responsável por
trazer o marketing olfativo para o Brasil). A partir de então, o marketing olfativo está
em constante em evolução no mercado corporativo.
Os seres humanos muitas das vezes é influenciado pelos aromas, fazem nos
lembrar de algo da nossa infância ou de um momento bom que nos fez feliz. Quem
17
nunca sentiu o cheiro de um cafezinho e não se lembrou do bolo que a vó fazia na
sua infância, ou um perfume que te fez lembrar de uma pessoa amada. E não é só
isso, os aromas podem nos estimularem as diversas reações ou sensações, como
por exemplo: Bem-estar, calma, felicidade, até mesmo a sensualidade.
Isso ocorre porque o aroma ativa o sistema límbico, responsável pelas nossas
emoções, fazendo com que o cérebro libere relaxantes ou estímulos naturais.
7.6. Marketing olfativo em números
Em nossas vidas muitas das vezes lembramos da nossa infância, quando
sentimos um cheiro ou perfume que nos fazem a lembrarem de algo que já
vivenciamos.
O marketing olfativo utiliza muito aromas de qualquer lugar, porém, tem que ser
marcante para fazerem relembrarem sobre as boas emoções vividas.
Estudos realizados comprovam que os seres humanos são capazes de se
lembrarem 35% dos cheiros que vivenciou e podem armazenar na memória até 100
mil aromas.
Os desempenhos do marketing olfativo vêm aumentando muito e isso
comprova que geram muitas influências na decisão do cliente.
A identidade olfativa construída cria ou reforça um relacionamento duradouro
com seu cliente e isso acaba se tornando um significativo em vendas.
Pesquisas indicam que 80% dos sabores que gostamos estão ligados aos
aromas que sentimos. Sendo assim empresas adicionam fragrâncias em seus
produtos.
Fora a estratégia de atrair o cliente pelo cheiro, são efetuados anúncios e isso
acaba gerando um retorno de investimento de até 20% a mais nas vendas, além de
aumentar em cerca de 16% a permanência do cliente no estabelecimento e 15% da
probabilidade de compativel.
No Brasil, é estimado que o retorno possa chegar em até 40%, além de deixar
o ambiente mais agradável.
7.7. Marketing olfativo conquista o mercado
Estudos comprovam que os seres humanos é capaz de se lembrar de 35% dos
cheiros que vivenciou ,os resultados recentes do marketing olfativo tem comprovado
a influência na decisão de compra do cliente se tornando um grande aliado das
empresas ,o efeito de uma associação de anúncios junto com o marketing olfativo é
instantâneo estudos revelam que a um retorno de investimento de 20% a mais nas
vendas e aumenta a probabilidade de compra em 15%.
7.8. A tecnologia Microencapsulado
A tecnologia relacionada a modificação de liberação de Princípios ativos como
fármacos, aromatizantes é ampla. A microcápsula consiste em uma camada de um
agente encapsulante, geralmente um material polimérico que atua como um filme
protetor, isolando a substância ativa (gotículas líquidas, partículas sólidas ou
material gasoso) e evitando o efeito de sua exposição inadequada. Essa membrana
18
se desfaz sob estímulo específico, liberando a substância no local ou momento
ideais.
7.9. Tecnologia de Microcápsulas
Encapsulação significa isolar uma pequena partícula ou até uma molécula do
meio de fora por uma barreira material, no decorrer de um estabelecido tempo. A
diferença entre a encapsulação, microencapsulação esta no tamanho das capsulas.
As primeiras tentativas de encapsulação foram feitas em meados dos anos 30,
mas o primeiro produto encapsulado apareceu em 1954 quando a empresa
americana Nacional Cash Register foi a primeira a vender um papel de copia sem
carbono que estava em um papel da qual verso era revestido por camada de
microcápsulas de tinta que ao estarem pressionadas, rompem permitindo que o
pigmento saia.
A tecnologia da encapsulação apresenta muitas utilidades. Um exemplo,
prolongar vida útil de um composto volátil, preservar material da radiação ultravioleta
(UV), a umidade ou contato com oxigênio. Impossibilitando reações químicas entre
dois tipos de espécies ativas e alterar densidade, cor, aparência volume ou fotos
sensibilidade de um elemento.
O procedimento de microencapsulação contém em vários setores da indústria
como setores farmacêuticos e cosméticos, alimentício, e também os de fragrâncias.
Em algum desses setores os propósitos de utilizarem a microencapsulação são
praticamente o mesmo conseguindo ser abreviados em:
Preservar uma substância de problemas externos que possam degradá-las;
Ampliar a sua estabilidade e, assim sendo seu desempenho;
Conceder uma liberação crescente e controlada.
7.10.
Marketing Olfativo – O que é e para que serve
O Marketing é uma estratégia que possibilita agregar e diferenciar-se pois
desenvolve vínculos significativos entre empresa e cliente, o principal fundamental
da aromatização é edificar visto que aguçam o olfato e causam efeitos positivos no
cérebro humano. Se olharmos a história do marketing olfativo ao decorrer do tempo
vamos até Las Vegas nos Estados Unidos onde foi aplicada umas das primeiras
técnicas da estratégia dos aromas que no caso eram aplicadas nas máquinas caça
níqueis dos anos 70 com o fim dos apostadores permanecerem jogando e aumento
suas apostas. Visto que, com as estratégias corretas do marketing olfativo é viável
permitir que o aroma seja a melhor lembrança para os clientes, e que mesmo a um
prazo longo está memória olfativa estará sempre presente.
7.11.
Pesquisa Mercadologica (Pesagem dos Produtos)
Depois de alguns estudos em sala de aula e em casa, para ver qual seria a
melhor forma de apresentar as respectivas provas, de que certos produtos nas
gôndolas dos mercados veem faltando, para dar engajamento no nosso projeto
19
(TCC), decidimos fazer um estudo de campo aonde nos levou a fazer a pesagem
das embalagens, com uma balança de precisão (SF-400).
Para que não houvesse nenhum erro, de que só um mercado tivesse com os
respectivos frascos de embalagem violados, decidimos fazer 3 amostras de
embalagem de 3 mercados diferentes, sendo: Embalagem A, B e C.
Após fazer as pesagens das embalagens chegamos aos seguintes valores:
Tabela 1: Pesagem dos produtos
PRODUTO A (93g/150ml): PRODUTO B (90g/150ml): PRODUTO C (90g/152ml):
93g
90g
90g
93g
90g
90g
92g
90g
89g
90g
88g
88g
87g
87g
86g
Fonte 1: Autoria própria.
Depois pegamos e fizemos uma conta para demostrar quanto foi retirado das
embalagens A, B e C:
Conta: Gramatura da embalagem – valor da pesagem da embalagem
Tabela 2: Cálculo de gramatura retirada.
PRODUTO A (93g/150ml): PRODUTO B (90g/150ml): PRODUTO C (90g/152ml):
0g
0g
0g
0g
0g
0g
-1g
0g
-1g
-3g
-2g
-2g
-6g
-3g
-4g
Fonte 2: Autoria própria.
Abaixo segue uma foto da balança usada no estudo de campo:
Balança de Precisão SF-400
20
8. ENTENDENDO MAIS SOBRE O MARKETING OLFATIVO
Ferramentas que utiliza agir diretamente nas emoções e na memória dos
clientes com os aromas. Acordando sentimentos de várias formas, como por
exemplo alegria, tranquilidade, bom humor, concentração e entre outras sensações.
Estimulantes para o aumento do volume de vendas e agregação de valores na
marca, fixando e atraindo a memória do cliente no varejo, dando identidade olfativa
ao local, que no ato da venda agreguem maiores prazer ao consumidor.
A área comercial são algumas das diversas organizações que se importam e
valorizam as questões de aromatização dos seus ambientes. O ser humano tem
cinco sentidos: visão, paladar, tato, audição e olfato. Com o Marketing Olfativo é
possível tornar uma marca atraente, com desejo e com reconhecimento e
diferenciarem o seu produto por meio do cheiro e atrair o seu público alvo.
Respiramos e sentimos a sensação de cheiro o tempo inteiro, com o olfato que
é um sentido mudo que podemos relembrar tempos, com a imaginação com a nossa
ponta do nariz localizando em nosso armazenamento na memória do cérebro,
trazendo boas lembranças, sensações de prazeres ou algo que consiga remeter aos
encantamentos dos passados.
Utilizando está importante ferramenta, a qual tem uma poderosa intuição de
despertar lembranças e sensações no corpo em nossa alma, para favorecer e
aumentar as suas vendas com a empresa.
8.1. Marketing olfativo cresce, mas faltam profissionais treinados.
“Chegamos a essa fragrância após testar mais de
15 aromas. Ela cria uma memória afetiva e olfativa
e serve como mais uma ferramenta de identidade”.
Diz Miguel Garcia, diretor-geral do Tivoli.
O impacto que o cheiro pode causar nos clientes em no segmento de várias
áreas comerciais, diversas empresas de marketing olfativo vêm apostando nessa
tendência, sendo que 33% do que temos de sentidos é levado na forma de
pensamentos para o nosso cérebro.
“Em alguns casos, essa alternativa pode elevar
muito as vendas já que cerca de 33% do que
sentimos é levado para o cérebro”, afirma
Mohamed Gorayeb, especialista em técnicas de
vendas, citando pesquisa da Universidade
Rockfeller, em Nova York.
A Nutty Bavarian coletou os dados e deste estudo constatou que 90% dos seus
clientes lembram do cheiro dos seus produtos e tendo em vista que 67% é
influenciado pela compra com o aroma.
“É preciso ter em mente o que a marca e o produto
querem transmitir. Os clientes buscam ter uma
experiência. É aí que uma estratégia de marketing
olfativo é bem-vinda“, diz Pedro Salomão, sóciofundador da Rádio Ibiza, agência que desenha
projetos de marketing sensorial.
21
As empresas devem conhecer bem o seu público-alvo antes da criação da
essência e depois desenvolver a fragrância.
“Os aromas que criamos transmitiam uma
sensação de empoderamento. É o mesmo que os
frequentadores sentem quando entram em
determinado shopping mais requintado”, afirma
Teófilo Obara, diretor de tecnologia da empresa.
Como exemplo podemos citar o caso da Vila Romana, o aroma agradou tantos
os clientes que hoje o perfume da marca é vendido em várias lojas, está empresa
também desenvolveu fragrância para hospitais, clínicas odontológicas, spas e entre
outros locais.
"Comecei produzindo perfumes personalizados
para o consumidor final. Mas, aos poucos,
companhias começaram a me procurar. Hoje, meu
foco é o marketing olfativo", diz a perfumista. Ela
leva até três meses para criar uma identidade
olfativa e já assinou trabalhos para os hotéis
Pulmann, a rede de escolas de inglês CNA e a
montadora de automóveis Citröen. - A empresa
Mon Absolu, da francesa Fanny Moreau.
"Nossa referência foram aromas que transmitem
paz e tranquilidade ao local", diz Obara.
8.2. Faltam Profissionais (Faltam profissionais capacitados na área)
O marketing olfativo está precário de profissionais e especialistas no assunto
no País, não tem um curso de nível superior específico, contando segundo dados da
Associação Brasileira de Comestologia somente 60 perfumistas na área, um número
muito inferior comparado a França que conta com 800 pessoas trabalhando como
perfumistas, avaliadores olfativos e designers de cheiros, somente nas faculdades
Santa Marcelina e Oswaldo Cruz existem os cursos de pós-graduação em
perfumaria.
"Por ser uma área específica e com poucos
profissionais atuantes, esse cargo assemelha-se
ao de outras áreas técnicas com dificuldade para
preencher suas vagas. O prazo para a empresa
preencher um posto pode levar até um ano", diz
Carolina Silva, coordenadora de RH da agência de
empregos Luandre.
Um avaliador olfativo recebe em torno de média salarial de R$5 mil a R$10 mil
e um perfumista ganha mais de R$10 mil.
Cada cheiro no seu lugar:
A seguir teremos uma lista de sensações de cada aroma em seus ambientes:
22
RELAXAMENTO: Lavandas são utilizadas para clínicas odontológicas, saúde,
estéticas, trazendo a sensação de tranquilidade.
FRESCOR: Ambientes grandes e arejados, como exemplo de shopping, saguões de
hotéis transmitindo a sensação de limpeza, como verbena e capim-limão.
ROMANTISMO: Aromas florais atmosfera com romantismo e inocência. São usados
em casas de chás, lojas de moda feminina mais clássicas e de roupas no segmento
feminino.
ENERGIA: Academias de ginásticas e área de práticas de esporte, transmitindo
sensação revigorantes e energizante.
ESTABILIDADE: Lojas de roupas masculinas, barbearias e ambientes mais sóbrios,
escritórios de advocacia, com notas amadeiradas, transmitem sensação de
confiança.
AQUECIMENTO: Baunilha, canela, almíscar são notas que indicam calor da pele.
São utilizadas para vendas de ambiente lingerie e roupas femininas.
9. WOBBLER E DANGLER, A ESTRATÉGIA CERTA NO PDV
São materiais para ser usados em supermercados e PDV, um exemplo
grande circulação como feiras e eventos. Estes objetos podem ser fixados na frente
das prateleiras, gôndolas ou qualquer suporte para exposição de seus produtos,
localizado na altura dos olhos dos clientes com o intuito de informar sobre
lançamentos ou produtos novos ou com o aspecto de informação das vantagens de
comprar um produto com uma grande história.
Geralmente tem o formato arredondado de 15 a 18 centímetros, outras
características é que ficam exposto com uma base de plástico transparente e
acetado que o sustentam, principalmente se forem fabricados em papel e com a
ideia de servirem para campanhas de curta duração e com uma durabilidade alta do
material, ficando encaixados na porta etiquetas ou por baixo dos mesmos para
ficarem suspensos nas prateleiras na frente do produto. É de destaque para
materiais promocionais estratégicos de publicidade, com baixo custo de produção e
uma visibilidade na gôndola de alta duração.
O Wobbler tem a características de estar à altura dos olhos do consumidor,
material altamente diferenciado para com a publicidade dos produtos e com a
relação de ser barato para com a sua produção, com uma ideia de mostrar um
lançamento ou promoção de produtos para apresentar vantagens temporárias.
Em geral tem a sua forma de 15 a 18 centímetros de diâmetro, mas com
variação de tipos de formatos de acordo com a criatividade para com a sua criação
que podem e devem mesclar com o acordo da marca. Outra característica é que isto
fica exposto com uma haste de plástico dando a sua sustentação, uma peça que a
sua fabricação com papel é rápida e ações de promoção de campanhas de curta
duração.
O seu objetivo é destaque para ações promocionais feitas no PDV (Ponto de
Vendas), para chamar a atenção dos consumidores, e além com um material de
baixo custo na produção para ser exposto na gôndola. O seu intuito de lançamento
de produto consegue ser cumprido com o seu objetivo principal, atraindo o cliente
para adquirir aquele produto com a propaganda.
Sua definição que pode ser encontrado em supermercados e locais que ficam
as revistas, com uma posição de estratégia de vendas, perto dos olhos dos clientes
para persuadi-los a comprar determinado produto, cumprindo as suas funções
básicas de publicidade para melhorar a sua marca e produto em meio a
23
concorrência de outros idênticos ou similares, influenciando diretamente na decisão
de compra.
O seu objetivo está em indicar lançamentos de novos produtos, colocar em
destaque produtos de pequeno porte e com uma alta rotatividade, com uma gama
de várias quantidades destes modelos dos Wobbler´s e marcas é necessário ter em
mente que uma padronização é a chave de vendas efetivas para como uma
estratégia de marketing acertível.
9.1. Wobbler: o que é isso e como ele pode ajudar suas vendas?
É uma peça para ações de endomarketing e ajuda com o visual da divulgação
de seus produtos ou sua marca, forma de destaque para atenção e negócio,
fortalecendo a imagem da marca.
Ele é uma peça gráfica com o intuito de ser afixadas em prateleiras, gôndolas,
portas de freezers verticais e outros PDV (Pontos de vendas). São colocados na
altura dos olhos para facilitar a visualização e conseguir chamar atenção dos
consumidores, afixado diretamente na altura dos olhos para conseguir o destaque
com os consumidores, diferente de outras peças de comunicação visual, este não é
colocado na superfície do objeto.
Com uma haste flexível de PVC, que o deixa pairando no ar, ganhando
destaque deste jeito e uma forma tridimensional e dinâmica para quem o visualiza,
como exemplo, adesivos ou cartazes, fazendo a interação com o cliente.
Facilitação de personalização em diferentes formatos, tamanhos, cores e
materiais, esse item pode ser afixado em diversos locais, como prateleiras, portas e
vitrines de locais comerciais, para atendimento de serviços e entre outros.
9.2. Quais são as vantagens do wobbler?
O wobbler agrega uma série de vantagens para aumentar as vendas,
consolidar e empoderar a sua marca e conquistar mais a clientela. Abaixo citamos
algumas delas:
O caráter de atenção com o seu dinamismo estimula a sua interação;
Baixo custo, produção em alta escala com rapidez e ótima qualidade de impressão;
Fácil a sua instalação: Possui um adesivo que não necessita de grampos,
prendedores ou qualquer outro instrumento de fixação no local;
Facilidade personalização, sendo fabricados em diferentes formatos e materiais
diversos.
Este item é uma maneira prática de valores e com uma criação fora do senso
comum na diferenciação do seu produto no mercado e agregar geração de mais
vendas.
9.3. Wobbler preço (Especial)
Os departamentos de compras procuram o melhor preço e propaganda para
desenvolver e gerar vendas nos seus produtos, com um Wobbler com atrativos de
qualidade e destaque pode alavancar o seu consumo deste produto.
No caso do Wobbler especial é sempre bom ter em mente que o consumidor
deseja para ganhar destaque, um mero detalhe que acaba sendo deixado de
descuido para o departamento de compras. Temos que entender que nem sempre o
24
preço menor ganhará o poder de compra do cliente, mas a qualidade no ponto de
venda acaba influenciado a tomada de decisões.
O Ibope fez uma pesquisa onde constatou as lojas mais preferidas de cada
classe social no Brasil. Entrevistaram mais de 25 mil consumidores, uma
amostragem bastante condizente do perfil dos consumidores do varejo. O objetivo
desta pesquisa é orientar e identificar o melhor perfil de clientes e como os lojistas
trataram este público, como planejamento preciso no PDV (Pontos de vendas) em
vários segmentos comerciais de consumo, conseguiram os seguintes dados:
Classe A: São os 3% dos domicílios brasileiros e detém 13% de todo potencial de
consumo. Com uma renda média familiar de R$20,8 mil.
Classe B: Corresponde a 40% do potencial de consumo dos brasileiros.
Classe C: É a maior massa de domicílios do País com 49% e representa 31% do
consumo, com uma renda na faixa C1 de renda familiar média de R$2.705 e na faixa
C2 com uma renda média de R$1.625.
Com está informações, conseguimos pensar no público alvo que gostaríamos
de atingir e fazermos da nossa peça de Wobbler com acordo no perfil de consumo
do cliente, procurando agregar o máximo de qualidade que este produto posso ter
com vincular com o PDV.
Algumas dicas para produzir um Wobbler especial de qualidade:
1. Entender o perfil do seu consumidor é fundamental!
2. O importante é a qualidade para chamar a maior atenção no que estará
na gôndola;
3. Melhor preço com qualidade agregada é a chave para com a quantidade
conseguir ganhar maior atenção do seu cliente no PDV;
4. Qualidade de impressão é imprescindível para um Wobbler especial, por
isso é fundamental conhecer o parque gráfico que produz o seu material;
5. Acontece nesse exato momento uma guerra de vendas, por isso ter
armas que são fundamentais para ganhar do seu concorrente no PDV é
necessário para conseguir o cliente na divulgação dos produtos;
25
10. COMO APLICAR ISSO NA ÁREA GRÁFICA
10.1.
Gráfica que fabricam wobbler
Importante para chamar produtos, os wobblers são materiais de peças gráficas
para ação de merchandising e endomarketing utilizando com maior destaque em
pontos de vendas.
A gráfica irá produzir este objeto com o intuito de potencializar a exposição
destes produtos em mais variados tipos de divulgação e o principal criar um produto
inovador no mercado para obtenção de lucro e capital para sua empresa.
10.2.
Aplicações dos produtos da gráfica de wobbler
Na gráfica para criar o wobbler o primórdio é de fornecer esses recursos ao
mercado, supermercados, lojas de conveniências, bancas de jornal, farmácias,
perfumarias e vários estabelecimentos comerciais tanto no segmento varejo.
Deste formato, profissionais de comunicação podem apresentar os modelos de
wobbler, com benefícios que o produto agrega de vínculo para os clientes, estando
estrategicamente montados na altura dos olhos para os indivíduos.
Assim neste formato, na gráfica para produção do wobbler é de relevante
extremidade para o seu projeto, desenvolver e entregar esses valiosos itens e
consagrar a marca.
Versatilidade, liberdade, os tipos de papéis, modelos corte, cores, espessuras e
assim conseguira um excelente wobbler, para vender, fabricar, distribuir e prestar
serviços neste completo para indústria global gráfica.
10.3.
Tipos de impressões e métodos de fabricação de Wobbler
10.3.1.
Serigrafia
Serigrafia é um processo de impressão que a tinta é vazada pela pressão de
um rodo ou espátula por entralhas de uma tela (matriz serigráfica) normalmente de
poliéster ou nylon que é esticada em um quadro podendo ser de madeira, alumínio
ou aço e em seguida a tela é pintada com uma emulsão fotossensível e posta sobre
um fotolito para gerar a área de imagem na tela através de uma exposição de luz
UV, é capaz de imprimir em variados tipos de materiais (papel, plástico, borracha,
madeira, vidro, tecido e entre outros) em superfícies (cilíndricas, esféricas, irregular
clara, escura, opaca, brilhante e várias outros substratos.
A serigrafia é um sistema de impressão permeográfico (gravura planográfica)
em que a tinta é vazada pela pressão de um rodo através de uma tela preparada
uma emulsão foto sensível e após isto é colocado um fotolito (tendo em cor preto
toda figura e texto que vai ser impresso "área de grafismo" e em transparente toda a
"área de não grafismo" que não ter nada impresso.
TELA: Podendo ser com fios de nylon ou poliéster, esticadas e presa a um
quadro que podem ser de madeira, alumínio ou aço. Se trabalho em questão não
requer muita qualidade podemos trabalhar com quadros de madeira (pois o quadro
de madeira em contato com a água durante a limpeza tende ao longo do tempo a
26
distorcer e assim comprometer a qualidade da impressão) na maioria das vezes é
utilizado o quadro de madeira pelo custo/benefício (baixo custo) e também pela
facilidade para esticagem do tecido serigráfico no quadro, e para trabalhos onde a
qualidade seja fundamental é aconselhável os quadros de alumínio ou aço.
FOTOLITO: é um filme transparente feito de acetato e revestido de um lado
com uma camada fotossensível à luz, ele é gravado em uma máquina imagesetter.
RODO:' 'puxador'' ou ''rodo'' (é uma peça de madeiras com uma canaleta na
parte de baixo com uma tira de borracha, o impressor empurra a tinta para a outra
extremidade da matriz, pressionando a tinta e fazendo com que ela passe através do
tecido pelas partes não vedadas, fazendo seus movimentos com o puxador sobre a
tela quantas vezes for necessária.
TINTA: Basicamente constituída de (resina, pigmento, solvente, catalisadores e
no caso de tinta opacas e inserido também talcos minerais para aumentar a
opacidade) a tinta tem propriedade adesiva sendo assim aderindo ao material em
que foi aplicado formando uma película de tinta.
BERÇO OU BASE DE IMPRESSÃO: o correto é ser uma base firme, sólida e
que esteje em um nível mais perfeito possível e revestido com fórmica e junto com
suportes de borracha para evitar deslizamentos.
10.3.2.
Impressão offset
A impressão offset ela é um sistema de impressão indireta, ou seja, a imagem
é transferida da chapa para a blanqueta (superfície de borracha), que depois passa
para o papel.
Atualmente a Impressão Offset é um dos sistemas mais utilizados pelos
setores gráficos, por sua boa qualidade e sua alta tiragem, além do mais a
impressão offset, ela pode imprimir em todos os tipos de papéis com variação de
maquinário e em alguns plásticos também, principalmente o poliestireno.
Existe tipos de impressoras offset, a impressoras planas e a rotativa. Isso
significa que pode utilizar folhas a folha (planas) e a Bobinas (rotativas).
A impressão offset, também tem alguns outros benefícios, como por exemplo:
Sem dúvida é a impressão mais econômica, para atender médias e grandes
tiragens;
Utiliza pantones, garantindo fidelização das cores dos impressos, com uma
relevância para a produção final;
Impressão em alguns materiais rígidos, exemplo como papelão, imprimindo em
qualquer espécie de papel e gramatura até cerca de 400 gramas.
Abaixo segue a imagens da chapa offset, blanqueta e Manroland:
27
Figura 1: Chapa Offset
Fonte 3: Google Imagens
Figura 2: Blanqueta
Fonte 4: Google Imagens
Figura 3: Manroland
Fonte 5: Google Imagens
28
2007 MANROLAND R 506 OB PLTTLV 1/5 máquina de impressão offset de 6 cores
com secador UV e aperfeiçoamento
10.3.3.
Flexografia
A Flexografia é um sistema de impressão rotativo direto, que utiliza como
matriz, clichê, plástico, gravadas com relevo. As tintas pode ser liquidas (base
d’água ou base solvente) ou semilíquidas (UV ou EB) que lhe proporciona uma
secagem rápida.
Existem alguns documentos ingleses que indicam que a flexografia teve início
no século XIX, no entanto, existe declarações américas que afirmam que o
procedimento surgiu no ano de 1860. Nesse tempo as tintas utilizadas, era um
corante a base de anilina dissolvida em álcool.
Abaixo segue uma imagem demonstrativa de uma máquina flexografia banda
larga:
Figura 4: Máquina Flexogafia BOBST.
Fonte 6: Google Imagens.
Abaixo uma imagem de um fotopolimero, vulgo clichê:
Figura 5: Clichê.
Fonte 7: Google Imagens.
29
O clichê é fabricado a partir de um plástico fotossensivel que é exposto a luz
(UV), ele endurece, já a parte aonde não recebeu a luz, vai ser tirada por meio de
uma limpeza a base de solvente.
Na flexografia, o clichê é relevografico, melhor dizendo, a área da imagem a
ser impresa é mais alta, já a que não tem impressão é mais baixa.
30
10.3.4.
Digital
As primeiras tintas de cura UV com sistema a Jato surgiu em 2001. Após isso o
processo teve uma aceitação rápida no setor de rotulagem, pois uma vez aplicada
em uma grande variedade de matérias com uma cura rápida e reduzindo o odor,
colocando menos risco a saúde e ao meio ambiente.
Hoje em dia nas indústrias de impressão digital, sempre tem algo novo por
causa do avanço da tecnologia, e sempre será importante que o conhecimento e a
tecnologia cresçam juntas. Você sabia que a cura Led usadas nas tintas UV
consome 75% menos de eletricidade.
Os clientes estão mais preocupados com o impacto ambiental por isso estão
recorrendo a nova tecnologia, nesse caso o uso da tecnologia LED UV pode trazer
mais benefícios, como:
Consumo menor de eletricidade (75% menos que sistemas tradicionais de
impressão de cura UV);
Geração mínima de calor;
Durabilidade de 5.000 horas;
Operação livre de ozônio;
Menor geração (aproximadamente 75% menos) de CO2;
Intensidade de emissão ajustável.
Ainda a muitos fabricantes utilizando lâmpadas tradicionais nas impressoras
UV, no entanto, já existem empresas que são pioneiras em empregar LEDs de cura.
31
11. METODOLOGIA
11.1.
Acabamento/enobrecimento
Pós-impressão
Consiste na base do acabamento gráfico que é um processo de finalização
para um material na área gráfica. Com técnicas como laminação, verniz, corte e
vinco, hot stamping, bordas arredondadas, relevo e o refile consegue concluír os
materiais, enobrecendo, transformando um simples material em uma apresentação
chamativa, iremos citar alguns dos processos a seguir:
O VERNIZ:
O verniz é uma tinta transparente com alto brilho e consegue aspectos
sofisticados e gera mais profissionalismo nos impressos, como podemos citar os
seguintes produtos que utilizam cardápios de luxo, capas de livros e cartões de
visita.
No mercado existem variados tipos de vernizes, com texturização, aromas,
baseados na laminação.
O verniz tem suas grandes vantagens:
Consegue ser aplicados em papéis com gramaturas baixas (espessuras finas);
Com aplicação em partes especifícas do material impresso, este tem o nome
de UV localizado, se você quer um produto com cores chamativas, brilhantes e
foscas, isto pode ser criado com o localizado, cobrindo somente uma parte
especifíca do impresso, chamamos de verniz UV localizado, é um acabamento mais
utilizado na indústria gráfica.
Podemos aplicar o verniz localizado manualmente na serigrafia.
32
Figura 6: Produto com aplicação de verniz localizado.
Fonte 8: Google Imagens.
CORTE:
Molda os papéis de acordo com a sua necessidade, criando o formato
desejado e personalizado, utilizados em caixas e embalagens personalizadas, com
metais pré-moldados conhecidos como “facas” ou com equipamentos a laser.
As facas são de vários tamanhos e montados cada qual em seu formato, sendo
mais práticas para reutilização, em casos de cortes exclusivos é necessário montar
as facas de acordo com o custo do projeto.
Diferente dos cortes pré-moldado a laser que não necessitam de objetos e
somente o maquinário ativo, conseguindo atingir detalhamentos muito superiores as
facas.
VINCO:
São marcações feitas no papel que se deriva de vinco, com baixo custo,
servem como “linhas-guia” para que os com a dobra consiga manejar o papel,
ajudam a criar um efeito estético, com um custo muito baixo, devem ser efetuadas
no sentido da fibra do papel, são indentificadas com linhas tracejadas na préimpressão.
Sua vantagem é que para papeis com baixa gramatura sua produção é bem
rápida e o seu custo é bem baixo.
33
Figura 7: Convite de aniversário com 15 anos com as dobras.
Fonte 9: Google Imagens.
REFILE:
Este processo é o mais utilizado com corte na guilhotina em formato reto.
A principal ideia deste acabamento é garantir que todos os produtos sejam
uniformes e nas mesmas proporções, com cortes lineares.
É o acabamento mais básico e essencial, não gerando nenhum tipo de
diferencial no impresso, como exemplo, podemos citar os seguintes materiais com
formato reto, como folders, panfletos, cartazes, cartões de visita e entre outros.
No mercado gráfico a necessidade de saber qual o melhor acabamento é
essencial.
DATAS:
23/01/2020
24/01/2020
29/01/2020
31/01/2020
07/02/2020
14/02/2020
21/02/2020
28/02/2020
06/03/2020
13/03/2020
20/03/2020
27/03/2020
03/04/2020
07/04/2020
11/05/2020
15/05/2020
22/05/2020
29/05/2020
05/06/2020
12/06/2020
19/06/2020
26/06/2020
03/07/2020
10/07/2020
Tema: Aplicação do Marketing Olfativo em um demonstrativo de desodorante.
Grupo: Bruno Camargo Sulato, Elias Carvalho Alves, Gabriel Paulino Rossi, Vitor Hugo Alves Marciano.
ATIVIDADES:
CRIAÇÃO DO CONOGROMA P2
PESQUISAS/ ANALISES
SEPARAÇÃO DE CONTEUDO PARA MONOGRAFIA
REFÊRENCIAL TEÓRICO
ENTREGA DO CRONOGRAMA
REFÊRENCIAL TEÓRICO
FINALIZAÇÃO DE COMPARTILHAMENTO PESQUISAS
AUTO AVALIAÇÃO DO GRUPO
REUNIÃO COM OS ORIENTADORES
CONFECÇÃO DO WOBBLER
CONFECÇÃO DO WOBBLER
MONTAGEM DA MONOGRAFIA
FORMATAÇÃO DA MONOGRAFIA
FÉRIAS
RETORNO AS AULAS
PESQUISA DE CAMPO
REUNIÃO COM OS ORIENTADORES
MONOGRAFIA
RENIÃO COM OS ALUNOS
FERIADO
CONCLUSÃO
MONTAGEM DO PORWERPOINT
REVISÃO DA MONOGRAFIA
ENTREGA (PDF) MONOGRAFIA
Cronograma de Projeto Curso Técnico de Impressão Gráfica
34
12. CRONOGRAMA DE DESENVOLVIMENTO
35
13. CONCLUSÃO
Através de várias pesquisas em campo como em sala de aula e após
embasamentos técnicos, concluímos que o wobbler aromático é viável, pois ele é
algo novo no mercado nesse segmento, é uma forma de publicidade no qual vai
geral um aumento nas vendas, vai agregar algo novo ao produto, evitar violação do
produto por parte dos clientes e além disso, qualquer gráfica pode produzir esse
wobbler aromático, desde que tenha os maquinários necessários para a produção.
36
14. REFERÊNCIAS
http://www.croma.com.br/ - 22/08/2019
https://m.revistahec.com.br/revista-hec/edicao-104/materia/3207/marketing-olfativo-umaferramenta-a-ser-explorada - 29/08/2019
http://revistapegn.globo.com/Empresasenegocios/0,19125,ERA463263-2491,00.html 29/08/2019
https://www.forebrain.com.br/noticias/fragrancias-olfato-e-neuromarketing/ -29/08/2019
https://www.airomas.com/blog/voce-sabe-o-que-e-memoria-olfativa/ - 29/08/2019
https://cheirobom.com.br/a-importancia-do-marketing-olfativo-no-meio-empresarial/
- 29/08/2019
https://www.peterchemical.com.br/marketing-olfativo - 29/08/2019
http://www.hermanomota.com.br/marketing-olfativo-esta-em-evolucao-no-mercadocorporativo/ - 29/08/2019
https://www.cpt.com.br/noticias/marketing-olfativo-esta-invadindo-mercado - 29/08/2019
https://www.mundodomarketing.com.br/artigos/redacao/2611/o-marketing-olfativo-nomercado-brasileiro.html - 29/08/2019
https://www.airomas.com/blog/marketing-olfativo-conquista-o-mercado/ - 12/09/2019
https://revista-fi.com.br/upload_arquivos/201606/2016060432070001464964229.pdf 22/08/2019
https://lebrulestore.com.br/marketing-olfativo-o-que-e-e-para-que-serve/ - 29/08/2019
http://amarkanteconsultoria.com.br/2017/05/26/marketing-olfativo/ - 29/08/2019
https://www1.folha.uol.com.br/sobretudo/carreiras/2017/06/1893611-marketing-olfativocresce-mas-faltam-profissionais-treinados.shtml - 22/08/2019
https://focopromocional.com.br/wobbler-e-dangler/ - 29/08/2019
https://www.scuadra.com.br/blog/wobbler-o-que-e-isso-e-como-ele-pode-ajudar-suas-vendas/
- 29/08/2019
https://focopromocional.com.br/wobbler-preco/ - 29/08/2019
http://www.novasg.com.br/grafica-wobbler - 29/08/2019
37
https://www.sinonimos.com.br/proteger/ - 19/09/2019
https://fremplast.com.br/as-tintas-serigraficas/ - 29/08/2019
https://pt.wikipedia.org/wiki/Fotolito - 29/08/2019
https://pt.wikipedia.org/wiki/Serigrafia - 29/08/2019
https://www.impressorajato.com.br/o-processo-de-impressao-permeografica - 29/08/2019
Apostila do Senai – 29/08/2019
https://quatrocor.com.br/blog/impressao-offset-tudo-que-voce-precisa-saber/ - 29/08/2019
https://helioprint.com.br/blog/tipos-de-acabamentos-graficos/ - 03/10/2019
http://blog.cartuchofacil.com.br/acabamento-grafico/ - 03/10/2019
https://www.visutec.com.br/blog/tipos-de-acabamentos-graficos - 03/10/2019
https://promopress.com.br/acabamentos-usados-industria-grafica/ - 03/10/2019
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards