Enviado por Do utilizador4953

LISTA 1

Propaganda
Lista 1 – Alexandre Rosenberg
CAPÍTULOS 01 e 02 – AS PRINCIPAIS VARIÁVEIS MACROECONÔMICAS
1. O que é PIB? O que é uma recessão?
A medida do produto agregado de uma economia pode ter diferentes definições a
depender da ótica de visão:
Ótica da produção (bens finais): PIB é o valor dos bens e serviços finais produzidos em
uma economia em dado período.
Ótica da produção (valores adicionados): PIB é o valor dos bens e serviços finais
produzidos em uma economia em dado período.
Ótica da renda: PIB é a soma das rendas na economia em um dado período.
Recessão são períodos de crescimento negativo do PIB.
2. Como o PIB pode ser decomposto?
O PIB pode ser decomposto de diversas óticas: produção, renda e demanda.
Na ótica da produção decomposição é calculada através do valor adicionado em cada
setor econômico: agropecuária, indústria e serviços.
Na ótica da renda a decomposição é calculada através do fluxo das rendas: salário,
aluguel, juros e lucro.
Na ótica da demanda a decomposição é calculada através da contribuição de cada
agente: consumo das famílias, gastos do governo, balança comercial (exportações e
importações).
3. O que é inflação? O que é deflação? Quais são os principais tipos de inflação?
Inflação é uma elevação sustentada do nível geral de preços da economia. Deflação
é a queda sustentada do nível de preços.
Os principais tipos de inflação são:
- Inflação de custo: gerada pelo aumento dos custos de produção.
- Inflação de demanda: gerada pelo aumento do consumo.
4. O que é PIB Real? Por que é importante levar em consideração a inflação ao
mensurar o PIB?
O PIB real é o que efetivamente foi produzido na economia em dado período a
preços constantes. É importante considerar a inflação pois apenas assim se faz
possível mensurar o valor de cada bem a preços correntes.
5. Defina:
5.1. População em idade ativa;
A população em idade ativa (PIA) compreende a população economicamente ativa e
a não economicamente ativa com 10 anos ou mais de idade.
5.2. População economicamente ativa;
A população economicamente ativa compreende a população ocupada e desocupada,
representativa do potencial de mão de obra.
5.3. População ocupada;
A população ocupada compreende pessoas que num determinado período
trabalharam ou, apesar de ter trabalho, não trabalharam.
5.4. Taxa de desocupação (ou taxa de desemprego).
A taxa de desemprego é uma relação entre o número de pessoas que procuram
trabalho (desocupadas) e o número de pessoas economicamente ativas em
determinado período.
6. Há duas definições sobre o que é produto potencial. Quais são elas?
A primeira definição representa o produto de pleno emprego, que ocorre quando
todos o capital e trabalho (fatores de produção) estivessem utilizados.
A segunda é o produto que a economia consegue gerar sem repercutir em inflação.
7. De que forma que PIB, inflação e emprego estão relacionados? O que é o Ciclo
de Negócios?
A relação entre estas três variáveis pode variar a depender do país e do corte
temporal selecionado. Como padrão, se observa que quanto maior o hiato do
produto maior o desemprego e menor a inflação. Contudo, há ocasiões em que este
padrão não ocorre em sua plenitude, como vem ocorrendo no Japão a muitos anos,
onde rege um cenário de baixa inflação, estabilidade em uma taxa de baixo
desemprego e (com exceção dos anos de auge da última crise) e também baixa taxa
de produção real (PIB).
Ciclo de negócios é um padrão com certa regularidade de expansão e contração da
atividade econômica em torno de uma trajetória de crescimento.
8. O que é o Hiato do Produto?
Representa a diferença entre o que a economia poderia gerar com pleno emprego
dos fatores de produção e o produto real.
9. De que forma estão relacionados:
9.1. crescimento econômico e emprego?
A relação entre crescimento econômico e emprego pode se dar de múltiplas formas.
A atividade econômica pode depender da demanda agregada, à qual é uma função
positiva do salário real, sendo este relacionado positivamente com a
empregabilidade. Por sua vez, o nível de atividade pode ser determinado pela oferta,
sendo esta maior quanto menor for o salário real (maior o desemprego).
9.2. inflação e desemprego?
Em um cenário de baixa taxa de desemprego a economia caminha para a plena
utilização dos recursos produtivos, repercutindo em pressões por aumentos de
preços. Por sua vez, na situação inversa, a inflação tende a ceder devido ao menor
poder de barganha dos trabalhadores em um cenário com elevado desemprego.
9.3. inflação e produto potencial?
O aumento do produto nacional pode ser feito até o limite dos recursos disponíveis
(produto potencial). Normalmente há disponibilidade de recursos (ou seja, espaço
para aumentar o produto) em cenários de desemprego e capacidade ociosa, estando
estes presente comumentemente em cenários de baixa inflação. Isto porque, no caso
de o produto nacional estar próximo do potencial, a utilização dos recursos
disponíveis está próxima do limite, como por exemplo baixa taxa de desemprego e
de capacidade ociosa. Neste cenário, devido a escassez de recursos produtivos
ociosos, há uma tendência à elevação do nível de preços.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards