Enviado por souzamarquesti

AULA 3

Propaganda
Medidas preventivas
1-INFECÇÃO DO TRATO URINÁRIO (ITU)
• DEFINIÇÃO: Colonização bacteriana da urina e
infecção das estruturas do aparelho urinário, da
uretra ao parênquima renal.
• A infecção do trato urinário (ITU) hospitalar é
responsável por aproximadamente 40% de todas
as infecções hospitalares, sendo também uma
das fontes importante de sepse hospitalar.
• Cerca de 80% dos casos de ITU hospitalar são
relacionados com o cateter vesical.
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
PRINCIPAIS AGENTES ENVOLVIDOS
Escherichia coli;
Staphylococcus saprophyticus
Klebsiella;
Enterobacter sp;
Proteus mirabilis.
Fatores de risco para ITU
Mulheres
DM
Cateterização prolongada
Contaminação do saco coletor
Problemas nos cuidados com a SVD
2-INFECÇÃO DO TRATO RESPIRATÓRIO
• Idade
• Patologia base
• Instrumentação do trato
respiratório
• Broncoaspiração
3- INFECÇÃO DE SÍTIO CIRÚRGICO
• As infecções de sitio cirúrgico (ISC) são definidas
como aquelas que ocorrem no sitio manipulado
durante o procedimento cirúrgico.
• Estima-se, no Brasil, que a ISC ocorra em 11% das
operações.
Tempo de observação
• Pode se desenvolver até 30 dias após a realização
do procedimento.
• No caso de cirurgias onde foram implantadas
próteses, uma ISC pode ser diagnosticada até 01
ano após a data do implante.
Critérios diagnósticos (ISC)
a) Secreção purulenta no local da incisão
b) Abscesso, evidência radiológica ou histopatológica sugestiva de
infecção
c) Sinais inflamatórios na incisão e febre
d) Diagnóstico de ISC pelo médico assistente (necessário exame da
ferida para comprovação)
PRINCIPAIS AGENTES MICROBIANOS
NA ISC
Patógenos provenientes de 03 fontes
• Microbiota do próprio paciente: importância da
topografia da cirurgia, da técnica, do tempo de
duração e das condições infecciosas prévias do
paciente
• Equipe de saúde: antissepsia pré-operatória e
condições infecciosas
• Ambiente inanimado: incluindo material cirúrgico,
falha no processo de esterilização, ar do ambiente
cirúrgico (importante em algumas cirurgias)
Fatores predisponentes
Relacionados ao paciente
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
Doenças crônica
descompensadas;
Obesidade;
Tabagismo;
Infecção a distância;
Estado nutricional;
Tempo de internação pré-op
prolongada;
Grau de contaminação da
cirurgia.
Imunodepressão e uso de
corticosteróide
Relacionados ao procedimento
cirúrgico
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
Retirada de pelos (tricotomia)
Preparo da pele do paciente
Técnica cirúrgica
Paramentação cirúrgica
Duração da cirurgia
Presença de drenos
Instrumental e campos
cirúrgicos esterilizados
8. Profilaxia antimicrobiana
9. Ambiente
Cirurgias de urgência e emergência
• Preparo inadequado do paciente
• Pior estado clínico
• Técnica menos rigorosa
4- INFECÇÃO DE CORRENTE SANGUÍNEA
• Bacteremia – SepseSepse grave- Choque séptico
• Técnica
• Acesso vascular
→ tipo cateter
→ curativo
→ tempo
→ local
• Hospedeiro- doença base
• Insumos contaminados
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards