Enviado por Do utilizador6282

familia sistemica - GRUPO 6 (acheley)

Propaganda
Roteiro
PERSONAGENS:
NARRADORA:
ANA:
VICTOR:
NARRADOR: Ana está trabalhando como tutora na Faculdade em que estuda, no dia
de hoje está ajudado um acadêmico do 1 termo, no qual está produzindo um trabalho
sobre como a terapia sistêmica familiar pode ser utilizada em casos de pessoas com
esquizofrenia.
ANA: Oi, Victor
VICTOR: Olá, Ana
ANA: Pronto para começar?
VICTOR: Sim.
ANA: Para você ter um melhor entendimento sobre o assunto vou explicar desde o
começo, a psicologia é a disciplina científica que estuda o comportamento humano,
especialmente as condutas que afetam negativamente as pessoas. A mesma tem vários
modelos teóricos, como o behaviorismo, o cognitivismo, a psicanálise e o modelo
sistêmico, e dentro de cada um desses modelos são utilizadas um conjunto de terapias
destinadas a melhorar a qualidade de vida dos indivíduos.
VICTOR: Ok, essa parte eu entendi, o outro que assunto em que estou com dúvida, é
sobre o que a esquizofrenia?
ANA: A esquizofrenia é um transtorno mental crônico e grave que afeta o modo como
uma pessoa pensa, sente e se comporta. Provoca alterações no comportamento,
indiferença afetiva, pensamentos confusos e dificuldades para se relacionar com
pessoas. Os indivíduos com esquizofrenia podem parecer que perderam o contato com a
realidade. A 6 tipos de esquizofrenia que são a simples, a paranoide, desorganizada,
catatônica, residual e indiferenciada.
VICTOR: Quais são as opções existentes dadas para a cura ou tratamento desse
transtorno?
ANA: Não existe cura, e sim o controle dos sintomas através de tratamentos
medicamentosos e terapias, como a esquizofrenia é uma patologia que pode afetar
drasticamente o comportamento, os psicólogos e psiquiatras recorrem à terapia familiar
sistêmica que está inserida na abordagem sistêmica que é uma proposta de trabalho com
as pessoas, as relações e o sistema humano, visto que o sujeito é sempre referido por um
sistema e a matriz de sua identificação é a família.
VICTOR: Quais são as bases do modelo sistêmico?
ANA: Se baseia em modelos como o a Teoria Geral dos Sistemas no enquadramento da
complexidade sistémica, isto é, da teia de sistemas e subsistemas que se interrelacionam, formando um todo constituído por diferentes partes. Estas não são bastantes
para a compreensão do todo, assim como o todo não pode ser compreendido na ausência
do conhecimento das partes e das relações estabelecidas entre si e Constelação
Sistêmica é um método psicoterápico que estuda as emoções e energias que, consciente
e inconscientemente, acumulamos. Este aprofundamento possibilita compreender como
esses fatores influenciam em nossa tomada de decisão, de forma a reverter os aspectos
negativos que desequilibram nossa vida.
VICTOR: Eu fiz algumas leituras sobre o assunto e vi que tinha alguma coisa ver com
a psicologia familiar e eu queria que você me explicasse melhor.
ANA: A psicologia sistémica foca-se em diferentes sistemas, tais como o sistema
familiar ou o sistema constituído pela comunidade. Neste âmbito surgem então
diferentes áreas de estudo, designadamente a psicologia da família que foca na
compreensão do funcionamento da família enquanto sistema e dos seus subsistemas,
nomeadamente o subsistema conjugal, o subsistema parental e o subsistema filial, e
nesse âmbito que junto com psicologia do casal em que a terapia do casal e da família
está inserido e a também a psicologia comunitária debruça-se sobre a comunidade, os
grupos e organizações da mesma, no sentido de contribuir para o envolvimento e
integração dos seus membros.
VICTOR: E o que acontece quando a pessoa tem a esquizofrenia?
ANA: Do ponto de vista sistêmico, o indivíduo com esta patologia é estudado e se leva
em conta seu entorno pessoal e familiar. Neste sentido, os psicólogos e psiquiatras
recorrem à terapia familiar para melhorar a qualidade de vida do paciente com
esquizofrenia.
VICTOR: Quais são os métodos utilizados durante a terapia?
ANA: São feitas uma série de entrevistas, que são gravadas em vídeo e dadas aos
parentes do paciente para analisar os resultados e entender que tipo de interação existe
entre os membros da família e a partir desde ponto cada caso é diferente e fica por parte
do psicólogo ou psiquiatra a tomada de decisão em quais são os próximos passos. Está
abordagem terapêutica demonstrou ser eficaz para melhorar a socialização das pessoas
que sofrem deste problema.
ANA: Por hoje acabou, nos vemos no próximo reunião.
VICTOR: Ok, muito obrigado por ter me explicado tudo, Tchau.
ANA: De nada, Adeus.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards