Enviado por Do utilizador3128

ESTUDO DIRIGIDO

Propaganda
ESTUDO DIRIGIDO – DOENÇAS INFECTO CONTAGIOSAS
04/09/2019
1) A leptospirose é uma zoonose de ocorrência mundial, causada por bactérias
do gênero Leptospira. Trata-se de uma doença infecto-contagiosa que acomete
o ser humano, animais domésticos e silvestres, amplamente disseminada,
assumindo considerável importância como problema econômico e de saúde
pública. A doença é de notificação obrigatória. A prevalência de leptospirose
depende de um animal portador, que é o disseminador da contaminação, da
sobrevivência do agente no ambiente e do contato de indivíduos suscetíveis
com o agente. A persistência de focos de leptospirose é devida aos animais
infectados, convalescentes e assintomáticos, os quais se comportam como
fonte contínua de contaminação ambiental.
Nesse contexto, avalie as afirmações que se seguem.
I. Nos animais, a infecção ocorre por inalação do agente, ingestão de
água ou alimentos contaminados por urina de animais doentes ou
portadores.
II. No Brasil, a leptospirose é uma doença endêmica, tornando-se
epidêmica em períodos chuvosos, principalmente nas capitais e áreas
metropolitanas.
III. Em situações de rotina, os métodos sorológicos são consagradamente
eleitos para o diagnóstico da leptospirose. Os mais utilizados no Brasil
são o teste ELISA-IgM e a microaglutinação (MAT).
IV. A efetividade das ações de prevenção e controle com relação aos
animais (sinantrópicos, domésticos ou de criação) e a consequente
diminuição do nível de contaminação ambiental são importantes para a
redução do número de casos humanos de leptospirose.
É correto apenas o que se afirma em
a) I e III.
b) I e IV.
c) II e III.
d) I, II e IV.
e) II, III e IV.
2) O botulismo é uma das principais causas de mortalidade em bovinos no
Brasil. A doença é originada pela ingestão de neurotoxinas C ou D de
Clostridium botulinum previamente formadas em matérias orgânicas
decompostas. A atuação do médico veterinário envolve não só o diagnóstico,
prevenção e controle da doença, mas também o manejo sistêmico do
ambiente.
Considerando a atuação recomendada, esse profissional deveria
I. implementar suplementação mineral, principalmente à base de fósforo
para evitar a osteofagia, e vacinação sistemática do rebanho.
II. promover a pré-compostagem de carcaças e incineração de ossos.
III. promover o manejo do ambiente, para evitar acúmulo de água, e a
drenagem de áreas alagadas.
IV. divulgar informações sobre os fatores de risco da doença para que
medidas de manejo sanitário sejam compreendidas pelos produtores.
V. recomendar aos produtores enterrar as carcaças de animais que
morrem da doença.
É correto apenas o que se afirma em
a.
b.
c.
d.
e.
I e III.
IV e V.
I, II e V.
I, II, III e IV.
II, III, IV e V.
3) A Leptospirose canina é uma enfermidade infectocontagiosa, com
apresentação clínica complexa e com grande variedade de sinais clínicos. O
quadro clínico reflete lesões dos principais órgãos envolvidos na patogênese
da doença, como fígado, rins, pulmões e intestinos. Classifique as afirmativas
abaixo sobre a Leptospirose canina em verdadeiras (V ) ou falsas (F ) e
assinale a alternativa que contenha as respostas corretas respectivamente.
( ) As leptospiras são eliminadas pela urina de cães doentes ou portadores
inaparentes e infectam outros cães suscetíveis pelas vias oral, nasal e
conjuntival.
( ) Em geral, cães com Leptopirose apresentam alterações clássicas no
hemograma como leucopenia e linfopenia, anemia grave e trombocitopenia.
( ) Na leptospirose canina os rins são muito afetados, apresentando grande
número de leptospiras o que acarreta o desenvolvimento da Insuficiência Renal
Aguda.
( ) O tratamento pode ser realizado com a administração de antibióticos, sendo
o Cloranfenicol a droga de eleição.
a) V, F, V, V.
b) F, F, V, V.
c) F, V, V, F.
d) V, F, V, F.
4) A cinomose é causada por um paramixovírus e causa sintomatologia
multissistêmica. Apresenta intenso contágio entre animais suscetíveis e
quadros severos. Sobre esta doença, assinale a alternativa correta:
a. O vírus da cinomose é envelopado e muito resistente ao meio ambiente.
b. O quadro clínico independe da idade do animal, do estado imunológico e
da cepa do vírus.
c. Assim como na raiva, os cães infectados apenas eliminam o vírus pela
saliva.
d. Possui distribuição mundial, e afeta apenas os cães, sem oferecer riscos a
outros canídeos.
e. A fonte primária de exposição é o aerossol, e o tratamento baseia-se na
terapia de suporte e os animais acometidos apresentam prognóstico
reservado.
5) A Cinomose é uma doença que acomete cães jovens em seu primeiro ano
de vida, mas também pode infectar animais mais velhos que por alguma razão
não tenham sido imunizados anteriormente com vacinas próprias, ou que por
alguma doença seu sistema imunológico se encontre debilitado. Os principais
sintomas da Cinomose canina são:
a. apatia, perda de apetite, desidratação, febre, vômitos esporádicos ou
profusos, diarreia severa (com ou sem sangue), gastroenterite e tenesmo.
b. anorexia, corrimento ocular e nasal, diarreia, vômito e sintomas nervosos
(tiques nervosos, convulsões e paralisias), dificuldade de respirar e febre.
c. febre, apatia, inapetência, vômitos amareloesverdeados, diarreia e, em
pequena porcentagem de cães, uma alteração ocular denominada “olho
azul” (edema da córnea), reversível na maioria dos casos.
d. corrimento ocular purulento, tosse, febre alta, caquexia e icterícia.
6) Em relação à hepatite infecciosa canina é correto afirmar que:
a. é uma doença viral causada pelo Adenovírus canino 1, que afeta
principalmente o fígado e o endotélio vascular.
b. é uma doença viral causada pelo Adenovírus canino 2, que afeta
principalmente o fígado e o endotélio vascular.
c. é uma doença viral causada pelo Mastadenovírus canino 2, que afeta
principalmente o fígado, o endotélio vascular e o trato respiratório.
d. é uma doença viral causada pelo Mastadenovírus canino 1, que afeta
principalmente o fígado, o endotélio vascular e o trato respiratório.
7) A respeito da Parvovirose Canina, analise os itens a seguir atribuindo (V)
para VERDADEIRO ou (F) para FALSO.
(
) A Parvovirose é uma das mais conhecidas e contagiosas viroses que
acomete os cães. Também chamada de Enterite Canina Parvoviral esta
enfermidade tem como agente etiológico o parvovírus canino, DNA-vírus
pertencente à família Parvoviridae. Devido a sua semelhança com o vírus
causador da Panleucopenia Felina, sugere-se que o parvovírus canino seja
mutante de uma linhagem de campo do vírus felino. O vírus causador da
Parvovirose é pouco resistente ao meio ambiente.
(
) Existe variação na resposta clínica dos cães à infecção por parvovírus
devido a fatores predisponentes como idade, fatores genéticos, estresse e
infecções simultâneas com parasitas ou bactérias intestinais. Após a
penetração pela via oral, o vírus se replica e infecta os linfonodos regionais da
faringe e as tonsilas (amígdalas). Posteriormente, o vírus atinge a corrente
circulatória (viremia) e invade vários tecidos. O vírus tem predileção por tecidos
nos quais são encontradas células em divisão.
( ) Ao chegar ao intestino, os vírus replicam-se novamente causando necrose
das criptas do epitélio, o que ocasiona a destruição das vilosidades. Com a
destruição das vilosidades há morte celular, descamação da mucosa, o que
acarreta queda na absorção dos alimentos causando diarreia, que na maior
parte das vezes é sanguinolenta. O vírus não causa lesões em outros órgãos.
(
) Inicialmente os animais acometidos apresentam vômitos abundantes e
depois desenvolvem diarréia severa. Em casos onde a desidratação dá-se em
um curto espaço de tempo, os animais podem vir a óbito de 24 a 48 horas após
aparecimento dos sintomas.
Além dos sinais clínicos acima citados, os animais apresentam também
anorexia, depressão e pirexia. Os sinais geralmente aparecem de 2 a 4 dias
após a infecção. É durante a fase clínica da doença que há eliminação de
grande quantidade de vírus pelas fezes. A forma miocárdica da doença
apresenta-se como uma miocardite que acomete principalmente filhotes. É
possível que cães que já foram acometidos pela forma entérica e se
recuperaram possam ser afetados pela forma miocárdica.
Assinale a alternativa que representa a sequência correta de preenchimento
dos parênteses, de cimapara baixo.
a) F, V, F, V.
b) F, V, F, F.
c) V, F, F, V.
d) V, V, F, F.
e) F, V, V, V.
Download
Random flashcards
Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Criar flashcards